Você está na página 1de 28

UNIFEI

Aula 10

Gases

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 1


UNIFEI

Gases
 Gás  Vapor

 Gás: uma substância que normalmente se encontra no estado


gasoso na temperatura e pressão ambiente. Ex.:Hélio,
Hidrogênio, Oxigênio, entre outros.

 Vapor: a forma gasosa de uma substância que normalmente é


um líquido ou um sólido na temperatura e pressão ambiente.
Ex.: Água

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 2


UNIFEI

Gases – porque investigar


 1ª: Alguns elementos e compostos comuns existem no estado
gasoso, nas condições normais de temperatura e pressão. Além
disso podem ser vaporizados, e as propriedades destes vapores
são importantes.

 2ª: Nossa atmosfera gasosa proporciona meios de movimentar


energia e materiais sobre toda a superfície terrestre e é a fonte de
muitos produtos químicos vitais.

 3ª: Os gases são os mais simples quando a investigação é feita a


nível molecular.
UNIFEI

GASES - características
 Um dos estados físicos da matéria com mais energia;
 Apresenta uma estrutura desorganizada;
 É considerado um fluido por suas propriedades de compressibilidade e
expansabilidade;
 Pelo fato de serem compostos moleculares simples, possuem baixa massa
molecular;
 São altamente compressíveis e ocupam o volume total de seus
recipientes;
 Quando um gás é submetido à pressão, seu volume diminui;
 Sempre formam misturas homogêneas com outros gases;
 Substâncias líquidas e sólidas podem existir no estado gasoso, recebendo
o nome de vapor.

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 4


UNIFEI

GASES - características
 Exemplos

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 5


UNIFEI

PRESSÃO (P)
 Definida como FORÇA que atua sobre uma determinada ÁREA;

 Os gases exercem pressão na superfície em que estão em


contato.

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 6


UNIFEI

PRESSÃO ATMOSFÉRICA
 É a pressão exercida por
uma coluna de gás de 1
m2 de secção transversal
cuja altura vai até os
confins da atmosfera.

Patm = 1 x 105 N/m² = 1 x 105 Pa = 760 mmHg = 1 atm


12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 7
UNIFEI

LEI DOS GASES


Variam com a PRESSÃO, VOLUME, TEMPERATURA e
QUANTIDADE DE MATÉRIA ;

Equações: relação entre T, P, V e n – Leis dos gases

- As três leis:
- Lei de Boyle;
- Lei de Charles;
- Lei de Avogadro.

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 8


UNIFEI

Lei de Boyle
 Relação pressão-volume
“O volume de certa quantidade de gás mantido à temperatura
constante é inversamente proporcional à pressão”

P1V1=P2V2 OU PV=K

As transformações gasosas nas quais variam a pressão e o volume, mas a temperatura


permanece constante, chamam-se TRANSFORMAÇÕES ISOTÉRMICAS.

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 9


UNIFEI

Lei de Boyle
• Na prática, a lei de Boyle não é obedecida com exatidão
matemática.

• Chamamos gás ideal ou gás perfeito ao gás teórico que


obedeceria à lei de Boyle com precisão matemática.

• Na prática, temos os gases reais.

• Quanto menor for a pressão e maior a temperatura do gás


real, mais ele se aproxima do conceito de gás ideal ou
perfeito.

• Podemos dizer que o gás real tende para o gás ideal à


medida que a pressão tende para zero e a temperatura
tende para infinito.
12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 10
UNIFEI
EXEMPLO
 O volume de gás em um balão metereológico aumentará a medida
que ele subir para a atmosfera mais alta, onde a pressão atmosférica
é mais baixa que na superfície da Terra.

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 11


UNIFEI

EXERCÍCIOS
1) A massa de um determinado gás, ocupa um volume de 2.000
mL a 1 atm. Qual será o volume deste gás a 2 atm, na mesma
temperatura?

2) Uma amostra de nitrogênio gasoso na bolsa de ar de um


carro tem a pressão de 745 mmHg com o volume de 65 L. Se
esta amostra foi transferida para uma bolsa de 25 L, mantendo a
mesma temperatura qual a pressão do gás com o novo volume?

3) Uma amostra de CO2 na pressão de 55 mmHg, ocupa um


volume de 125 mL. A amostra é comprimida de tal forma que a
nova pressão do gás é 78 mmHg. Qual o novo volume que o gás
ocupa? (A temperatura se manteve constante durante toda a
experiência)

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 12


UNIFEI

Lei de Charles
Com a introdução da escala absoluta, as leis de Charles e
Gay-Lussac foram assim enunciadas:

 A volume constante, a pressão de uma massa fixa de gás é


diretamente proporcional à temperatura absoluta do gás.
(Transformações isovolumétrica)

A pressão constante, o volume de uma massa fixa de gás é


diretamente proporcional à temperatura absoluta do gás.
(Transformações isobáricas)

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 13


UNIFEI

Lei de Charles

TRANSFORMAÇÃO
ISOVOLUMÉTRICA

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 14


UNIFEI

Lei de Charles

TRANSFORMAÇÃO
ISOBÁRICA

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 15


UNIFEI

EXERXÍCIOS
1) O volume de um gás, contido num cilindro, apresenta 180 atm
de pressão à temperatura de 20 ºC. Qual será sua pressão,
quando o cilindro for aquecido até 30 ºC?

2) Suponha que se tenha uma amostra de CO2 numa seringa


selada. O volume de gás é 25,0mL à temperatura ambiente
(20ºC). Qual o volume final de gás, se você aquecer a seringa
segurando-a na mão, até a temperatura de 37ºC?

3) Um balão está cheio de hélio e tem o volume de 45,0L na


temperatura ambiente (25ºC). Se o balão estiver cheio com a
mesma quantidade de hélio num dia muito frio (-10ºC), qual o
novo volume do balão? Considere que a pressão permaneceu
constante.

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 16


UNIFEI

Lei Geral dos Gases


 Combinação das Leis de Boyle e Charles;

 O volume de um gás é inversamente proporcional a sua


pressão, a temperatura constante (Lei de Boyle) e
diretamente proporcional à temperatura absoluta (TºK) a
pressão constante (Lei de Charles).

P1 x V1 = P2 x V2
T1 T2

 Essa equação é frequentemente chamada de Lei Geral dos


Gases. Ela se aplica especificamente a equações onde a
quantidade de gás permanece constante.

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 17


UNIFEI

Equação Geral dos Gases

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 18


UNIFEI

Exercícios
1) Uma bola de gás (recipiente cilíndrico), com um volume de 22,0 L
contém hélio a pressão de 150 atm e na temperatura de 31 ºC. Quantas
bolas de gás. Cada uma com um volume de 5,0 L, podem ser infladas
num dia em que a pressão atmosférica é de 755mmHg e a temperatura
é de 22 ºC?

2) Mesmo nos dias de hoje, a investigação das camadas superiores da


atmosfera é feita através de balões equipados com instrumentos
científicos. Estes balões são inflados com gás hélio. Suponha que um
balão, com um volume de 4,19x103 L é lançado a temperatura de 22,5 ºC
e a pressão barômetrica é de 754 mmHg. Qual o volume do balão
quando este alcançar a altura de 32 quilômetros, onde a pressão é de
760mmHg e a temperatura é de – 33 ºC?

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 19


UNIFEI

Lei de Avogadro
 Relação quantidade-volume
“Volumes iguais de gases quaisquer, à mesma temperatura e pressão,
encerram o mesmo número de moléculas.“

Sendo n a quantidade em mols de cada gás, podemos concluir:

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 20


UNIFEI

Lei de Avogadro
Nas CNTP foi encontrado o valor aproximadamente
igual a 22,4 L. Portanto, podemos dizer que:

22,4 L de um gás a 0ºC e 1 atm contém 6,2 x 10²³ moléculas de gás (1 mol)

Volume molar: Vm Vm = V / n V = constante x n

A constante de proporcionalidade é independente da identidade do gás

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 21


UNIFEI

EXERCÍCIOS
1) Uma dada massa de gás perfeito está em um recipiente de volume 8,0 litros, a
temperatura de 7,0 oC, exercendo a pressão de 4,0 atm. Reduzindo-se o volume a
6,0 litros e aquecendo-se o gás, a sua pressão passou a ser de 10 atm. Determine
a que temperatura o gás foi aquecido.

2) A amônia pode ser sintetizada diretamente a partir de seus elementos:


N2(g) + 3 H2(g)  2 NH3(g)
Se for 15,0 L o volume inicial do H 2(g), numa dada condição de T e P, qual o volume
de N2(g) necessário para completar a reação (nas mesmas condições de T e P)?
Qual a produção teórica de NH3, em litros?

3) O metano queima no oxigênio par dar os produtos usuais, CO 2 e H2O, de acordo


com a equação:
CH4(g) + 2 O2(g)  CO2(g) + 2 H2O(g)
Se forem queimados 22,4 L de CH4 gasoso, qual o volume de O2 necessário
para completar a combustão? Que volumes de H2O e CO2 são produzidos? Admita
que todos os volumes se medem na mesma temperatura e na mesma pressão.
12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 22
UNIFEI

Equação de Clapeyron
As leis de Boyle e Charles/Gay-Lussac podem ser combinadas com a lei de
Avogadro para relacionar volume, pressão, temperatura e quantidade em mols
de um gás. Tal relação é chamada de equação de estado de um gás.

R é a constante universal dos gases. R = 0,082 L atm/ mol-1 K-1


12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 23
UNIFEI

Equação de Clapeyron
O Volume de 1 Mol (0OC e 1 atm) 22,4 L
O Volume de n Mol n 22,4 L

Sendo V o volume da massa gasosa (n mol), numa pressão P e temperatura T, de


acordo com a equação universal dos gases podemos escrever:

PV
_____ 1 atm x 22,4 L
= n ______________ R
T 273 K

PV = nRT EQUAÇÃO DE CLAPEYRON

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 24


UNIFEI

Equação de Clapeyron

n = Massa do gás / Peso molecular

P = 760 mmHg R = 62,3 mmHg/L/Ko


P = 1 atm R = 0,082 atm/L/KO

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 25


UNIFEI
Lei dos Gases Perfeitos e Ideais

Volume molar Vm PV = nRT

Condições normais ambientes de temperatura e pressão


T = 298,15 K
P = 1 bar (105 Pa)
RT 0,08314 x 298,15
Vm    24,789 L mol 1
P 1
Condições normais de temperatura e pressão (CNTP)
T = 0o C = 273,15 K
P = 1 atm RT 0,082 x 273,15
Vm    22,4 L mol 1
P 1
12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 26
UNIFEI

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 27


UNIFEI

Densidade de um gás
 Depende de sua pressão, massa molar e temperatura;
 O fato de um gás mais quente ser menos denso que um gás mais frio
explica o fato do ar quente subir e o ar frio descer.
 Da equação dos gases ideais:
P∙V = n∙R∙T

P∙V = (m/M)∙R∙T

(P∙M)/(R∙T) = m/V

D = (P∙M)/(R∙T)

12/13/2021 Profa. Silmara Baldissera Kabayama 28

Você também pode gostar