Você está na página 1de 26

LESÕES

MUSCULOESQUELÉTICA
MEMBROS SUPERIORES
 OMBROS: lesões agudas ocorrem de forma repentina
(futebol, lutas) enquanto que lesões crônicas são as que
desenvolvem de forma gradual (voleibol, natação, etc.).
 Fratura da Clavícula:
 Causa: golpe direto na parte frontal ou lateral do ombro

 Sintomas: dor na parte frontal do ombro ao longo da


clavicula; dor ao levantar o braço, sensação
desagradável.
 Sinais: deformidade, inchaço, sensibilidade na região.
Primeiros Socorros:
 Imobilize o braço com uma tala e estabilize junto ao
corpo com uma bandagem elastica
 Aplique gelo e o encaminhe ao médico
ENTORSE DA ARTICULAÇÃO (AC) (SEPARAÇÃO DO
OMBRO)
 Estiramento ou ruptura dos ligamentos que conectam a
clavícula à escápula – articulação acromioclavicular;
devido a golpe direto ou queda com braço estendido.
Sintomas:
 Grau I:dor leve ao longo da borda externa da
clavicula,ao levantar o braço acima da cabeça, ao
estender o braço ao longo do corpo.
 Grau II e III: dor moderada a intensa ao levantar o braço
e ao estender ao longo do corpo.
Sinais:
 Pequena a moderada elevação da extremidade da
clavícula, sensibilidade moderada a intensa na região
sobre a borda externa da clavícula.
PRIMEIROS SOCORROS:
 Descanse o atleta de atividades que causam dor, aplique
gelo, imobilize o braço com uma tala e estabilize junto
ao corpo, monitore em caso de choque , encaminhe a
assistencia médica.
ENTORSE ESTERNOCLAVICULAR (EC)
(SEPARAÇÃO DO OMBRO)
 Estiramento ou ruptura dos ligamentos que conectam a
clavícula ao esterno (osso do peito), causado por golpe
direto que projeta a clavícula para frente ou para tras, ou
queda sobre a mão estendida.
 LUXAÇÃO OU SUBLUXAÇÃO DO OMBRO
 Em uma luxação, o úmero é deslocado da cavidade
articular (AC);
 Em uma subluxação, o úmero é deslocado da (AC) mas
retorna espontaneamente a posição funcional.
DISTENSÃO DO MÚSCULO PEITORAL
 Estiramento ou ruptura dos músculos utilizados para
aduzir os braços ao longo do tórax. Causado por um
arremesso de lado, por giro com uma raquete ou
arremesso usando apenas o braço, músculos do ombro e
do tórax fracos e inflexíveis, levantamento excessivos de
pesos ou uso da tecnica incorreta,como abaixar os
cotovelos demasiadamente no supino reto.
DISTENSÃO DO DELTÓIDE:
 estiramento ou ruptura dos músculos ao redor da parte
posterior, anterior e lateral do ombro; causado por
arremesso de lado ou musculatura enfraquecida.
DISTENSÃO DO MÚSCULO TRAPÉZIO SUPERIOR:
 Estiramento ou ruptura do músculo trapézio. Esse
músculo se estende da base do crânio às extremidades
externas do ombro e logo acima da região lombar.
DISTE3NSÃO DO MÚSCULO ROMBÓIDE:
 Estiramento ou ruptura do músculo entre a escápula e a
coluna. Esses músculos tracionam as escápulas em
direção à coluna.
 FRATURA OU CONTUSÃO NA COSTELA
 Quebra ou hematoma da costela, causado por golpe
direto sobre a caixa torácica.
PARTE SUPERIOR DO BRAÇO: LESÕES AGUDAS

 Fratura do úmero;
 Distenção do músculo do Biceps

 Distenção do músculo do Tríceps


LESÕES CRÔNICAS NA PARTE SUPERIOR
DO BRAÇO:
 Tendinite do biceps (inflamação no tendão);
 Tendinite no tríceps (inflamação no tendão).
COTOVELOS: LESÕES AGUDAS
 Fratura do cotovelo
 Luxação ou subluxação do cotovelo

 Contusão do nervo ulnar

 Entorse do cotovelo
COTOVELOS: LESÕES CRÔNICAS
 Cotovelo do tenista
 Cotovelo do golfista

 Fratura por estresse da epífise (placa de crescimento)

 Bursite do cotovelo
ANTEBRAÇO, PUNHO E MÃO
 Fratura do antebraço
 Fratura do punho

 Entorse do punho

 Fratura da mão

 Luxação do dedo

 Entorse do dedo

 Fratura de polegar ou de outro dedo da mão.


ABDOME E COSTAS
 Distensão abdominal
 Pontada no flanco

 Distensão da região lombar da coluna


QUADRIL E COXA
 Luxação e subluxação do quadril
 Contusão do quadril (contusão da

crista ilíaca)
 Distensão do flexor do quadril

 Distensão do adutor da coxa

 Fratura da coxa

 Contusão da coxa

 Distensão do quadríceps

 Distensão dos músculos isquitibiais


JOELHO
LESÕES AGUDAS DO JOELHO
 Entorse do joelho
 Luxação ou subluxação da patela

 Ruptura da cartilagem
LESÕES CRÔNICAS DO JOELHO
 Tendinite da patela
 Dor na articulação patelofemoral

 Distensão do trato iliotibial


TORNOZELO E PARTE INFERIOR DA PERNA
LESÕES AGUDAS

 Distensão da panturrilha
 Fratura da parte inferior da perna

 Entorse do tornozelo

 Contusão do calcanhar

 Metatarsalgia
TORNOZELO, PÉ E PARTE INFERIOR DA PERNA
LESÕES CRÔNICAS
 Canelite
 Fratura por estresse da Tíbia

 Síndrome compartimental por esforço

 Tendinite no tendão do calcâneo

 Fasciite plantar.

Você também pode gostar