Você está na página 1de 13

Auto

Aceitação
Você na sua
melhor versão
Introdução

"A não ser que você aprenda a


enfrentar suas próprias sombras,
continuará a vê-las em outros,
porque o mundo fora de você é
apenas um reflexo do mundo
dentro de você".

Carl Gustav Jung


O maior desafio
da aceitação é

Abraçar quem
você é
Pontos de
Virtudes melhoria
Aceitar-se é ...
se amar independentemente dos próprios erros,
limitações e comportamentos

É transformar algo negativo, como os erros, em algo positivo, como a


aprendizagem. Ou seja, você olhar para tudo de uma maneira que você tire
um aprendizado, uma chance de ser melhor, evoluir.

A aceitação nos ajuda a olhar tudo de forma mais complexa. Com isso, deixamos de olhar para as
pessoas, situações e a nós mesmos como algo muito “certo ou errado”.

Tudo é muito mais profundo que isso. Passamos a considerar mais pontos, mais lados e mais possibilidades. Quando
nosso olhar se amplia assim, conseguimos ser mais assertivos diante das escolhas.
Autoconhecimento
Reconhecendo Potencialidades e Limitações

A mudança de mentalidade que a aceitação promove em nós nos tira da vitimização e comodismo.
Ou seja, a gente não para no erro de maneira famigerada e nem se acomoda com ele. Quando nos
abraçamos com tudo o que somos, reconhecemos nossos erros, mas também nossas potencialidades.
Assim, passamos a entender que somos mais que só erros ou qualidades. Somos um misto dos dois
e entendemos que podemos evoluir mais ainda.

Outro ponto complementar dessa dinâmica da aceitabilidade é perceber o que realmente se ama.
Sendo esse amor não só pelas suas qualidades, mas suas habilidades, sonhos e trabalhos. A partir
disso, a pessoa conseguirá focar no que ama e potencializar isso. Além disso, lembre-se que só
podemos combater aquilo que reconhecemos. Ou seja, medos, bloqueios, defeitos só podem ser
trabalhados se reconhecemos que eles existem. De modo contrário, se negarmos sua existência, isso
fica em nós e cresce.
Aceitação do Outro

A nossa aceitação também facilita a aceitação do outro e o alcance de uma vida equilibrada, saudável,
próspera e feliz. Ao aceitarmos como as coisas e pessoas são, nós facilitamos o caminho para a
conquista das realizações.

A aceitação nos permite olhar de frente nossas fraquezas. Diminuímos as cobranças de sermos
fortes ou fracos e não nos importamos em como as pessoas nos veem. Com isso, a vida fica leve,
pois devemos ser quem somos, nada mais.
s o s p a l p i t e s
r d e t o d o
"Apesa a d e t e u e s f o r ç o e
ô n i c o s , a c e r c a l m a ,
an t a g m o d a p r ó p r i a
a , e n t r a n o i i de a s
con d u t id a d e t e p r e s
a se a s i n c e r d a
obs e r v a t o s, n o f o r o
s e o s
resoluçõe s e t e r ec o n h e c e s ,
i a e ,
consciênc f a z e n d o o m el h o r q u e
e , d o S e n h or , u il o e
di a n t co r a ç ã o t r a n q
d e s , g u a r d a o a t i tu d e
po s f o r ço l i m p o e
s s e g u e, d e e v i c ç ã o d e
pro d i a n t e , n a c o n
ta , c a m i nh o a n t a d e s i
r e e n ó s d a r á c o
“c a d a u m d
que m o a D e u s ” .
mes
— E m m a n u e l –
e v i d a e t e r n a
Pal a v r a s d s oa l
t a p e s
170 - Con
Ter consciência de qualidades e pontos de
Benefícios de se 1 melhoria

aceitar como é
Desenvolver o amor por si mesmo e pelo próximo
"Suportar nossa cruz jamais será maldizê-la ou lamentá- 2
la e sim acolher-nos imperfeitos como ainda somos,
perante Deus, mas procurando, por todos os meios
justos, melhorar-nos e burilar-nos, avançando sempre, Desenvolver a autorresponsabilidade
mesmo que vagarosamente, milímetro por milímetro,
3
nos caminhos de ascensão para a Vida Eterna".

Rumo certo — Emmanuel - 59 - Suportar nossa cruz 4 Respeito à própria história


As condições da nossa reencarnação
hoje são as necessárias e ideais para
nosso processo evolutivo
t a n t o , f i l h o s
o s , n o e n
“Todos som , p e l o s m e c a ni s m o s d a
ai s d e D e u s e d e nó s
imort ê n c i a , c a d a q u a l
Divina Provi d s c o n d i ç õe s
r s i m es m o n a
s i t u a do p o r e c e b e r
está ua i s v e n h a m os a
jus t a s , n a s q a ba l h o e
n id a d e s d e t r
novas oport u e m e l ho r i a ,
r e a j u st a m e n t o
apren d i z ag e m , v a ç ã o .
l í b r i o e r e n o
r e eq u i o s e m n ã o
i m , s e t e i m am
Ainda a s s q ue n o s é
a r e a l i d a d e
reconhecer nt e p e r d e r e m o s t e m p o
r ia , n ã o s o m e o ri s c o
pr ó p é m c o r r e r e m o s
o s o , m a s t a m b a o ó d io
pre c i a e a o c i ú m e ,
p r a r à i n v e j o b l e m a s
de com , s o f r i m e n t o e p r
ao d e s e s p e r o c e ss i d a d e .
e o s a m e n o r n e
q ue n ã o t e m
de
a s — C a p 2 7 –
l - M ã o s u n id
( E m m a n u e ã o)
Au t o a c e i t a ç
INSATISFAÇÃO

A insatisfação campeia em toda parte.


A todo momento podem se encontrar os que estão
insatisfeitos...
Insatisfeitos com o corpo.
Insatisfeitos com a situação financeira.
Insatisfeitos com a família.
O problema reside em que quem é insatisfeito é infeliz.
Analisando os fatos sob a óptica da razão, a insatisfação
é um erro dos mais graves, já que nada está fora de ordem
nas coisas de Deus.
Sua insatisfação não tem razão de ser.
O que você queria?
Um corpo mais saudável? Mas o seu corpo físico foi
modelado pelo seu períspirito, imprimindo nele as
deficiências morais. Portanto, o seu Corpo é adequado.
Uma família melhor? Mas aqueles que constituem sua
família são os espíritos com os quais você está em
débito, aguardando ressarcimento. Portanto, sua família é
a ideal. Uma condição financeira mais confortável?
Mas, por certo, já teve muitas posses e o resultado foi
catastrófico.
Portanto, sua situação é a necessária para sua evolução.

(Jesus no teu dia a dia – Insatisfação – 30 – Agnaldo Paviani/José


de Moraes)
Pratique o Pare de se
autoconhe comparar!
- Não dê
cimento! importância
para a opinião
dos outros!

Praticando
a
Auto
a
ma a
u tiv Aceitação
e n h osi te D
vít eixe
T de p ian ! ser ima de s
t i t u o d mas res e pa er
a esm ble po sse
n sá a
m pro vel
dos !
Conclusão
“Ante as provas e tribulações que nos cerquem, aceitemo-nos como
somos, a fim de extrairmos de nós com sinceridade o máximo de bem de
que sejamos capazes na ampliação do bem geral, porque a vida é um
parque de promoções permanente para quem trabalha e serve e todo
Espírito que se aceita qual é, de modo a fazer de si o melhor que pode,
para logo se desvencilha de qualquer sombra, a fim de engajar-se na
jornada bendita do próprio burilamento, partilhando a conquista
incessante de luz e mais luz.”

Emmanuel - Mãos unidas — Cap. 27 – Autoaceitação


Gratidão Tenham u
m
ótima noit a
e!

Você também pode gostar