Você está na página 1de 12

AULA 02 – A HISTÓRIA DA

FILOSOFIA:
PRÉ-SOCRÁTICOS

Prof. Artur Weidmann


Conceitos
fundamentais
• Período Pré-Socrático ou Cosmológico  Século VI a.C. ao final V a.C.
a) Phýsis: a Natureza eterna e em perene transformação.
b) Causalidade: tudo tem uma causa natural e não misteriosa, ou sobrenatural.
c) Arqué / Arché: elemento primordial, que dá unidade à natureza elemento
presente em todas as coisas em maior ou menor grau.
d) Cosmos (kósmos): o mundo natural, bem como o espaço celeste, enquanto
realidade ordenada de acordo com certos princípios racionais.
e) Lógos: o discurso racional, argumentativo, em que as explicações são
justificadas e estão sujeitas à crítica e à discussão
f) Caráter crítico: as teorias formuladas não se apresentavam como dogmas, ou
seja, estavam sujeitas a discussão, revisão, reformulação desde que racionalmente
justificadas.
Primeiras Escolas
Escola Jônica

• Tales de Mileto  Água

• Anaximandro de Mileto  ápeiron (ilimitado, indeterminado)

• Anaxímenes  ar/vapor (pneuma)

• Heráclito de Éfeso  fogo (pyr); “tudo flui”; conflito; dialética


• Escola Itálica (ou Pitagórica)

• Pitágoras de Samos  número

Proporção

 Harmonia no cosmos
• Escola Eleática

• Xenófanes de Cólofon  terra e água


 Deus é o cosmo (Uno)

• Parmênides de Eleia:  Ser

 Movimento = aparência X Ser imóvel = realidade


essencial

 Identidade entre ser e pensar

 Metafísica/ontologia
• Zenão de Eleia
Contra a noção de movimento

Ser uno, imóvel, indivisível e


eterno

Paradoxos: Aquiles e a tartaruga;


flecha imóvel
• Escola Atomista, ou atomismo o nascer nada mais é do que "um
agregar-se de coisas que existem" e o morrer "um desagregar-se, ou
melhor, um separar-se das mesmas

Trata-se de um "número infinito de corpos, invisíveis pela


pequenez e volume". Tais corpos são indivisíveis, e, por isso,
são a-tomos (em grego, “átomo" significa "o não-divisível") e,
naturalmente, incriados, indestrutíveis e imutáveis.
• Leucípo de Mileto: mundo é formado a  Demócrito de Abdera: a realidade
partir do choque aleatório e imprevisível
de infinitos átomos. Ele supunha que a consiste em átomos e no vazio, os
matéria seria constituída por átomos e átomos se atraindo e se repelindo, e
vácuo. Tais átomos seriam indestrutíveis e gerando com isso os fenômenos
imutáveis, enquanto as variações da
naturais e o movimento. A atração e
matéria dependeriam de modos de
agrupamento dos átomos (algo como repulsão dos átomos devem-se às suas
nossas moléculas). Existiam também formas geométricas, sendo que átomos
variações na forma, tamanho dos átomos, de formas semelhantes se atraem e os
embora fossem todos constituídos por uma
mesma substância. de forma diferente se repelem. Os
átomos são imperceptíveis e existem
em número infinito.

Você também pode gostar