Você está na página 1de 23

V Lamarckismo

V Darwinismo
V Neodarwinismo
V LAMARCK:
V Lei do Uso e do Desuso
V Lei da Herança dos Caracteres
Adquiridos
As características adquiridas pelo
USO E O DESUSO não são
transmitidas aos descendentes
V Charles Darwin(1809-1882)

V Teoria da Selecção Natural ²


´O mais apto sobrevive ao meio.µ
V uais eram os mecanismos
responsáveis pela grande
variabilidade nas espécies?
V De que modo estas variações
eram transmitidas de geração em
geração?
V 1930 - 1940
V Investigadores combinaram:

V Darwinismo genética

NEODARWINISMO
V Èroposta por Mendel(1942).
V Baseia-se no Darwinismo e novos
conceitos da genética.
V Explica como ocorre e como são
transmitidas as variações genéticas
das espécies.
4undamentos:
V Variabilidade Genética - unidade
evolutiva.

V Selecção natural ² principal


mecanismo da evolução.
V Mutações - fonte Èrimária de
variabilidade.

V Recombinação Genética ² 4onte


mais próxima de variabilidade.
V Alterações bruscas no património
genético.
V Ocorrem ao acaso.
V Èodem, introduzir novos genes ou
alterar os genes existentes, e assim
conduzir ao aparecimento de
novas características nos
indivíduos.
V O efeito das mutações varia em
função do gene mutado.
As mutações não ocorrem
para adaptar o individuo ao
ambiente!!

V Elas ocorrem ao e, por


,são mantidas
quando são adaptativas, ou
eliminadas quando não são.
V 4onte mais próxima de diversidade
genética.
V Ocorre através da reprodução
sexuada:
Ao nível da Meiose
Ao nível da 4ecundação
V Èrófase I ² 4enómeno de crossing-
over.
V Metáfase I ² Disposição aleatória
dos bivalentes no plano equatorial
do fuso mitótico.
V Anáfase I ² Separação aleatória
dos homólogos.
V Anáfase II ² Redução cromatídica
ao acaso.
V 4usão de dois gâmetas ocorre ao
6 6.
V A 666 no encontro dos
gâmetas, 6
66 as 6 6 

V „666dos zigotos
formados 6 
 .
V As mutações introduzem novidade
genética, mas é principalmente a
recombinação genética que cria a
variabilidade, favorecendo o
aparecimento de uma multiplicidade
de diferentes combinações de
genes.
V Baseada na teoria de Darwina
666
 6  
V Èrincipal factor evolutivo que
actua sobre a variabilidade
genética da população.
V Selecção natural positiva:
uando os indivíduos se adaptam
e sobrevivem.
V Selecção natural negativa:
uando os indivíduos não se
adaptam e são eliminados.
V 46  V 46 
 a  a
- Temperatura. - Èredação.

- Humidade. - Èarasitismo.

- Tipo de solo. - Simbiose.


V Este conceito varia:
» No tempo
» Na espécie
» No espaço

V O meio pode vir a ser desfavorável


a um conjunto genético, quando
as características desse meio são
alteradas.
V Conjunto de todos os genes
presentes numa população num
dado momento.
V Èode haver variação de genes em
cada fundo genético.
V Em cada fundo genético, quanto
maior a diversidade maior é a
capacidade de adaptação da
população.
V Os conjuntos genéticos mais bem
adaptados deixam maior
descendência, do que aqueles
menos adaptados.
" %&'
È6 6  "# 6 

 66  66

 66  6

666 6 $66 6


66  66 

 6 66  6 „6 66  6

  „

!6
V Imagens e informação:
http://www.slideshare.net/sandranas
cimento/v-neodarwinismo
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A
Dntese_evolutiva_moderna
http://www.colegioweb.com.br/biolo
gia/neodarwinismo.html
http://soraiabiogeo.blogs.sapo.pt/75
01.html
http://seliver.110mb.com/escola/files
/biologia/Evolucao.pdf
http://neodarwinismo11b.blogs.sapo.
pt/