IV Semana Cientifico ± Cultural Dr.

Hernâni Cidade
Agrupamento Vertical de Redondo, 9 de Fev. 20

Ética da Informação e Educação
Domingos Boieiro dboieiro@gmail.com Dia Europeu da Internet Segura

` `

`

`

`

Caros Colegas: A sociedade da informação hoje está presente nas nossas vidas, em todos os lugares, momentos e espaços, traz-nos enquanto educadores um nível de exigência ética enorme no uso e utilização da informação por nós e pelos nossos alunos. A sociedade através das TIC está globalizada e tudo aquilo que fazemos de bem ou de mal com a informação é amplificado. Por isso, para nós professores, os desafios e responsabilidades aumentaram no uso e utilização da informação nas nossas práticas educativas, e a atitude que temos que ter de formação e orientação dos nossos alunos também aumentou. Esta acção temática pretende ser uma viagem de reflexão sobre a problemática da Ética na Sociedade da Informação e sobre o nosso papel como educadores.

` ` ` ` ` ` ` `

POSITIVOS Velocidade na comunicação Rapidez de acesso à informação Possibilidade de encurtar distâncias Tornam a vida mais fácil Tornam as aprendizagens mais diversificadas São ferramentas poderosas Democratização do acesso à cultura e educação...

O MUNDO MAIS PERTO! MAIS SOLIDÁRIO

O Efeito das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação NEGATIVOS ` Isolamento do indivíduo ` Criação de um vida virtual paralela ` Identidade difusa, dividida entre o real e o imaginário ` Identidade falsa ` Violação da privacidade e confidencialidade ` Violação da liberdade ` Cibercrimes ` Plagiarismo...

coordenadora do EU Kids Online Portugal. . 8 de Fevereiro de 2010 http://www. alerta a investigadora Cristina Ponte.pt/Educação/internet-alunos-plagiam-cada-vez-maispara-trabalhos-escolares_1421717 As crianças e jovens recorrem cada vez mais à Internet para fazerem os trabalhos escolares. não fazer pesquisas. o objectivo é sobretudo plagiar. No entanto.publico.Público.

Jovens assassinam pais ..´ Patrícia Brito.. in Correio da Manhã. lojas de conveniência . concluindo que aqueles estão em muitos casos associados à prática de crimes violentos.Assaltam bares. há muito que a influência de certo tipo de jogos sobre os jovens é motivo de discussão para pedagogos...Assumem o papel de vampiros e matam para se alimentar. . professores e psicólogos. SÓ NO BRASIL EXISTEM MAIS DE 1 MILHÃO DE SEGUIDORES DESTE JOGO E SÃO COMETIDOS CRIMES FRUTO DA SUA INFLUÊNCIA.` PARA REFLECTIR: Crime Virtual Crime Real ³Com ou sem proibições. 19 de Agosto de 2007 Um dos jogos Online mais violentos .

Outras perturbações em jovens Raparigas ` Lara Croft ícone de beleza e agressividade do mundo virtual dos jogos multimédia .Anorexia .Violência feminina .` ` PARA REFLECTIR: ` ` ` A Fabulação do Mundo .Seguidismo e modismo .

A televisão mudou o mundo e os nossos comportamentos sociais e culturais (anos 50/60) A WWW mudou o mundo. os nossos comportamentos sociais. culturais e ÉTICOS (anos 90) .

` ` ` ` ` ` Não há dúvida que a WWW tornou a vida mais fácil mas também trouxe novos problemas que precisam ser reflectidos: Será o futuro mais virtual que real? Saberemos distinguir ficção e realidade? Viveremos num conto de fadas? Onde fica a verdadeira essência do ser humano? Que impactos na liberdade intelectual. confidencialidade e dignidade? . privacidade.

` Que papel nos cabe a nós professores? Ético Moral Activo Educativo Formativo .

a ética não se impõe é algo que realizamos nos nossos actos e atitudes. reflecte sobre os conceito de bom e mau. ` . esclarecer.` ` Papel Ético A ética é um ramo da filosofia que de forma simples estuda e analisa. fundamentar os nossos actos no uso da informação. de responsável ou irresponsável. de certo ou errado. Estamos ao nível da intenção ética porque fazer. Podemos reflectir com eles sobre a necessidade da reflexão no uso da informação com respeito pelo outro. Com os nossos alunos devemos reflectir com eles sobre a forma como utilizam a informação.

Com os nossos alunos podemos discutir porque motivos e com que finalidade cometeram determinados actos e determinar a intenção porque o fizeram para os ajudar a corrigir as suas trajectórias no uso da informação. discriminar o que é o bem ou o mal tendo como referente os costumes e valores da sociedade onde está inserido. ` ` .` O Papel Moral A Moral relaciona-se com as condutas quotidianas do ser humano que lhe permite na sua relação com outro.

actualizar-se e promover com os alunos a sua utilização de forma criteriosa. ` ` . harmoniosa e com dignidade respeitando o outro.` O Papel Activo O aluno é um nativo digital e o professor tem de ser activo. proactivo tomar a iniciativa de aprender a conhecer os usos que se podem fazer da WWW . O professor deve organizar e promover o debate sobre a WWW e não evitá-lo. ou melhor.

Organizar actividades que potenciem o uso das ferramentas com regras. Devem procurar recursos que obriguem à reflexão sobre a problemática.` O Papel Educativo e Formativo O professor deve constituir com os seus alunos comunidades de prática de reflexão sobre a WWW e os seus impactos. ` ` ` ` . Debater e explorar os documentos fundadores sobre os direitos humanos e a noção de responsabilidade e dignidade no uso da informação.

` ` Mas o que é a Ética da Informação? ³ Declaramos o nosso desejo e compromisso comum de construir uma Sociedade da Informação centrada na pessoa. as comunidades e os povos possam aproveitar plenamente as suas possibilidades na promoção do desenvolvimento sustentado e na melhoria da qualidade de vida. tendo por base os fundamentos e princípios da Carta das Nações Unidas e respeitando plenamente e defendendo a Declaração Universal dos Direitos Humanos. integradora e orientada para o desenvolvimento. Declaração de Genebra . pesquisar. em que todos possam criar.´ . utilizar e partilhar a informação e o conhecimento. para que as pessoas.

A Ética da Informação Constituição Da República Filosofia Declaração Universal dos Direitos do Homem Liberdade Privacidade Confidencialidade Códigos de Ética e Deontológicos Dignidade Humana .

Pretende-se que o uso da informação respeite princípios universalmente aceites apesar das diferentes geografias culturais. fundase na ética. na reflexão sobre como devemos agir. ` ` .` ` Filosofia No uso da informação a acção boa é a que é praticada com boa intenção e em que o fim ou o resultado dessa acção seja igualmente bom. sobre o que é certo ou errado. No uso da informação a acção moralmente boa.

. Salvo mediante consentimento expresso do titular.nas telecomunicações e nos demais meios de comunicação. É proibida toda a ingerência...Inviolabilidade do domicílio e da correspondência.... Artigos 37º. etc. Liberdade com responsabilidade e sem prejudicar terceiros ` ` ` .. Artigo 35º .A informática não pode ser utilizada para tratamento de dados. 38º.Garantia das liberdades intelectuais. 42º .. 41º. de protecção dos direitos de autor. de criação cultural.` ` Constituição da República Artigo 34º . de expressão..

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Propositura e fundamento ético para o uso da informação com responsabilidade e respeito pela dignidade humana ` .` ` Declaração Universal dos Direitos do Homem Artigo 1º . devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. Dotados de razão e de consciência.

` ` Códigos de Ética e Deontológicos Ser um instrumento de clarificação e ajuda à decisão ética dos profissionais de informação em Portugal (e no mundo). serviços de informação) a confiança de que os profissionais respeitam os seus direitos. que trabalham em Portugal. assumem perante os valores éticos que norteiam a sua actividade profissional. Sob o Signo: Da Liberdade Intelectual Da Privacidade dos Utilizadores de Informação Do Profissionalismo ` ` ` ` ` ` . arquivos. Apresentar à sociedade o compromisso que os profissionais de informação. Dar aos utilizadores dos serviços de informação portugueses (bibliotecas.

Alertar para os perigos e potencialidades das novas tecnologias. ` ` ` ` ` ` ` . O Professor deve ele próprio ser um exemplo. Recusar um trabalho copiado.` O Professor Deve Conhecer estes Documentos Fundantes e Significantes sobre a Ética da Informação: Apresentá-los aos alunos e pais. Discutir e reflectir sobre eles. Criar situações de aprendizagem adequadas à reflexão. ao debate e crítica sobre o uso da informação. Recusar um trabalho que não refere as fontes.

. A ética é aquilo que o professor faz e o que a sua escola e alunos praticam. saudável e benéfico à realização da vida profissional de cada pessoa. e da vida.` ` A ética posta em prática revela-se na própria constituição do saber e no ambiente de trabalho da escola. A adopção de padrões de conduta ética é uma exigência cada vez mais presente.

com um design estético e criativo. que responsabiliza a forma como conduzimos as nossas vidas. nós precisamos da tecnologia da informação para: a arte da amizade. Amizade e Dignidade .` ³A nossa capacidade básica na sociedade da informação. inclui tanto a arte criativa. Por outras palavras. a arte de escolher. como a arte da interpretação. Rafael Capurro Ética da Informação = Responsabilidade. a arte do silêncio e arte de ouvir o outro e com o outro.´ .

há abuso. têm de existir normas jurídicas e sancionatórias: Imperatividade Impõe ou ordena um determinado comportamento Coercibilidade Aplicação de uma sanção civil ou penal a quem teve um comportamento desviante e prejudicial Aplicável a todos os indivíduos Universalidade Abstracção Aplicável a um número indeterminado de casos e situações e não a situações concretas e individualizadas .` O Direito quando a Ética da Informação é posta em causa: Há crime.

solidários e dignos. eduquem e façam os cidadãos/alunos ser responsáveis.` Mas Não queremos que o Uso da Informação seja um problema de aplicação do Direito: Queremos que o uso da informação seja sempre pautada por valores regulados. ` . ou que resultem de princípios éticos que integrem.

Vigie as suas palavras. Vigie o seu carácter . porque eles se tornarão o seu carácter.Dicas de Netiqueta: ` ³Vigie os seus pensamentos.´ Poeta Anónimo Brasileiro . porque elas se tornarão os seus actos. Vigie os seus actos. Vigie o seus hábitos. porque ele será o seu destino. porque eles se tornarão os seus hábitos. porque eles se tornarão ` ` ` ` ` palavras.

Utilizar o computador para roubar.` ` ` ` ` ` ` ` ` DICAS DE NETIQUETA. NÃO: Utilizar o computador para prejudicar terceiros. Apropriar-se do trabalho intelectual de terceiros. Vasculhar os ficheiros informáticos de terceiros. Interferir com o trabalho informático de terceiros. . Utilizar o computador para prestar falsos testemunhos. Utilizar ou copiar software pelo qual não pagou. Utilizar os recursos informáticos de terceiros sem autorização.

cfm?lang=es&ov=13491 CyberNetiquette Comix Animações que ensinam as crianças a utilizar a Internet de uma forma correcta e segura.com/cybersafety/ A Internet: Guia de utilização e Netiqueta Repositório de boas maneiras que devem ser tidas em consideração na utilização dos distintos serviços da Internet. quer para professores quer para alunos do 1º Ciclo ao Secundário.go.pt/~amcf/netiqueta/ ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` . http://disney.` ` ` ` Netiqueta Recursos Em Linha: Mais informações na Internet sobre este tema: Etiqueta para estudantes (em espanhol e outras línguas) Bons conselhos sobre comportamentos em linha. http://www.esoterica.org2/eun/en/ds_main_/content.org/eun.eun. http://homepage.

segur net.` Recur r r l rC lunos e .saferinternet.org . t is: .

` RISCOS POTENCIAIS: os QUATRO C¶s ` ` ` ` ` 1. Por Contacto 3. Comércio electrónico 4. Por Conteúdo 2. Por Comportamento .

` ` ` ` ` ` ` ` ` ` Sensibilizar. educar Auto-regular o sector Utilizar instrumentos de prevenção Usar ³espaços seguros´ Classificar conteúdos Utilizar linhas directas de apoio Estabelecer leis apropriadas Controlar a idade do utilizador Assinatura electrónica Fonte: Seguranet .

iacrianca.com/ ` .wordpress.(Vantagens e Desvantagens) ` www.pt http://criancasatortoeadireitos.

safer-internet.min-edu.` Para mais informação www.internetsegura.pt/ue_seguranet ` ` ` ` .pt/nonio/seguranet www.net www.minerva.uevora.net www.giase.

` Mandala da Ética da Informação Objectivos educativos Aprender a conhecer Aprender a fazer Aprender a viver em comum Aprender a ser Jacques Delors .

. pais e alunos. A revolução da SI não dispensa o papel dos pais e dos professores.` ` ` ` ` Notas Finais: É preciso a participação empenhada de professores. A Ética da Informação não pode permitir a separação entre ricos e pobres no acesso e uso das NTIC. autoestradas da informação são passíveis de equilíbrio e harmonia. Só a navegação conjunta pelos oceanos.

) ` É preciso formar e qualificar para a SI. ` É preciso criar comunidades de práticas em torno da reflexão sobre a Ética da Informação... ` Criar modelos de formação ética consistentes e sistemáticos.(Cont. É TUDO UMA QUESTÃO DE EDUCAÇÃO! ` . ` Sensibilizar toda a comunidade para as mutações em curso.

. 3. Outros. Abrir uma ³aula´ na plataforma da escola para ³fora´ de discussão. Colocar a apresentação na página do agrupamento. 2.` ` Sugestões para ampliar os efeitos desta apresentação sobre Ética da Informação: 1.. 4. 5. Elaborar um artigo em todos os números do jornal escolar sobre Ética da Informação. Criar na página da Biblioteca uma galeria/repositório de materiais e recursos sobre a Ética da Informação. Adaptar esta apresentação para elaboração de folheto para pais e alunos. ` ` ` ` ` .

ETICA DA INFORMAÇÃO Não faças aos outros o que não queres que te façam a ti! Respeito! Responsabilidade! Dignidade! Privacidade! Confidencialidade! Amizade! Convivialidade! Ser! Estar! Ser Solidário! Respeitar a Diferença! Empenhado! Democratizar! Libertar! Ajudar! Liberdade Intelectual! Profissionalismo! Diversidade! Interculturalidade! Justiça! Estas são as proposituras da Ética da Informação para um Mundo Melhor! UMA ÉTICA INTERCULTURAL DE RESPONSBILIDADE E DIGNIDADE .

Na sociedade da Informação. & GALA. Frankfurt: Suhrkamp MARQUES. R. R. (2003). H. (2003). (2007) Manual de Filosofia 11ºAno. Lisboa: Ed. E.Quixote BOIEIRO. (2007).itu. Lisboa: Lisboa Editora AAVV (1998).` ` ` ` ` Bibliografia Constituição da República Portuguesa. (1984). Código de Ética. Presença Portal.int. Antonieta (1999). O Mundo do Trabalho. Un. www. desenvolvimento e equidade. António. Adília & MANZARRA. Porto: Asa AAVV (2001). Valores éticos e cidadania na escola. Revisão de 2005 Declaração Universal dos Direitos do Homem ---------------x--------------------------------------------------------GASPAR. O que aprender na escola? .unesco. Of Illinois at Urbana-Champaign (USA). Paper presented at a colloquium organized by the Graduate School of Libary and Information Science.org/ci/en/ev. D. Globalização. The passions of internet and the Art of Living. Lisboa: FCG/D. JONAS./wsis/documents/doc_multi-asp?lang=es&id=1161/0 ` ` ` ` ` ` ` ` ` . Lisboa: Lisboa Editora CAPURRO. September 19-24. Das prinzip verantwortung.php-url_iD=16548&url_do=do_Topic&Url_Section=201-html VIGÁRIO.

[actas]. II.` ` ` Bibliografia AAVV. Vols I. Lisboa: D.Quixote POSTMAN. A era da informação: Economia. Lisboa: Difusão Cultural ` ` . Tecnopolia. Lisboa: ICS CASTELLS. Lisboa: FCG MORA. Manuel (2007). José Ferrater (1982). Dicionário de Filosofia. (2003). Quando a cultura se rende à tecnologia. 2ªed. Dilemas da civilização tecnológica. Neil (1993). III. sociedade e cultura.

20 Ética da Informação e Educação Domingos Boieiro dboieiro@gmail. 9 de Fev.IV Semana Cientifico ± Cultural Dr.com . Hernâni Cidade Agrupamento Vertical de Redondo.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful