Você está na página 1de 62

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MOÇAMBIQUE

FACULDADE DE CIÊNCIAS DE SAÚDE


CURSO DE ENFERMAGEM
I ºANO - 2020

Dra Amida Gulamo


EXERCÍCIO

Diluição e
cálculos de
medicamento
ATENÇÃO:
 No preparo e administração de medicamentos é preciso
muita consciência e o maximo de atenção. Não se pode
administrar mais ou menos da dose prescrita ou
aproximada a dose ela tem de ser exata!
 E somente através dos cálculos bem feitos que e
possível.
CONTEUDO
 Regras gerais
 Cálculo de gotejamento

 Cálculo para administração de medicamentos

 Cálculo de Penicelina cristalizada

 Cálculo de insulina NPN e regular

 Cálculo de heparina

 Calculo de diferentes percentagens

 Exercícios
REGRAS GERAIS
A prescrição (impresso) = cardex deve conter:
 Data, registo e nome do paciente;
 Enfermaria, leito e idade;
 Nome do medicamento;
 Dosagem e via de administração;
 Frequência e assinatura do médico.
 A tinta, em língua portuguesa, clara e por
extenso.
REGRAS GERAIS
 Ao preparar e ao administrar, seguir a regra dos
12 CERTOS: paciente certo, medicamento certo,
dose certa, via certa, horário certo, data certa,
registro certo, indicação certa, validade certa,
diluicao certa, orientacao certa e informacao
certa.
MEDIDAS
 Medida de Volume
 Em nossa prática relacionada à medicação iremos
usar o litro ( l ) e mililitros ( ml ) ou centímetro
cúbico2
 (cc) quando falarmos em líquidos (unidades de
volume).
 Ex: Administrar 2cc de gentamicina por via endovenosa
à cada 8 horas.
MEDIDAS
 Medida de Peso ou Massa
 Ao falarmos em substâncias secas, como comprimidos
ou pós, usaremos:
 Grama - (g).
 Miligrama - (mg).
 Micrograma - (μg).
EQUIVALENCIAS PARA
TRANSFORMAÇÃO DE UNIDADES

 1g = 1000mg = 1000000mcg
 1mg = 1000mcg
 1l = 1000ml
 1ml = 20gotas ou macrogotas
 1ml = 60 microgotas
 1gota = 3microgotas
EQUIVALENCIAS PARA
TRANSFORMAÇÃO DE UNIDADES

1 colher de café: 3ml (3g)


1 colher de chá: 4 -5 ml (de 4 a 5g)
1 colher de sobremesa: 8ml (8g)
1 colher sopa:15 ml (15g)
1 xícara: 180ml (180g)
1 copo (americano): 250ml (250g)
SOLUÇÕES - COMPOSIÇÃO E
CONCENTRAÇÃO/APRESENTAÇÃO
CONCENTRAÇÃO

É a relação entre a quantidade de soluto e


solvente.
• Exemplo: g/ml a quantidade em grama de soluto pela
quantidade em mililitros de solvente.
PROPORÇÃO

E a forma de expressar uma concentração e


consiste na relação entre o soluto e o solvente,
expresso em “partes”.
• Exemplo: 1:500, significa que ha 1g de soluto para 500ml de
solvente.
PERCENTAGEM
É uma outra forma de expressar uma concentração.
O termo porcento (%) significa centésimo, que a
quantidade de solvente é sempre 100ml.
O numero que vem antes do % indica quantas partes
de soluto existe em 100 partes da solução.
Exemplo: 7%, significa que ha 7g de soluto em 100ml de solvente.
REGRA DE TRÊS

 Relação entre as grandezas proporcionais. A regra


de três permite de forma simples, estruturar o
problema obtendo a solução, que neste caso, é a
prescrição determinada.
 Importante observar que a regra de três so se faz
necessária, quando não conseguimos resolver o
problema de maneira directa.
EXEMPLO
 Tenho ampolas de 2ml de solução. Quantos ml tenho
em tês ampolas?
 FORMA DIRETA: 2mlx3 ampolas=6ml nas três
ampolas
 POR REGRA DE TRÊS: 1Ampola------- 2ml

3Ampolas------ X
Deve-se colocar na mesma fila as grandezas iguais.
• PELA PROPRIEDADE FUNDAMENTAL DAS
PORPORÇÕES: 1x=2.3, equivale a x=6ml
CÁLCULO DE GOTEJAMENTO

é o controle de volume fundido por hora atraves


da confecção de fita de horário.
EXEMPLO 1
 Quantas macrogotas (gotas) deverão correr em
1min. Para administrar 1000ml de soro
fisiologico a 0,9% de 6 em 6 horas?
 Para fazer este cálculo use a seguinte fórmula:

Nº. de gotas/min. = _V__

Tx3
Onde: V = volume em ml e T = tempo em

horas
3 é a costante.
EXEMPLO 1 CONT
V = 1000 ml
 T = 6 horas

• Nº. De gotas/min =1000ml/6x3


• =1000/18
• =55,5

regra para arredondar


Resposta sera : deverão correr 56 gotas/min.
EXEMPLO 2

 Quantasmicrogotas deverão correr em um minuto,


para administrar 300 ml de soro fisiológico (SF) a 0,9
% em 4 horas?
Para fazer este cálculo use a seguinte fórmula:

Nº. de microgotas/min. = _V_

T
 Onde: V = volume em ml e T = tempo em horas
 V = 300 ml

 T = 4 horas

N de microgotas=300 ml/4= 75ml


N de microgotas= 75/min
GOTEJAMENTO DE SOLUCOES EM
TEMPO INFERIOR A 1 HORA,
TEMPO=MINUTOS
 Nº. de gotas/min. = Vx20__
T em minutos
Exemplo: Quantas macrogotas (gotas) deverão correr em
1min. Para administrar 100ml de fluconazol em 30
minutos?
Nºgotas=100mlx20/30min=2000/30=66.6~67

Nº. de microgotas/min. = _V_x 60_


T em minutos
Nºmicrogotas=100mlx60/30min=6000/30=200micro
CALCULO PARA ADMINISTRACAO DE
MEDICAMENTO
 PARA O CALCULO DE ADMINISTRACAO DE
MEDICAMENTOS PODEMOS USAR A SEGUINTE
FORMULA
D= PXD/F
EM QUE:
D- DOSE
d- dILUICAO
P- PRESCRICAO
F- FRASCO
 OU PODEMOS USAR TAMBEM A REGRA DE TRES
SIMPLES.
EXEMPLO 1

 Foram prescritos 500mg de Keflez (cefalexina)


suspensão de 6/6h. Quantos ml devemos
administrar?
 Observe que temos no frasco 250mg em 5ml.
Agora e so montar a regra de tres. 250mg (temos
em) 5ml e 500mg (não sabemos) X ml
EXEMPLO 1 CONT.
 Utilizando a propriedade fundamental das
proporções:
 250mg---------5ml

 500mg--------- Xml esta na grandeza do ml,


portanto, a resposta sera em ml.
 X.250=500.5

 X.250=2500

 X=2500/250=10ml

 Portanto X=10ml
EXEMPLO 2
 Foram prescritos 125mg de vitamina C VO as
refeições. Temos na clinica comprimidos de
500mg. Portanto precisamos esmagar o
comprimido apos dividi-lo ao meio (250mg).
Diluiremos em 10ml então teremos:
 250mg (metade do cp)--------10ml

 125mg (nao sabemos)---------Xml


EXEMPLO 2 CONT

 250mg-------10ml

 125mg-------Xml

 X.250=125.10

 X.250=1250

 X=1250/250= 5ml
 Portanto X=5ml
EXEMPLO 3

 Devemos administrar 200mg de Cefalim


(cefalotina) EV de 6/6h. Temos na clínica um
fr/amp de 1g. Como proceder? Precisamos diluir
o medicamento ha somente soluto, a quantidade
de solvente que vou utilizar sera de 10ml, sendo
a quantidade do soluto e de 1000mg fazendo
sempre a conversão quando necessária.
EXEMPLO 3 CONT.
 Agora é so montar a regra de três substituindo
1g/1000mg.
 1000mg------10ml

 200mg--------Xml

 X.1000=200.10

 X=2000/1000= 2ml

 Portanto X=2ml
CALCULO COM PENICELINA
CRISTALINA (PC)

 A pc não deve ser administrada directamente na veia


ela deve ser administrada na bureta e infundida no
minimo 30min. Ele vem apresentada num fr/amp
como um po=liofizado. Portanto precisamos diluir a
medicação, normalmente nos hospitais, o fr/amp de
5.000.000 UI. Quantos ml devemos administrar?
EXEMPLO 1

 Obs. Quando injectarmos o solvente no frasco,


vamos observar que o volume total sempre ficara
com 2ml a mais (ex: se utilizarmos 8ml AD, o
volume total sera de 10ml).
 Então fazendo a regra de três:
 5.000.000 UI ----------- 8ml de AD + 2ml do pó
EXEMPLO 1 CONT.
 5.000.000 UI ------------10ml
 2.000.000 UI ------------Xml

 X.5.000000 =2000000UI.10

 X.5000000=20000000

 X=20000000/5000000=4

 Portanto X=4ml
CÁLCULO DE INSULINA

 Atualmente existem insulinas na concentração


de 100UI e seringas de 1ml graduadas também
em 100UI. Assim por exemplo se for prescrito
20 UI é so aspirar o medicamento ate a marca de
20UI e administrar ao paciente.
EXEMPLO 1
• Foram prescritos 50UI de insulina NPH por via
subcutanea (sc) e nao temos seringa propria, so de 3ml e
agulha 10x5. Como devemos proceder?
• 100UI/ml (le-se: em 1ml temos 100UI de insulina)
• 100UI---------1ml
• 50UI-----------Xml
• X.100=50.1
• X.100=50
• X=50/100=0.5
• Devemos aspirar 0.5ml de insulina e administrar ao
paciente, utilizando seringa de 3ml 3 agulha de 10x5.
CÁLCULO COM HEPARINA
(LIQUININE)

 Também a heparina é apresentada em UI. Ela é


encontrada de duas maneiras:
 Ampola 5000UI/0,25ml
 fr/amp 5000UI/ml (frascos com 5ml)
EXEMPLO 1
 Temos que administrar 2.500UI de heparina
subcutânea de 12/12h. E só temos fr/amp com
5.000UI/ml. Quantos ml dessa solução devemos
administrar? Obs:Temos 5.000UI/ml lê-se 5.000 UI
em cada 1ml .
 5.000UI__________1ml

 2.500UI__________Xml

 X . 5000 = 2500 . 1

 X . 5000 = 2.500

 X = 2.500/5000 = 0,5

 Portanto X = 0,5ml
CALCULO DE DIFERENTES
PERCENTAGENS

 Agora chegou a vez dos medicamentos que são


apresentados em porcentagem.
EXEMPLO 1

 Temos na clínica ampolas de glicose a 50%


com 20ml. Quantos gramas de glicose (açúcar)
temos nesta ampola?
 50% a leitura correcta e assim: 50g do soluto
(glicose) foi diluído em 100ml de água destilada
ou em 100ml da solução há 50g de glicose ou
50g --------100ml
EXEMPLO 1CONT
 Mas a nossa ampola não é de 100ml e sim de 20ml.
Agora ficou fácil e só montar a regra de três.
 50g-------100ml
 Xg---------20ml
 X.100=20.50
 X=1000/100=10
 Portanto X=10g

 Entãoem uma ampola de glicose a 50%, com 20ml


temos 10g de glicose (açúcar).
EXEMPLO 2
 Quantos gramas de glicose tem na solução de SG
5%, em frascos de 1000ml?
 5g-------100ml

 Xg---------1000ml

 X.100=5.1000

 X=5000/100=50

 Portanto X=50ml

 Em um frasco de SG 5% de 1000ml temos 50g


de glicose
EXERCICIO 1
 Foram prescritos Binotal 500mg (VO) 6/6h. Na
enfermaria temos Comprimidos de 250mg, ou cápsula.
 Quantos comprimidos devem ser administrados em cada
horário?
 Quantos comprimidos devem ser requisitados à farmácia
p/ as 24hs?
 
2- Foram prescritos Foram prescritos Binotal 250mg (VO)
6/6h. Na enfermaria temos Comprimidos de 1g, ou
cápsula:
Quantos comprimidos devem ser administrados em cada
horário?
Quantos comprimidos devem ser requisitados à farmácia
p/ as 24hs?
 Foram prescritos Garamicina 40mg (IM) 12/12h. Na
enfermaria temos Ampolas com 2ml com 80mg:
 Quanto deve ser administrado em cada horário?

 Quantas ampolas devem ser requisitadas à farmácia p/ as


24hs?
 Foram prescritos Garamicina 80mg (IM) 12/12h. Na
enfermaria temos Ampola com 1ml com 40mg:
 Quanto deve ser administrado em cada horário?

 Quantas ampolas devem ser requisitadas à farmácia p/ as


24hs?
 Foram prescritos Garamicina 60mg (IM) 12/12h. Na
enfermaria temos Ampola com 2ml com 60mg:
 Quanto deve ser administrado em cada horário?

 Quantas ampolas devem ser requisitadas à farmácia p/ as


24hs?
 Foram prescritos Keflin 500mg (EV) 6/6h. Na enfermaria
temos Frasco ampola (pó) com 1g:
 Como proceder, quantos ml de diluente você usa?

 Quanto de solução você aplica em cada horário?

 Quantos frascos devem ser requisitados para as 24hs?

 O que fazer com as sobras do medicamento.


 - Foram prescritos Decadron 8mg (EV) 8/8h. Na
enfermaria temos Frasco (líquido) com 4mg/ml:
 Quantos ml devem ser administrados em cada horário?

 Quantos frascos devem ser requisitados para as 24hs,


sabendo que cada frasco ampola contém volume =
2,5ml?
 Foram prescritos Liquemine 10.000 U (SC) 6/6h. Na
enfermaria temos Frasco ampola (líquido) com 5ml e
5000 U/ml:
 Quantos ml devem ser administrados em cada horário?

 Quantos frascos devem ser requisitados para as 24hs?


 - Foram prescritos Despacilina 200.000 U (IM) 12/12h.
Na enfermaria temos Frasco ampola (pó) com 400.000
U:
 Quantos ml de diluente você deve utilizar?

 Quanto da solução você aplica em cada horário?

 Quantos frascos devem ser requisitados para as 24hs?


 - Quantos gramas de Glicose há em:
 1000ml de SG 10%?

 1000ml de SG 5%?

 100ml de Glicose 50%?

 100ml de Glicose 25%?


 Quantos gramas de NaCl há em 1000 ml de SF 0,9%?
 

 12- Quantos gramas de Glicose há em:

 1 Ampola de Glicose de 20ml à 50%?

 1 Ampola de Glicose de 10ml à 50%?

 1 Ampola de Glicose de 20ml à 25%?

 1 Ampola de Glicose de 10ml à 25%?


 - Quantos gramas de NaCl há em:
 1 Ampola de soro fisiológico de 20ml à 0,9%?

 1 Ampola de soro fisiológico de 10ml à 0,9%?

 1 Ampola de soro fisiológico de 10ml à 15%?

 1 Ampola de soro fisiológico de 20ml à 15%?

 
 Administrar 1000 ml de soro em 6 horas. Quantas gotas
por minuto?
 

 16.Cálcule o nº de gotas das seguintes prescrições


médicas:
 a) 1.000 ml de SG 5% EV em 24h –R: nº gotas/min.

 b) 500 ml de SG 5% EV de 12/12h –R: nº gotas/min.

 
 Cálcule o nº de microgotas das seguintes prescrições
médicas:
 a) SF 0,9% 500 ml EV de 6/6 h –R: nº microgotas/min.

 b) SGF 400 ml EV de 8/8 h –R: nº microgotas/min.

 
 Cálcule o nº de gotas das seguintes prescrições médicas)
 a) Vancomicina 500 mg em 100 ml de SF 0,9% correr
em 30minutos - R: nº de gotas/min
 b) Penicilina cristalina 1.500.000 UI EV em 100ml de
SF 0,9% correr em 20minutos – R: nº de
microgotas/min.
 Calcule quantos ml do medicamento devemos
administrar ao paciente, nas seguintes prescrições
médicas:
 a) Tienam (imipenem) 250 mg EV 6/6h.Temos fr/amp –
500mg. - Diluir em 20 ml.
 b) Cefrom (sulfato de cefpiroma) 2g EV 12/12h. Temos
fr/amp – 1 g. - Diluir em 10 ml.
 c) Targocid (teicoplanina) 80 mg EV 12/12 h. Temos
fr/amp – 400 mg. - Diluir em 10 ml.
 Temos que administrar insulina SC, mas não dispomos
da seringa própria, só de 3 ml. Então calcule em ml:
Sabemos que a seringa própria para insulina é 100UI/
1ml.
 a) 60 UI de Insulina

 b) 80 UI de Insulina

 c) 40 UI de Insulina
 Calcule quantos ml de heparina devemos administrar ao
paciente nas seguintes prescrições:
 a) 1.500 UI de heparina SC. Temos fr/amp 5.000 UI/ml.

 b) 2.000 UI de heparina SC. Temos fr/amp 5.000 UI/ml.

 C) 7.500 UI de heparina SC. Temos fr/amp 5.000


UI/0,25ml
 Faça os seguintes cálculos:
 A prescrição médica pede SG 15% - 500 ml. Só temos SG
5% - 500ml e ampolas de glicose a 50% - 20 ml.
 Foram prescritos SG 10% - 1000ml e não temos na clinica.
Dispomos somente de SG 5% - 1000ml e ampolas de glicose
50% - 20ml. Como devemos proceder?
 A prescrição médica pede SGF – 1.000 ml. Só temos SG 5%
- 1.000 ml e ampolas de NaCI 30% - 20ml. Como proceder?
 Obs: Soro Glicofisiológico é uma solução isotônica em
relação aos líquidos corporais que contém 0,9%, em massa,
de NaCl em água destilada, ou seja, em casa 100ml de
solução aquosa contém 0,9g de sal
A prescrição médica pede SGF – 1.000 ml. Só temos SG
5% - 1.000 ml e ampolas de NaCI 30% - 20ml. Como
proceder?
Obs: Soro Glicofisiológico é uma solução isotônica em
relação aos líquidos corporais que contém 0,9%, em massa,
de NaCl em água destilada, ou seja, em casa 100ml de
solução aquosa contém 0,9g de sal acrescido do soro
glicosilado que deverá ser constituído por glicose a 5%,
concentração esta que permite a isotonicidade desta
formulação.
 Foi prescrito SG 10% - 750ml e não temos na clinica.
Temos somente - SG5% - 500ml e ampola de glicose a
50% -20ml. Como deveremos proceder
VAMOS PRATICAR?

Você também pode gostar