Você está na página 1de 21

| 


 

 

  

 
|  

 



  


  
Ler é compreender, obter informação, aceder ao
significado do texto

A leitura é um processo interactivo entre o leitor e


o texto

Fluência de leitura = capacidade para ler rápida e


eficazmente um texto
K   

 

_ omo levar os alunos da decifração à


compreensão do texto?

_ ue estratégias de ensino explícito para


desenvolver a fluência?
þ 

 

 
þ 

 



| 

 

onhecimento Experiência
econhecimento
da língua individual
automático da palavra
de leitura

- desenvolvimento
linguístico: estrutura da - objectivos específicos de
- consciência fonológica
língua; conhecimento lexical leitura
- correspondência som/letra
- reflexão sobre a língua - conhecimento do tema
(princípio alfabético)
- estratégias de abordagem
- reconhecimento global de
do texto (auto-monitoriza-
palavras
ção da compreensão)

K   

 
þ 

 

 
Eficácia e rapidez no reconhecimento de palavras,
possibilitando uma eficiente construção de significado do
texto e expressividade (se em voz alta)

reconhecimento instantâneo de palavras


_    libertação de atenção e memória para a recuperação do
significado da frase (e do texto)

treino da expressividade

+ velocidade + compreensão + frequência de leitura + fluência


(Efeito de Mateus)

!
   
 
 

"  #

 "  

 



_ econhecimento automático da palavra


(estratégias para a consciência fonológica, para
a correspondência som/letra, princípio alfabético
e leitura ortográfica)
_ onhecimento da palavra (enriquecimento
lexical e análise da estrutura interna das
palavras)
_ Estimulação do desenvolvimento da linguagem
oral
Ò   

 

 


 

$%
 

_ Apreender o sentido do lido (no todo e nas partes)


_ Localizar a informação e seguir instruções
_ elacionar a informação obtida com a informação prévia
_ ompreender inferências
_ escobrir pelo contexto o significado de novas palavras
_ Auto-monitorizar a compreensão do lido
_ Ler autonomamente obras completas
K 
 &

   
 

 

" 

K   
 
 
 


 '

_  



_ Estabelecer um objectivo de leitura (Para que vou ler?...)


_ Activar conhecimento anterior sobre o tema (O que sei sobre
isto?)
_ Antecipar conteúdos com base no título e gravuras (O que é que
esta gravura me faz lembrar?...)
_ Filtrar o texto para encontrar chaves (ue palavras estão a
negrito ou sublinhadas? «)
K 
 &

   
 
 

 

" 

  

 
_ Prestar atenção ao que se lê
_ sar chaves contextuais e a estrutura do mesmo (É uma história?
m poema?...)
_ Ajustar a velocidade de leitura consoante a dificuldade do texto
_ Ler de novo cada parágrafo e procurar a informação nova (O que
diz aqui de novo?)
_ Adivinhar pelo contexto o significado de palavras desconhecidas
_ sar materiais de referência (dicionários, enciclopédias,...)
_ Parafrasear e tomar notas durante a leitura
_ riar uma imagem mental (ou mapa mental) do que foi lido
(exemplos nos textos)
_ intetizar à medida que se avança
K 
 &

   
 
 

 

" 

 



a) Formular questões sobre o lido e tentar responder


_ onfrontar as previsões do conteúdo com a informação do texto
_ iscutir com os colegas sobre o lido
_ eler
× 
"   
(      )

_ Ò   

  '
 *
  


 
 



_ þ 

 

  '
_ dentificação e desenvolvimento do tema central
_ omínio da estrutura: descrição; causa/efeito;
problema/solução; sequência; comparação/contraste
× 
"   
(      )

_ K  

 

 

 
   

_ Mobilização de conhecimento prévio


_ Ensino de vocabulário específico
_ Ensino de estratégias de mapeamento visual da
estrutura do texto e da relação entre as ideias
expostas
_ uestionamento com vista à construção de um
modelo mental do texto
× 
"   
(      )

Exemplo de mapeamento visual de um texto informativo com uma


estrutura descritiva (A morsa)

a morsa é um animal

pode pesar mais de 1.000 kg vive nos mares frios e gelados

pode medir mais de 4m pode viver mais de 30 anos

tem dentes caninos muito grandes

os caninos servem para se


defender, para se alimentar e para
se içar no gelo
× 
"   
(      )
!  

Onde vive a morsa? _ A morsa é um peixe ou um mamífero?


- nos países tropicais Explica porquê.
- no fundo dos lagos
- em regiões florestais frias
- em águas muito frias

_ e a morsa perdesse os dentes


O que come a morsa? caninos, que problema teria?
- algas marinhas
- gelo
- pássaros
- focas

O que faz a morsa para se içar no gelo?


- usa a cabeça
- usa os dentes caninos
- pula para cima
- grita por socorro
„ 

_ Objectivos do ensino da leitura de poesia: ³alimentar o


gosto pela sonoridade e pelo poder da linguagem´
(„" *
$)

þ 

 

 

  '
_    

  


 
_  

 

 

  
_   

 





 

_   

 
 

_   

 


    

&

_  

  &
 "+ 

„ 
K     

 

 

 

_ Escolha do poema pelo professor (com humor, „ „„, alusivo a uma data ou
tópico, com diálogos...)
_ Leitura do poema em voz alta pelo professor
_ eleitura em coro (professor/alunos)
_ Explicação de palavras desconhecidas
_ dentificação pelo professor de ³pontos chave´ (conteúdo, forma)
_ ³nterrogar´ o autor sobre o sentido do poema, o uso de repetições ou expressões...
_ ealização de actividades com base no poema (rimas, paráfrases,
sinónimos...reescrita)
_ Partilha de leitura (partes do poema por crianças diferentes)
_ Memorização do poema pelas crianças
_ ecitação
_ riação de uma ³antologia´ pessoal com os poemas preferidos por cada criança
= 
Ò  

= 

,*
  

 
  

  


 " *

 

 

 
  *

   
-
, 



, . *


"  . *

" 

  *

  ///

Ò
 " 
 .
   

 



" 
 
-

.  '

 




K
 
 + 

 

  '

 
 
  
= 
Ò  

K 

   
,
 

  
-
. 
 

 
   '

- Fichas de leitura orientada

- Guião de leitura orientada

- Projecto ³Gostar de ler´, ³abatina de leitura´...

- Ficha para leitura de obra integral ou por capítulos

- etrato das personagens principais

- A cena mais emocionante

- A personagem preferida
= 
 

$)
0

   


 

  *

 


  +


   
,
 1

)
„ 
,

 
 

"
 
 

,


(

 
 

,

 




 *



 


  )1
2)
„ 
 
  

 
 
  1

3)

 
-
 

 
 
  

  +
,
 


  *
,

 "  

 
   


  + 1

4)
Ò
 
 
" 
, 
   
 
  


. 

,
 

  

 

 
 


  *


" 


 " 
   

  /
= 
 

= 
 

" 

  

 


 

*

  


  /

Ò   
,

 '

1) ivulgar livros variados, de géneros igualmente variados;

2) Escolher com responsabilidade;

3) Evitar que os alunos leiam os livros porque têm de os apresentar ao


professor, à turma, ou de fazer uma ficha;

4) Permitir aos leitores menos competentes constatar que é possível ler


mais e gostar de ler, quando observam os dados do quadro colectivo;

5) Permitir que as sugestões de leitura sejam feitas entre iguais, a partir


de um acervo alargado previamente escolhido pelo professor.
= 
 
"  

K 

= 
 

" 

 

 


5 
,  

"  

  
"  
 

   


   *
 

 

 

   
"


 
  
5 

 /

Você também pode gostar