Você está na página 1de 8

Argiloterapia com Crio

Profª Eliane G. Estevam


Crioterapia
• A palavra Crioterapia deriva do grego
(Krios) que significa Frio e Terapia
(tratamento). Ou seja, refere-se ao
tratamento através do frio.
• A crioterapia é a aplicação terapêutica de
uma substância ao corpo, promovendo a
diminuição da temperatura dos tecidos e
conseqüentemente a redução do calor
corporal.
Crioterapia
• Sua utilização remonta ao século 2500 AC,
quando utilizada pelo povo egípcio, como
método analgésico e anti-inflamatório. Em
meados dos anos 70 começa a ser utilizada
como prática comum nas lesões desportivas
e a sua utilização passou a ser utilizada na
área estética.
Crioterapia
• É um tratamento feito com a aplicação de
cremes contendo cânfora e mentol, além de
outros princípios ativos, que provocam uma
queda na temperatura no locais  afetados.O
objetivo é “forçar” o organismo a ultilizar
os lipídios de reserva para recuperar seu
equilíbrio térmico. Assim a uma redução de
medida e a recuperação da elasticidade da
pele.Indicado para gordura localizada,
flacidez e celulite.
Argiloterapia
• A Argiloterapia, também conhecida como
Geoterapia é a utilização de recursos
minerais com finalidade terapêutica. A
argila é formada a partir da decomposição
do solo, ocasionada por reações físico-
químicas do meio ambiente, que, ao longo
dos séculos, acumula minerais, como ferro,
silício, manganês, titânio, cobre, zinco,
cálcio, fósforo, potássio, entre outros.
Argiloterapia
• Argilas são um silicato minimizado, ou
silicato de alumínio e diversos
oligoelementos. Entre os minerais
encontrados se destaca o silício, segundo
elemento mais abundante na natureza. Sua
carência produz uma desestruturação do
tecido conjuntivo, com sinais de
envelhecimento. Por isso a argila é também
utilizada para finalidades estéticas.
Argiloterapia
• As propriedades da argila variam conforme
sua composição. Em geral, são ativadoras
da microcirculação periférica, absorventes,
antioxidantes, calmantes, analgésicas,
cicatrizantes, descongestionantes,
purificadoras, refrescantes, regeneradoras,
bactericidas etc.
Argiloterapia
• A argila não possui contra-indicação, porém
há restrição com relação ao seu uso no
ventre das mulheres grávidas por causa de
sua ação estimulante e ativadora da
circulação.

Você também pode gostar