Você está na página 1de 13

Segurança no trabalho - Silos

Espaço confinado NR 33
• Qualquer área ou ambiente projetado para a não ocupação do
homem de forma contínua, possuindo limites para entrada e saída,
ventilação insuficiente e deficiência ou enriquecimento de oxigênio.
Diferença entre perigo e risco
• Risco - Sinônimo de trabalhar em um local em que há exposição de
agentes (físicos, químicos e biológicos) nocivos.

• previamente catalogados e mensurados  medidas de segurança

• Situações que até então são desconhecidas/negligenciadas


Causa Efeito
• Análise de risco (APR) Acidentes de trabalho
Risco de acidentes em silos
• 1 - explosões;
• 2 - problemas ergonômicos;
• 3 - lesões do trato respiratório (poeiras) e do globo ocular;
• 4 - riscos físicos (ruído, iluminação, umidade, vibrações, etc.); e.
• 5 - acidentes em geral (quedas, sufocamento, soterramento.).
1- Explosão

• Gases da estocagem e conservação do silo  Inflamáveis  Fontes


de calor ou cargas eletrostáticas
• Canalização do gás produzido
• Proibição do uso de objetos eletrônicos e fontes de calor 
Práticas para evitar explosão
1- proceder à limpeza frequente do local;
2 - evitar fontes de ignição (solda, fumo, etc.);
3 - manutenção periódica dos equipamentos;
4 - peças girantes devem trabalhar sem pó;
5 - instalar bom sistema de aterramento (eletricidade estática);
6 -nunca varrer o armazém; usar o aspirador de pó;
7 - equipar elevadores, balanças e coletores de alívios contra pressões;
8 - usar sistemas corta-fogo em dutos de transporte, e outros;
9 - cuidados com ventiladores e peças girantes (faíscas); e
10 - manter umidade do local => 50% (ambiente sêco é explosivo).
2- Problema ergonômicos
• Associados às reduzidas dimensões do acesso ao espaço confinado e
ao transporte de grãos ensacados:
•   portinhola de acesso;
•   agressões à coluna vertebral;
•   lombalgias;
•   torções; e
•   esmagamento de discos da vértebra.
 3- Intoxicação
• Alta concentração de gases tóxicos
• Poeira
• intoxicação, às doenças pulmonares.
• Gases de fulmigantes
• Utilização de respiradores e mascaras, óculos
• silicose ou o empedramento dos pulmões
4 – Riscos físicos
• Falta de aterramento de motores,
• uso de lâmpadas inadequadas
• Eletricidade estática.
4-Soterramento
• Locomoção de colaboradores sobre a pilha de insumos 
movimentações repentinas

• Não entrar sozinho num silo;


• Usar equipamento de descida;
• Ter permissão prévia do seu superior;
• Verificar se há gases e poeiras perigosas;
5 – Outros riscos físicos e Insalubridade térmica
• Exposição a ambientes com altas/baixas temperaturas
• Uso de Equipamento de proteção individual
• Os EPI's recomendados são:
a) protetores auriculares;
b) óculos ray-ban (para raios ultravioletas) nas fornalhas à lenha; e
c) capacete de segurança.
Outros equipamentos de segurança
EPI EPC
• Capacete com jugular • Ventilador/insuflador de ar
• Luvas (PVC ou raspa) • Rádio para comunicação
• Trava-quedas e acessórios • Tripé
• Botas de segurança • Detector de gases e/ou poeiras
• Óculos de segurança • Lanternas apropriadas
• Sistema autônomo com peça
facial
Instrumentação:
• Detector de gases
• Cromatógrafo
• Explosímetro
Considerações finais
• Treinamentos
• Uso correto de EPI, EPC
• Manutenção dos silos
• medidas de segurança jamais devem ser encaradas como custos ou
gastos desnecessários