Você está na página 1de 76

FÍSICO – QUÍMICA I

Prof. Rui Kleber

1 Estudo dos Gases Gases Ideais


Gases Reais
1.1 TEORIA CINÉTICO- MOLECULAR
- Moléculas separadas uma das outras por
espaços vazios muito grandes em relação ao
tamanho das mesmas.
- Moléculas em contínuo movimento de
translação, rotação e vibração. Movimento
totalmente desordenado.
- Da colisão contínua das moléculas constituintes
de um gás contra as paredes do recipiente onde
estão contidas resulta a pressão de um gás,
- Os choques intermoleculares são
perfeitamente elásticos, isto é, na colisão
entre moléculas não há perda de energia
cinética.
- A energia cinética das moléculas constituintes
de um gás não é igual para todas as
moléculas; quando nos referimos a energia
cinética das moléculas de um gás estamos nos
referindo sempre a energia cinética média das
moléculas.
1.2 PROPRIEDADE DOS GASES
- Grande compressibilidade
Obs: propriedade de redução de volume sob
aplicação de pressão sem oferecer resistência
considerável.
- Abrupta contração de volume ma liquefação
Ex: 1.500 l de vapor d’agua à 100oC e 1 atm
1 l de água líquida à 100oC e 1 atm
- Gás ocupa todo o volume disponível
- Grande difusibilidade
FISÍCO-QUÍMICA I
ESTUDO DA PRESSÃO

P=
Unidades Formais : N/ m2 ; dina / cm2
Unidades Informais : atm ; mmHg
Experiência de Torricelli
760 mmHg = 1 atm

Pergunta: você se sentiria seguro se na indústria onde


fosse estagiar, colocassem sua mesa de trabalho ao lado
de uma caldeira cuja pressão fosse 500.000 dina/ cm2 ?

Obs 1:

Massa específica (ρ): relação entre sua massa por


unidade de volume
ρ = m/v ( g/ cm3 ou kg/ m3)
- Peso específico ( ϒ ): relação entre seu peso por
unidade de volume
ϒ = ( dina / cm3 ou N/m3)

Obs: ϒ = ρg

- Densidade (d): relação entre seu peso ou massa em


relação ao peso ou massa de uma substância padrão.
- d = ρs = ϒs ( adimensional)
ρp ϒp
PROPRIEDADES INTENSIVAS X PROPRIEDADES
EXTENSIVAS
v=1l v= 100 ml
t = 25oC t = 25oC
M = 0,1 M M = 0,1 M
n = 0,1 moles n = 0,01 moles
Propriedades Extensivas: dependem do tamanho do sistema.
Ex: massa ; volume
Propriedades Intensivas: independem do tamanho do sistema.
Ex : temperatura ; massa específica

Obs1: As propriedades intensivas são mais úteis uma vez que uma
substância exibirá sempre a mesma propriedade intensiva
independente da quantidade considerada.
PRESSÃO ABSOLUTA X PRESSÃO
MANOMÉTRICA OU RELATIVA

Conceitos
Relações
• Pressão Absoluta tem como referência o
vácuo absoluto, logo terá um valor sempre
positivo.

• Pressão Manométrica tem como referência a


pressão atmosférica, portanto poderá ser
positiva, se maior que a mesma , ou negativa,
se no vácuo.
FÍSICO-QUÍMICA I

LEIS DOS GASES


LEI DOS GASES: relação entre pressão, temperatura e
volume dos gases.

1 LEI DE BOYLE: transformações isotérmicas


LEI DE CHARLES: transformações isobáricas
Variação do volume gasoso com a variação
simultânea da pressão e da temperatura
VOLUME MOLAR: volume ocupado por um mol de gás
nas CNTP( condições normais de temperatura e
pressão)
CNTP : p = 1 atm e t= 0oC = 273,15 k
Volume molar = 22,4 l
EQUAÇÃO DE CLAYPERON
= como 1 x 22,4 é
273
uma constante, vamos denominá-la de R ( constante
universal dos gases perfeitos ou ideais).

= nR ou PV = nRT PV= RT
ESTUDO DA CONSTANTE UNIVERSAL DOS GASES PERFEITOS

O valor da constante depende das unidades


empregadas.
R = 1atm x 22,4 l = 0,082 atm . l/k.mol
273 k

R = 760 mmHg x 22,4 l = 62,3 mmHg . l /k.mol


273 k

R = 101.325 Pa x 0,0224 m 3 = 8,31 Pa m3 /k.mol


273 k

R= 101,32 kPa x 22,4 dm3 = 8,31 kPa . dm3 /k.mol


273 k
OBS: P x V = x V = = Fh= trabalho

W=F.d=N.m =J
R= 8,31 J/k.mol

OBS: ENERGIA = TRABALHO = CALOR


1 cal = 4,184 J
x = 1,98 cal
x cal = 8,31 J
R = 1,98 cal / k. mol
FÍSICO-QUÍMICA I

MISTURA DE GASES
Gases A, B ,C MISTURAS
FÍSICO-QUÍMICA I

DENSIDADE DOS GASES E VAPORES


EFUSÃO DOS GASES
FÍSICO-QUÍMICA I

GASES REAIS
ISOTERMAS NO PLANO PV - P
FÍSICO-QUÍMICA I

CORREÇÃO DA PRESSÃO: PRESSÃO


INTERNA
FÍSICO-QUÍMICA I

LIQUEFAÇÃO DE GASES
• LIQUEFAÇÃO DE GASES

• VIA TÉRMICA abaixamento da temperatura


• VIA MECÂNICA OU PRESSÓRICA elevação da
pressão
TEMPERATURA CRÍTICA= temperatura a partir da
qual um gás não se liquefaz por maiores que
sejam as pressões sobre ele aplicadas.

• ISOTERMA CRÍTICA
• PRESSÃO CRÍTICA
• VOLUME CRÍTICO
• ESTADO CRÍTICO
• GÁS === quando a substância encontra-se
numa temperatura acima da temperatura
crítica( não pode ser liquefeita por via
mecânica)
• VAPOR=== encontra-se abaixo da
temperatura crítica

Você também pode gostar