Você está na página 1de 24

PROGRAMAS DE

INTERVENÇÃO - TDAH
O QUE É TDAH?
- Transtorno do Déficit de Atenção
com Hiperatividade
 É um transtorno neurobiológico,
que ocorre devido a uma disfunção
neurológica no córtex pré-frontal.
Existem na população genes difere-
tes que controlam a quantidade de
produção/recaptação da do-
pamina e da serotonina.
Quando um desses genes
são transmitidos para um indivíduo, mudam a dinâmica dos
sistemas de dopamina e serotonina e acarretam a TDAH.
PRINCIPAIS SINTOMAS DO TDAH:
Desatenção

Impulsividade

Hiperatividade
(DSM-IV, 2002) O TDAH PODE SER
APRESENTADO SOB TRÊS FORMAS:
 Subtipo predominante-
mente desatento:
- Comportamento letárgico, falta
de motivação, dificuldades em a-
tividades de velocidade de pro-
cessamento, menor auto-confi-
ança, baixo desempenho em leitura
e compreensão, dificuldades em
atividades perceptomotoras,
desordem cognitiva, dificuldade
em atenção focalizada,
apresentam sintomas
internalizantes (depressão,
ansiedades e dificuldades na
aprendizagem)
Subtipo
predominantemente
hiperativo/impulsivo:
- Dificuldades em completar
tarefas sequenciais, maior
número de repetência
escolar, agitação motora,
dificuldade de controlar
impulsos, inquietação e
atividade excessiva.
Subtipo combinado:
- Maior comprometimento nas
funções executivas, maior
número de erros em
atividades que necessitam de
maior atenção, concentração e
organização.
- “Por causa de sua dificuldade com
regras e com o autocontrole, a
criança com TDA do tipo
combinado é muitas vezes uma
significativa força negativa na sala
de aula.” (PHELAN, 2005, p.35)
O DIAGNÓSTICO
 O diagnóstico do TDAH é clínico, com ou
sem auxílio interdisciplinar.
 O diagnóstico deve seguir os seguintes
passos:
• Entrevista com os pais;
• Entrevista com os professores;
questionários e escalas de sintomas para
serem preenchidos por pais e professores;
• Avaliação/observação da criança no
consultório;
• Avaliação neuropsicológica;
• Avaliação psicopedagógica;
• Avaliação com fonoaudiólogo
ESTRATÉGIAS DE AÇÃO PEDAGÓGICA A PARTIR
DO OLHAR PSICOPEDAGOGO

REFLITA EM SUAS
PRÁTICAS
• O SUCESSO NA SALA DE AULA

• CONHECIMENTO DE TÉCNICAS

• ESTRATÉGIAS E CRIATIVIDADE

• O TDAH COMO O CENTRO DAS


ATENÇÕES
Partel (2009)cita dicas para mudança de
comportamentos:
• “Evitar a utilização de reforços negativos”

• “Manter a relação de uma punição para três ou mais situações de elogios e recompensa;a
tendência e a extinção natural das punições”.

• “Não se deve perder a perspectiva dos objetivos,evitando a irritabilidade”(...)

• “Deve-se ter muita sabedoria e paciência para equilibrar amor e regras”.

• “Deve-se focar o comportamento negativo deficiente e destrutivo que necessita ser


mudado;lembrando que o aluno tem uma dificuldade e não falta de caráter”.
NA SALA DE AULA

A sala de aula para atender alunos


com TDAH necessita ser organizada
e estruturada,utilizando material
didático adequado à habilidade da
criança.

Estabelecer regras
claras,planejamento previsíveis e
carteiras separadas.

Prêmios como estimulação ao aluno,


atividades variadas com inovações.
Atividades relaxantes como alongamentos
Métodos variados
Aulas dinâmicas
Não utilizar cores fortes na sala (vermelho,amarelo)irrita o
aluno
Utilizar agendas para comunicação entre pais e escolas
Aproveitar as aulas de Educação Física
SANTOS(2009)
 Sugestões para intevenções do professor para ajudar a criança a se ajustar melhor na sala.
 Sempre as mesmas organizações das cadeiras ou carteiras,
 Programas diários
 Regras definidas
 Colocar a criança perto de colegas que não a provoquem
 Encorajar,elogiar e ser afetuoso
 Atividades que possa cumprir
 Proporcionar um ambiente acolhedor
 Trabalhos em grupo
 Mudança de ritmo ou tipo de tarefa
 Atribuir atividades para que sinta-se importante
INTERVENÇÕES PSICOPEDAGÓGICAS

As intervenções podem ser feitas


através de jogos lúdicos ou através de
atividades ligadas a arteterapia.

O que é arteterapia?
• A arte terapia é uma grande
contribuição terapêutica que une a arte
e o eu, visando o auto-conhecimento
do paciente, desenvolvendo a auto-
estima e maior consciência de suas
dificuldades.
O QUE UTILIZAR PARA INTERVIR?

Jogos com regras;


Brincadeiras de representação;
Uso de sucata;
Trabalho com barro;
Trabalho com o corpo;
Trabalho com velas;
Trabalho respiratório;
Jogos perceptivos;
Jogos de exercícios sensório-motores;
Jogos lógicos;
POSSÍVEIS HABILIDADES DESENVOLVIDAS ATRAVÉS DA
INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA

Saber ouvir;
Iniciar uma conversa;
Olhar nos olhos para falar;
Fazer perguntas e dar respostas
apropriadas;
Oferecer ajuda a alguém;
Brincar cooperando com o grupo;
Mostrar interesse em algum assunto;
Saber esperar sua vez para jogar ou
falar;
Manter-se sentado ou quieto por um período;
Saber pedir por favor e agradecer falando obrigado;
Saber perder, entendendo que nem sempre pode ganhar;
Respeitar o outro;
Ser amigável e gentil;
Brincar cooperando com o grupo;

Você também pode gostar