Você está na página 1de 22

FUNÇÃO SINTÁTICA

SUJEITO

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Sujeito
O sujeito é um grupo nominal
e é sobre ele que se diz
alguma coisa.

Concorda com o verbo.

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Sujeito simples
É constituído por
um único grupo nominal.

Exemplo:
A Margarida arruma o seu quarto.

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Sujeito composto
É constituído por
dois ou mais grupos nominais coordenados.

Exemplo:
O João, o Duarte e o Tomé brincam
juntos.
Volta e meia | Português | 5.º ano
© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
O sujeito simples
eo
sujeito composto
são sempre representados
por palavras.

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Estes  conteúdos não podem ser reproduzidos, copiados, alterados ou partilhados, no todo ou em parte, sem a autorização escrita da Raiz Editora.
FUNÇÃO SINTÁTICA

PREDICADO

Volta e meia | Português | 5.º ano


Predicado

O predicado é a função sintática


desempenhada pelo grupo verbal, pois o
seu núcleo é um verbo.

Corresponde ao que se diz sobre o


sujeito.

Volta e meia | Português | 5.º ano


O predicado pode ser
constituído por:

Verbo

Exemplos: A Mia sorriu.


O Diogo adormeceu.

Volta e meia | Português | 5.º ano


O predicado pode ser constituído por:

Verbo + complemento direto

Exemplos: A Valentina compôs uma música.


O André inventou uma máquina.

Volta e meia | Português | 5.º ano


O predicado pode ser constituído por:

Verbo + complemento indireto

Exemplos: O Eduardo respondeu ao professor.


A Inês voltou à escola.

Volta e meia | Português | 5.º ano


O predicado pode ser constituído por:

Verbo
+
complemento direto
+
complemento indireto

Exemplos: A Carolina escreveu uma carta ao pai.


O Tiago ofereceu uma rosa à Ana.

Volta e meia | Português | 5.º ano


O predicado pode ser constituído por:

Verbo
+
complemento indireto
+
complemento direto

Exemplos: O comerciante trocou-lhe o brinquedo.


O tio escondeu-lhe o telemóvel.

Volta e meia | Português | 5.º ano


Podemos, assim, concluir
que o complemento direto
e o complemento indireto, quando
existem na frase, estão incluídos no

predicado.

Volta e meia | Português | 5.º ano


FUNÇÃO SINTÁTICA

COMPLEMENTO
DIRETO

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Complemento direto

O complemento direto é
selecionado ou exigido pelo verbo.

O grupo nominal que desempenha


esta função sintática pode ser
substituído pelos pronomes
o, a, os, as.
Volta e meia | Português | 5.º ano
© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Exemplos:
A Marta liga o aparelho.
A Marta liga-o.

O André estudou a matéria.


O André estudou-a.

O avó convidou os vizinhos.


O avó convidou-os.
Volta e meia | Português | 5.º ano
© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Estes  conteúdos não podem ser reproduzidos, copiados, alterados ou partilhados, no todo ou em parte, sem a autorização escrita da Raiz Editora.
FUNÇÃO SINTÁTICA

COMPLEMENTO
INDIRETO

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Complemento indireto

O complemento indireto é
selecionado pelo verbo e introduzido
por uma preposição.

O constituinte que desempenha esta


função sintática pode ser substituído
pelos pronomes lhe, lhes.
Volta e meia | Português | 5.º ano
© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Exemplos:
O Filipe telefonou ao amigo.
O Filipe telefonou-lhe.

A Inês sorriu à Rita.


A Inês sorriu-lhe.

O Ricardo respondeu ao pai.


O Ricardo respondeu-lhe.
Volta e meia | Português | 5.º ano
© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Estes  conteúdos não podem ser reproduzidos, copiados, alterados ou partilhados, no todo ou em parte, sem a autorização escrita da Raiz Editora.
FUNÇÃO SINTÁTICA

VOCATIVO

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Vocativo
O vocativo é constituído por uma palavra
ou expressão utilizada como chamamento
ou interpelação da pessoa a quem nos
dirigimos.

É separado dos restantes constituintes da


frase através de vírgulas, podendo surgir
no início, no meio ou no fim da frase.

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Exemplos

Ó Inês, fecha a porta.

Na festa da escola, Filipe, podíamos ir


recitar um poema.

Posso ir a casa do vizinho, pai?

Volta e meia | Português | 5.º ano


© Raiz Editora, 2016. Todos os direitos reservados.
Estes  conteúdos não podem ser reproduzidos, copiados, alterados ou partilhados, no todo ou em parte, sem a autorização escrita da Raiz Editora.

Você também pode gostar