Você está na página 1de 16

2  


 


 
  

| | 
 


 


   

 

 
2  

 


 
  

SITUAÇÃO PROBLEMA

- Longa espera
P.S. CAÓTICO - Agressividade
- Problemas
Assistenciais
2  

 


 
  

   
|
  

 
  


 

 

2  

 


 
  

Õ  


 

 
   

 

2  

 


 
  

      

Atender a todos por demanda


espontânea, sem que os mais
graves fiquem na fila
fila..
2  

 


 
  


 
 

     


 

 
2  

 


 
  

CONSULTA DE ENFERMAGEM: DECRETO


99406/87 ± PRIVATIVA DO ENFERMEIRO
RESOLUÇÃO COFEN - 159

Utiliza componentes do método científico


saúde/doença;;
para identificar situações de saúde/doença
prescrever,,
prescrever implementar medidas de
enfermagem que contribuam para
promoção, prevenção e recuperação da
saúde e reabilitação do indivíduo, família e
comunidade..
comunidade
2  

 


 
  

Fundamentos básicos são os


princípios de universalidade,
equidade, resolutividade e
integralidade das ações da saúde
2  

 


 
  

Compõe-se de histórico (entrevista),


Compõe-
exame físico, diagnóstico, prescrição e
implementação da assistência e evolução
de enfermagem
enfermagem..

É um processo da prática do enfermeiro,


na perspectiva de concretização de um
modelo assistencial adequado às
condições das necessidades de saúde da
população..
população
2  

 


 
  

|
 





Art.1º. ± Em todos os níveis de


Art.
assistência à saúde, seja em
instituição pública ou privada, a
consulta de enfermagem deve ser
obrigatoriamente desenvolvida na
Assistência de Enfermagem
Enfermagem.. 19
19//04/
04/93
2  

 


 
  

A classificação, se encaixa
perfeitamente no que é definido
pelo COREN como consulta de
enfermagem
2  

 


 
  



 
Consultório;
Consultório;
PA não-
não-invasiva (monitor)
(monitor);;
Objetividade nas perguntas (para que as respostas
sejam objetivas)
Observação aguçada ± olhar o paciente, interagir,
interessar--se pelo que ele traz
interessar traz;;
Questionário padronizado ( diminui o tempo de
consulta)
Todos os profissionais da equipe multiprofissional
devem conhecer e trabalhar no processo
processo..
2  

 


 
  

|

 
     


1 TE ou AE no corredor externo para


acolhimento e identificação de possíveis
situações de urgência ± observando o
paciente e levando ao consultório de
classificação quando julgar prioridade
1 AE com o enfermeiro na classificação
para agilizar caso haja necessidade de
exames de urgência (como ECG)
2  

 


 
  

1 apoio administrativo orientando a


entrada no corredor externo
externo;;
1 apoio administrativo no corredor
interno::
interno
- Agilizando o fluxo das fichas
fichas;;
- Observando espera de retorno maior
que o necessário
necessário..
2  

 


 
  

!
|
| 
 

 â 0000

 000
 â 
 000
â 
â    000

â â
000
â â
â 000
â â
000
 
000
 000
 â ââ ââ 000
â    
0
o / f / m / / m / o/ o/

O  

  

   

  


  
 


2  

 


 
  



     
 
 

00 4  0000
  000


0
 


000


44 000
0 000

4  4  4 4 4  000


4
0 000

000

0 000

   000
   
0 0
o n 07 e 07 r 07 br 07 07 oun07 ou 07

% on or d de % ão on or d de ú ero de p en e   do