Você está na página 1de 76

A aula começa às

19:15
 “Aquele que conhece o inimigo e a si
mesmo, ainda que enfrente cem batalhas,
jamais correrá perigo.
Aquele que não conhece nem o inimigo nem
a si mesmo, está fadado ao fracasso e
correrá perigo em todas as batalhas.”
Sun Tzu
Logística e Supply Chain Management
Professor Gilmar de Castro

gilmar.castro@esamc.br

(19) 99246 - 0499


Logística e Supply Chain Management
Logística e Supply Chain Management
Contrato Pedagógico
Objetivos da Disciplina
Conhecer as características de cada logística; Reconhecer a origem dos
problemas; Conhecer todos os tipos de cargas; Compreender os fundamentos do
planejamento e controle; Compreender os conceitos de produção “puxada” e
“empurrada”; Conhecer alguns dos principais métodos de previsão de demanda;
Compreender a função dos estoques; Conhecer os modelos básicos de gestão de
estoques; Compreender e utilizar os conceitos de Lote econômico, Ponto de
Reposição e Curva ABC; Conhecer onde e como devem utilizar-se as embalagens;
Reconhecer os tipos de embalagens e suas funcionalidades; Conhecer como é
realizada a unitização; Reconhecer o tipo de embarque mais conveniente ao tipo
de carga que se pretende despachar; Conhecer como é realizada a transferência
de cargas por estes modais; Reconhecer o equipamento ideal que deve ser
utilizado para despachar as cargas; Conhecer a evolução o comércio e seus novos
canais de comercialização; Conhecer as características do estoque e do armazém;
Conhecer os canais de distribuição; Saber escolher canal mais apropriado ao
produto e as intenções da empresa produtora; Conhecer a função dos PSLs;
Conhecer os indicadores de desempenho em Logística; Reconhecer a
importância da informação em logística.
Ementa, síntese ou resumo
Logística; Integração das operações logísticas; Serviço
ao cliente; Relacionamento na cadeia de
suprimentos; Logística globalizada; Logística reversa e
logística sustentável; Supply chain; Transporte;
Informação; Estoque, armazenagem, movimentação,
acondicionamento do produto e embalagem;
Operadores Logísticos; Gerenciamento da Logística
Empresarial: organização, planejamento, controle e
operação da logística e custos logísticos;
Planejamento de sistemas de distribuição.
Metodologia
• O curso será ministrado através de aulas expositivas e
interativas através da metodologia tradicional, no qual
o professor é o sujeito ativo no processo de ensino-
aprendizagem, repassando seu conhecimento aos
alunos, normalmente por meio de aula teórica.
• Deste modo, em disciplinas que utilizam somente o
método tradicional, as aulas são centradas no
professor.
Vídeos das Aulas
• Todas as aulas serão gravadas e estarão
disponíveis no Blackboard.

• O prazo para que cada aula fique


“arquivada” na plataforma é de 15 dias.
Bibliografia
Bibliografia Básica:
• BALLOU, R.H. Logística Empresarial: Transportes, Administração de Materiais e Distribuição
Física; São Paulo: Atlas, 2014.
• BALLOU, R. H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: Planejamento, Organização e
Logística Empresarial; Porto Alegre: Bookman, 2001.
• BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D. J. Logística Empresarial: O Processo de Gerenciamento
Integrado da Cadeia de Suprimentos; São Paulo: Atlas, 2001.

Bibliografia Complementar:
• NOVAES, A. G.  Logística e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição 3a Edição; São Paulo:
Elsevier, 2007.
• PIRES, S. R. I. Gestão da Cadeia de Suprimentos: Conceitos, Estratégias, Práticas e
Casos; São Paulo: Atlas, 2004.
• FLEURY, P. F.; FIGUEIREDO, K. F.; WANKE, P.  Logística e Gerenciamento da Cadeia de
Suprimentos Coleção COPPEAD da Administração; São Paulo:: Atlas, 2004.
• FLEURY, P. F.; WANKE, P.; FIGUEIREDO, K. F. Logística Empresarial: A Perspectiva
Brasileira; São Paulo: Atlas, 2000.
• SIMCHI-LEVI, D.; KAMINSKY, P.; SIMCHI-LEVI, E.  Cadeia de Suprimentos: Projeto e Gestão 3a
Edição; xxx: Bookman, 2010.
Livros em PDF
Módulos
• MÓDULO A – Fundamentos de logística / Tipos de logística /
Tipos de cargas.

• MÓDULO B – Tipos de embalagens / Unitização de cargas.


 
• MÓDULO C – Modais de transportes.
 
• MÓDULO D – Sistemas de armazenagem / Canais de
distribuição.
 
• MÓDULO E – Gerenciamento logístico / Contratação de
serviços logísticos / Indicadores de desempenho logístico.
Avaliação
Instrumento: Trabalhos

Descrição: Trabalho 1
Decisão do professor.
Conteúdo definido pelo professor até a data da realização
da avaliação.
Peso: 50%.

Descrição: Trabalho 2
Decisão do professor.
Irá contemplar todo o conteúdo do semestre até a data
da realização da avaliação.
Peso: 50%.
T1
• Trabalho 1 do bimestre
• MÓDULO A
• MÓDULO B
• MÓDULO C

T2
• Trabalho 2 do bimestre
• Unificada todos os módulos
Calendário
Aulas:
Agosto:
06/08 – 13/08 – 20/08 – 27/08
Setembro:
03/09 – 10/09 – 17/09

24/09 - Trabalho 01
01/10 - Devolutiva
Aulas:
Outubro:
08/10 – 15/10 – 22/10 – 29/10
Novembro:
05/11

12/11 - Trabalho 02
19/11 - Devolutiva
Orientações Gerais
• O aluno deverá obter uma média total igual
ou superior a 7,0 (sete) para aprovação.
• Não há trabalho para substituição de nota.
• O trabalho substitutivo deve ser realizada
nos casos de perda de um dos trabalhos da
disciplina, contemplando toda a matéria do
semestre.
• O aluno só tem direito a realizar um único
trabalho substitutivo por disciplina.
A sociedade do cansaço e os impactos
(também positivos) da tecnologia
Você já parou para pensar
quanto tempo ficou
conectado à internet hoje?
Média diária do brasileiro:
09:20 conectados diariamente!!!
O Brasil é o segundo país com o maior tempo na
internet... Perdendo apenas para as Filipinas.
Os brasileiros dormem em média sete horas e 36
minutos por dia;
Mais da metade do tempo em que estamos
acordados ficamos conectados!!!
Pesquisa divulgada em 2019, feita pela Hootsuite – sistema norte-americano
especializado em gestão de marcas na mídia social – em parceria com a We Are
Social – agência de marketing digital especializada em mídias sociais.
O filósofo coreano Byung-Chul Han, trouxe
importantes conceitos sobre o indivíduo nos
tempos atuais, em sua obra “Sociedade do
Cansaço”.
Os excessos podem trazer consequências:
Com o avanço das tecnologias digitais,
especialmente nos anos 70, a nossa sociedade
começa a passar por algumas mudanças: estamos
sempre conectados, fazemos muitas atividades
(algumas até simultâneas) e nos tornamos
multitarefas.
Com a sensação de uma realidade acelerada,
surge o que o estudioso chama de Sociedade do
Desempenho: fazemos auto cobranças, somos
exigentes conosco na vida pessoal e no trabalho
e estamos sempre perseguindo metas e boas
performances, às vezes, até nos sentimos mal por
passar um tempo ocioso.
Com tudo isso, podem surgir doenças
como síndrome de burnout, ansiedade e
depressão.
A Sociedade do Cansaço surge como consequência
da Sociedade do Desempenho. Uma sociedade que
se demonstra cansada de tantas tarefas, tanta hiper
conectividade e tanta necessidade de performar
bem.
Pode-se observar uma sociedade com
comportamentos mais narcísicos, em que a auto
contemplação individual é reafirmada.
Se deslizarmos no feed das redes sociais (em
especial o Instagram) podemos notar que as selfies
individuais estão em massa nessa mídia. Uma busca
frenética por likes, por seguidores e por interação,
Aplicativos de mensagens e redes sociais estão no
topo dos mais baixados pela população. Uma
pesquisa realizada pela App Annie, mostrou que os
mais baixados este ano foram: TikTok, WhatsApp
e Facebook.
Eles facilitam a vida, promovem a distração,
“encurtam” a distância e nos ajudam a manter
conexão com pessoas por toda parte do mundo e
isso tudo é muito positivo! Mas, como
consequência as relações sociais correm o risco de
se tornar mais “líquidas” e voláteis.
Não podemos deixar de usufruir dos avanços
tecnológicos, pois temos ganhos em várias áreas:
educação, agronegócio, medicina, mobilidade, dentre
outros.
Podemos transformar processos de empresas variadas e
setores da sociedade, criando assim uma “Sociedade de
Oportunidade”.
O ponto de equilíbrio é não esquecer que a tecnologia foi
feita por pessoas e para pessoas. Devemos avançar, mas
sem esquecer da nossa humanidade, assim podemos
construir pontes sólidas para o futuro por meio da
tecnologia.
Fonte: Gustavo Caetano – CEO Sambatech
Logística em Ação
https://youtu.be/EcynIKf7tjc
https://youtu.be/k0SCJtM19mA
https://youtu.be/z7SWbqdGSYs
MÓDULO A – Fundamentos da Logística
⇢ Módulo A ⇠
O QUE É LOGÍSTICA?

Você sabe como o Você sabia que não A logística é


produto que você há produção de essencial para que
consome chega na tudo em todos os você tenha acesso
prateleira? lugares do mundo? aos produtos que
você consome.
Logística: Conceitos
Fundamentos
⇢ História
de Logística

 Origem da palavra: vem do grego “Logistikos”,


significa cálculo e raciocínio no sentido matemático.
 Desenvolvimento da logística: atividades militares e
das necessidades resultantes das guerras.
O QUE É LOGÍSTICA?
• DIVERSAS DEFINIÇÕES:
 Forças Armadas (Logistique/França)
 “Planejamento e da realização de projeto e
desenvolvimento, obtenção, armazenamento,
transporte, distribuição, reparação, manutenção e
evacuação de material (para fins operacionais e
administrativos)” (CAXITO, 2014, p. 03)
 Logos (Grego): Razão, cálculo, pensar, organizar.
 Estudo da gestão integrada das áreas tradicionais de
uma empresa (BALLOU, 2007).
Fundamentos de Logística
⇢ O que é logística ? ⇠

 Logística: “Parte da arte da guerra que trata do planejamento e da


realização de; projeto, desenvolvimento, obtenção, armazenamento,
reparação, manutenção e evacuação de material”

Novo Dicionário Aurélio da


Língua Portuguesa
2a. edição
O QUE É LOGÍSTICA?
“O processo de planejar, implementar e
controlar eficientemente o custo correto, o fluxo
e armazenagem de matérias-primas, estoques
durante a produção e produtos acabados, e as
informações relativas a essas atividades, desde o
ponto de origem até o ponto de consumo, com
o propósito de atender os requisitos do cliente”.

Council of Logistics Management, EUA


Administraçã
o do fluxo de
Planejamento
bens e
serviços

Ponto de
Atender as
origem ao
necessidades
ponto de
dos clientes
consumo
Fundamentos de Logística
Council of Supply Chain Management Professional  (CSCMP)

(CSCMP).
É a principal associação mundial de profissionais de
gestão de cadeias de bastecimento. É uma associação
sem fins lucrativos que fornece a liderança no
desenvolvimento, na definição e aperfeiçoamento nas
profissões que lidam com logística e gestão de cadeias
de abastecimento.
Tem como principal objetivo estar na vanguarda dos
avanços e desenvolvimentos de profissionais nas áreas
de gestão de cadeias de abastecimento fazendo com
que os conhecimentos se difundam pela comunidade. 
Logística: Um pouco de história
Fundamentos de Logística
Antoine Henri Jomini, foi o principal teórico militar da primeira
metade do século XIX, tendo participado das campanhas
napoleônicas. Escreveu “Sumário da Arte da Guerra” em 1836,
onde dividiu a arte da guerra em seis partes:
1. A política da guerra;
2. Estratégia;
3. Grande tática;
4. Logística;
5. Engenharia;
6. Tática de detalhes.
Fundamentos de Logística
⇢ História ⇠

 Depois dos franceses, os americanos assumiram papel relevante


na pesquisa logística, ainda que focada na área militar.
 Desafio: colocar na frente de combate alimentos, medicamentos,
combustíveis, munição e demais apetrechos de guerra.
 Distância entre o território americano e o local da guerra.
Fundamentos
⇢ História
de Logística ⇠

 A Logística foi o diferencial de sucesso em várias atividades militares.


 Um importante exemplo é o dia “D” na invasão da Normandia.
Maior invasão marítima da
história, com quase três milhões
de soldados a terem cruzado o
Canal da Mancha, partindo de
vários portos e campos de aviação
na Inglaterra, com destino à
Normandia, na França ocupada.
⇢ História ⇠
https://youtu.be/AIwP_WO84t8
Aprimoramento da logística
A logística militar aprimorou-se na área de transporte e armazenagem durante a
Guerra do Vietnã e logo foi adotada pela indústria americana para o
armazenamento e o transporte de produtos.
Fundamentos
⇢ História
de Logística ⇠

Esses cenários refletem a complexidade, não apenas de operações


militares. Refletem o ambiente das empresas do mundo globalizado,
onde a “guerra” entre os mercados é, em geral, pacífica, porém, a
vitória estará sempre ao lado daqueles que utilizarem as melhores
estratégias, táticas e recursos logísticos.

Nesses 70 anos decorridos desde a


segunda guerra mundial, a logística
apresentou uma evolução continuada,
sendo hoje considerada um dos
elementos-chave na estratégia
competitiva das empresas.
Como a indústria americana entendia a logística
Os fabricantes entendiam que logística era armazenar e transportar componentes,
partes, peças e produtos acabados, da planta de produção até o mercado de
consumo.
Logística: Elementos Básicos
ELEMENTOS
Processo de
BÁSICOS planejar, operar, controlar
DA LOGÍSTICA

Fluxo de armazenagem
Matéria-prima
do ponto Produtos em processo ao ponto
de origem Produtos acabados de destino
Informações
Dinheiro

satisfazendo as
de forma econômica
necessidades e
eficiente e efetiva
preferências dos clientes
Fornecedores Manufatura Distribuidor Varejista Consumidor

Fluxo de Informação

Fluxo de Materiais

Fluxo do Dinheiro
Fundamentos de Logística
⇢ “Outbound” ⇠
Fundamentos de Logística
⇢ Fluxos Logísticos ⇠
 Esse fluxo ocorre nos dois sentidos, trazendo informações
paralelamente à evolução do fluxo de materiais, mas conduzindo
também informação no sentido inverso, começando com o
consumidor final do produto (demanda, preferências, mudanças de
hábitos e de compras, mudança no perfil socioeconômico) e indo até
os fornecedores de componentes e de matéria-prima.
 Todos esses elementos do processo logístico devem ser enfocados
com um objetivo fundamental: satisfazer as necessidades e
preferências dos consumidores finais.
No entanto, cada elemento da cadeia logística é também cliente de
seus fornecedores.
Fundamentos de Logística
O QUE É LOGÍSTICA?
Nos dias de hoje, a noção de Gerenciamento de
Cadeia de Suprimentos (GCS) está em voga e
amplia a noção de logística, colocando ela como
uma parte fundamental desse gerenciamento,
que vai desde a produção, até o marketing.
(BALLOU, 2007)
RAMOS DA LOGÍSTICA
• Atividades Primárias (Maiores custos)
 Transporte | Manutenção dos Estoques |
Processamento dos Pedidos
• Atividades Secundárias
 Armazenagem | Manuseio | Embalagens |
Aquisição de Produtos | Programação |
Manutenção das Informações
(PASCHOAL, 2017)
Dica de Estudo
• Livro: “Gerenciamento da Cadeia de
Suprimentos/Logística Empresarial”
Ronald H. Ballou
Capítulo 1 – páginas 23 à 48
Próxima aula:
• Evolução da Logística
• Logística Inbound e Outbound
• Logística Reversa

Você também pode gostar