Você está na página 1de 20

m  



    

    
            
       
 m m 

m  !"  !"

 ##$% &!'()

 *+ ,- . 
/ . 0121
= 
 
K
= 


O 6     

 
  
 
 


  
 




 
    

     


 
  


O 6   

 
  



O 6   
  
 
  
 
  
    
 


 

 
 

  
 
       !
  


  

_ p 
  p p

?
 

" ?
 
#

##
#$ 
%
" &###
#  #
#
 
#  
%

  
 

" 6  
#  
# #
#  
 
%
"   
 
#'  
%
" &#  
#  
## #!  %
"      #   %

(
#? 

"   

_
 

3'3'!"4
(#
- 05 sujeitos do sexo feminino;
- Idade de 20 a 32 anos;
- Solteiras ;
- Residem em Aracaju;

'(#
- Entrevista semi-estruturada com 19 perguntas;
- Gravador;
- Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE).

5! # #


- Análise de Conteúdo;
_ &  ##)  # #
 

Entrevistadas Idade Grau de Instrução Religião Estado Civil

P1 32 Superior Completo Espírita Solteira

P2 24 Superior Completo ³ Acredito em Deus´ Solteira

P3 31 Superior Incompleto Católica Solteira

P4 24 Superior Completo Católica Solteira

P5 20 Superior Incompleto ³ Não tenho´ Solteira

&
    

  


 
 
  



    $ 
  
 

    

  
 
       

 $ 
   
 *    
  

 
   
 
     
 
 
    


_ * 

         




 ! "  
     + 
 

  

 

   
   !  

_ ,     


 

    $ 

   
    


 
 
 

  
 *
   

 
 
  
        

   
    
   
 
_ Todas as entrevistadas, afirma se sentirem
homossexuais desde a infância, mesmo as que
mantiveram relacionamento com o sexo oposto, o que
dá força ao argumento que a homossexualidade é
constituída pelas instancias bio-psico-social.

Ú 
             
   

Ú     !" #$   $


     

Ú%&        !$ !   


 

_ Devemos entender essas identidades como socialmente


construídas e mantidas através de um grande processo
social.
_ =    -  
  !  !  



    
      

 
    
   .
 
/   
 
  
  
 


  


 
 
 ë & 

   

0 
        
 
  


Ú ' # (      )#  $      !  #   *#


$    +  ! ( #   

Ú% ' # (      )#  #  !        # *


(      +  #     $  ,  # - ." 
  /#  ( - 0   (      !
        1! 2       /!#" 
3          !  (  "#   !   
! # 
_ âuando questionadas sobre um possível receio de
serem descobertas enquanto homossexuais, o discurso
produzido por algumas é de que, uma revelada essa
homossexualidade as pessoas passariam a olhá-las não
como µpessoas¶, mas somente na perspectiva de sua
sexualidade enquanto homossexuais.

Ú  !    (  "#+    ' +  $    /  
!   # (    4 +   # !  # 
!  # #     #  ! ( #  !  

K Segundo Wolff (1973), a lésbica vive entre a simulação mágica do


amor romântico na vida particular e a tensão nervosa do fingimento
constante na vida.
_ As homossexuais são movidas a emoção, apresentam
uma intensa imaginação e anseiam o amor romântico de
uma forma mais ardorosa que as demais pessoas. Ao
indagarmos sobre o que mais atrai em mulheres e o que
elas esperam encontrar µnelas¶, a maioria respondeu que
a sensibilidade, companheirismo, respeito e amor.

Ú ' 5     +   !  !      !  #+# !  !#


     )"   ! +  !      ! 
     $   

Ú6      !  

Ú% ' , $#
_ Em relação aos conflitos e as mudanças após a
descoberta da homossexualidade, as entrevistadas
mostram em seu discurso muitos conflitos e receios.

Ú    
    !      7   
 #     ! )# !     !     )#  
!       " 3     $      (   
       " $            #  
 #+    !

Ú6  %   #            ( ) !   


*     "   !  + Ú !     +
    (      ""  +   

Ú8    "+           #      !


 '            /  # "    $ 
  
_ A maioria afirma que freqüentaram ambientes GLS e
trazem um sentimento muito próximo da satisfação ao
relatarem o que sentiram.

Ú, 5     '# !)  "#   3$    


  !"- !  # (  #!"+  #+ 
" 0     

Ú6,     (!0  ( 


_ âuanto à primeira relação sexual com mulheres, todas afirmaram que
se sentem completamente realizadas, embora algumas tenham
sentido receio na primeira relação. As homossexuais femininas
buscam uma mistura de afetividade, com intimidade sensual.

Ú 3  ! (/!-     $ 3#" /


   !  ( " + !!494&'
  !! : * "0 $    #  ;#
'!  

Ú,     $#(     54  $! 


  3      !0      ! "  
   #   # :    + 

Ú69   !0           0 !#"  


 

Ú%<  ( *0 !#! "0   #   




Ú83    ="0      #!    > "-


# $$5*  3 $  ;# #
?!  !
_ amor lésbico é bastante instável, as homossexuais femininas
sentem medo de serem descobertas como homossexuais , sentem
receio que sua sexualidade venha a atrapalhar sua posição social,
algumas inclusive, chegam a namorar homens para que sua opção
não seja descoberta. Apesar de sentirem medo quanto à descoberta
de sua orientação sexual nenhuma das entrevistadas relatou ter
sofrido algum tipo de discriminação.

Ú64(

Ú%@ $ (5

Ú84(   
_ Em relação a Deus e a homossexualidade a maioria é
bem taxativa a dizer que não acreditam que ele julgue
que o µamor¶ seja pecado, apenas uma das
entrevistadas disse não acreditar em sua existência.

Ú A    #0  !   /

ÚÚ+ )# Ú A /+ #"!0


#+    # #+ ! (! # B!# (
 ! #      !0  !
# ! $##   ! 

Ú6@  (!

Ú%'A   #"$)    $ #  


  -   (   ( /#
_ âuando indagadas sobre o que seria o amor entre mulheres
para cada uma, todas trazem em suas falas palavras que
expressão o quanto da ideologia romântica feminina
permeiam essas relações homossexuais femininas.

Ú C 54  0 $ 

Ú'#+ $# 9      !  #"0     

Ú6'  (  / #         #

Ú%D        +#  !   !  #

Ú8'   # "- $! +    


# # /#
_ Todas afirmam que se sentem felizes.

Ú, !   #  

Ú%&  #+  #0   ! # $"


  +     /#!#   !  
 )#

Ú8A  5'#  +    


      

_ No entanto, algumas dizem que se pudessem


mudariam sua orientação sexual, quer seja pela família,
quer seja pelo receio de ser discriminada.

Ú  #-  ,  '!  !#  ! (     ! 


!!  +

Ú% ,  !  ! #     ! ( /#  # 


  (   $    ! !!   ! )"
1 $ 2   
_ 

" , 


   

 
  

   
  
  
    
" ?   

  



 
 
 
     & 

 
 - 
  
 

 

 
 
   
  -
 

  


  

" 1 
  
 
   
   "   

       
  
-  
$

  


  
   
  
   
     


 



  
  
      

  
 
   
  

.    
6 7