Você está na página 1de 17

m 

Thiagoelias_historia@hotmail.com
Ê
 


` enínsula Itálica
ré--história=povos: úmbríos, latinos,
` ré
samnitas.
` osteriormente: etruscos (sul), italiotas
(2000 a.C, centro e norte) e gregos
(magna Grécia:sul).
`
x 


` monarquia (735-
(735-509 a.C)
` República (509-
(509-27a.C)
` Império (27 a.C
a.C-- 476 d.C)
2 
  

` 2rigem lendária: Rômulo e Remo


` Rômulo: 1º rei de sete reis (4 latinos e
sabinos; 3 etruscos)
` 509 a.C: Tarquínio, o soberbo: último rei.
` Latinos fundam a aldeia Roma.
` Etruscos consolidam como cidade.
0   

` ÿomínio Etrusco sobre os italiotas.


` monarquia: rei (militar, religioso e juiz),
senado e assembléia curial.
` Sete reis: Rômulo, Numa ompílio, Túlio
Hostílio, Anco márcio, Tarquínio risco,
Sérvio Túlio e Tarquínio o soberbo.
` Senado: velhos, famílias (gens):
promover leis e fiscalizar ações do rei.
` Assembléia Curial: cidadãos (cúrias: dez
clãs): soldados: eleger altos funcionários,
aprovar e rejeitar leis.
` Família: base: patriarcal
` Agregados: clientes
` Elite: poder político
` Crescimento econômico e político
` Revolta da plebe
2 

` lebeus sem direitos: marginalizados
` Séc. V a.C: conflitos entre plebeus e
patrícios/ oligarquia
` Ultimo rei etrusco derrubado: no poder
senado e dois cônsules (eleitos pela
assembléia centuriata).
` rimeiros tempos: patrícios, plebeus,
clientes e escravos.
` Senado vitalício: preparar leis e exército.
` retores: justiça.
` Edis: política urbana
` Censores: censo da população
` Questores: cobrança de impostos
` Tribuno da plebe (494 a.C): poder de
veto
` Revolta do monte Sagrado: plebeus
explorados.
` 450 a.C: lei das doze tábuas: base do
direito civil moderno
` Lei Canuléia (445 a.C): casamento entre
patrícios e plebeus
` Lei Licínia (367 a.C): proibição da
escravidão por dívidas, acesso ao
consulado
` Lei 2gúlnia (300 a.C): igualdade religiosa
` Lei Hortência (287 a.C): plebiscito
` Não beneficiaram a todos: incorporação
da classe rica plebéia: Nobiles
` Escravidão aumenta com a expansão
territorial: guerras e dívidas
` Lei Lícinia: restrita aos romanos
` Venda de escravos
` Escravo rural, vida mais penosa
` Rebeliões: Revolta de Espártaco (73
a.C)
 0
` Séc. IV a.C: anexo das demais cidades
latinas.
` Spartacus: Revolta escrava
` As Guerras únicas: Roma X Cartago
` Confrontos pelo mediterrâneo
` 1ª Guerra única (264 ± 241 a.C): vitória
romana: anexo de Córsega, Sicília e
Sardenha
` 2ª Guerra única (218 ± 202 a.C):
domínio romano sobre Espanha: derrota
de Aníbal
x  
  

 


` Estilo de vida mais luxuoso e requintado.
` Interesse pela profissionalização militar.
` Ricos nobres donos de terras
x
0

` Incapacidade de administrar o imenso
território.
` Crise econômica e social
` Lutas entre partidos e facções políticas
` Tibério Graco: reforma agrária (133 a.C)
` Caio Graco: apoio a assembléia popular
` As ditaduras militares: generais
vitoriosos
` mário (Cônsul da República-
República-chefe do
artido opular) X Sila (representante do
Senado).
` Sila torna-
torna-se ditador: limitou o tribuno da
plebe
` Tentativa de Revolta lebéia
2


` ompeu, Crasso e Julio César: acordo
(60 a.C)
` Crasso morreu (53 a.C): disputa pelo
poder
` Guerra Civil vencida por César:
tendência a monarquia
` Leis atingem a aristocracia
` Assassinato de César
` Cássio e Brutus tentaram tomar o poder:
marco António impede
2


` marco António (2riente), Lépido (África)
e 2távio (2cidente).
` Lépido é afastado/ marco António alia
alia--se
a Cleópatra
` Batalha Naval de Cio (31 a.C): ÿerrota
de marco António