Você está na página 1de 18

MWENHO, é uma designação em língua nacional Kimbundo, que em português

Projecto Comunitário de Prevenção ao VIH-SIDA

Organização Implementadora: MWENHO

MWENHO: é uma Associação de mulheres vivendo com VIH e Sida, Não Governamental, filantrópica e sem fins lucrativos. Foi criada a 04 de Agosto de 2004, por iniciativa de um grupo de mulheres sero positivas, sob a iniciativa da Rede Mulher Angola e Acção Humana. Está legalizada pelo Estado Angolano, desde 26 de Janeiro de 2012.

significa “Vida”, e tem a seguinte missão:

“Promover os direitos humanos, e contribuir na melhoria da assistência médica e


medicamentosa das mulheres, sobretudo das jovens infectadas e afectadas pelo
VIH e SIDA, através de projectos de mobilização social, advogacia e reforço de
capacidades.
Objectivos centrais do projecto:

1.Conhecer e avaliar Quali-Quantitativamente as gestantes com VIH+utentes dos centros de saúde referenciados que administram
antiretrovirais para reduzir o risco de transmissão de mãe para filho.
2. Conhecer e avaliar o estado dos adultos e crianças com VIH + dos centros de saúde referenciados que administram antiretrovirais.

O projecto tem outros objetivos específicos baseados em serviços de prevenção de Transmissão Vertical a
partir da comunidade e de encaminhamento para serviços de PTV, Aconselhamentos em SSR, bem
como de apoio de mobilização e sensibilização através do IEC-Informação, Educação e Comunicação.

Principais Resultados do Projecto (Em função das Metas padrão e de indicadores selecionados )
Indicadores Metas Alcançados Percentagem ( %)
1.5 Nº de mulheres grávidas VIH+ iden-
tificadas na comunidade------------------------- 233------------------------ 153-----------------------65,6 %
1.6 Nº de mulheres grávidas VIH +
seguidos e em acompanhamento
na comunidade.------------------------------------420---------------------------153-------------------------36,4%
Indicadores Pacientes VIH Positivo

 Beneficiários Directos: Mulheres grávidas e PVH +Crianças filhos e


expostas a situação de infeção
 Beneficiários Indirectos: Pessoas expostas na comunidade
 Duração do Projecto: Fase inicial ( 6 meses)
 Inicio: Novembro de 2020
 Fim:Maio de 2021 (previsão)
Ordem Nome Funçao Local de Intervençao

1 Rosa Coordenadora
2 Joaquim Assistente Adm Fin Sede
3 Laurinda Pinto Assistente Monitoria e ....
Avaliaçao

4 Jurelma Buila Ass.Adj.Projetos C. Samba


NB Colaboradores
1 Maria Imaculada Activista Social Capipa
2 Ulicia Cecilia Cinquenta Activista Social Benfica

3 Justino Sachiela Activista Social Benfica..Capipa

4 Serafina Fançony Bernardo Activista Social Alegria

5 Helena Pinto Voluntario Gitatorio

6 Elizabeth Cunha Voluntario Gitatorio


Indicadores Pacientes VIH Positivo

 Indicadores Metas Alcançado Percentagem


1.1Número de mulheres grávidas VIH+

identificadas na comunidade 233 153 65,6%


 _________________________________________________________

1.2 Número de mulheres grávidas VIH+

seguidos e em acompanhamento 420 153 36,4%

na comunidade
Indicadores Metas Alcançados Percentagem

210 51 24,2%
________________________________________________
1.3 Número de mulheres grávidas VIH+

alcançadas com um rastreio sindrómico de TB 140 153 24,2 %

_________________________________________________________

1.4 Número de mulheres grávidas VIH+

com sinais e sintomas de TB referenciada

a consulta numa Unidade de Diagnóstico. 53 22 41,5%


 

Indicadores Meta Alcançado Percentagem


1.7 Número de crianças expostas referenciadas e
que entraram em cuidado nas Unidades Sanitrias 113 31 27,4%
 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________

1.8 Número de pessoas VIH+ identificadas na 47 23 48,9%


comunidade através do caso indice
Indicadores Pacientes VIH Positivo

Indicadores Metas Alcançado Percentagem


1.9 Número de pacientes VIH+

referenciados e que iniciaram 42 59 140%

TARV na Unidade Sanitária

_______________________________________________________

1.10 Número de contactos do caso índice

VIH+ alcançadas com um

rastreio sindrómico de TB 47 17 36,1%


Indicadores Meta Alcançado Percentagem

11. Número de contactos do caso índice VIH+

com sinais e sintomas de TB referenciados

a uma unidade de diagnóstico 18 7 38,8 %

____________________________________________________________

11.1 Número de contactos do caso índice

co-infetados com (VIH+TB) que

iniciaram o tratamento na Unidade Sanitária 2 3 150%


Indicadores Pacientes VIH Positivo

Indicadores
 Número de pacientes seguidos e em acompanhamento na comunidade

Metas Alcançado
Percentagem
11.2 Número de pacientes seguidos e em
acompanhamento na comunidade 304 534 175,6%
_____________________________________________________________

11.3 Número de crianças expostas seguidas


na comunidade 306 231 75,4%
• Indicadores Pacientes VIH Positivo

Indicadores Metas Alcançad Percentagem

2.Número de Activistas treinados e envolvidos


no fornecimento de serviços a base comunitária 8 8 100%
Material de IEC
Indicadores Meta Alcançado Percentagem
Material de IEC distribuido 461 1061 230,1%

2.1.Número de pessoas sensibilizadas


sobre a prevenção da Covid 257 892 347,0%
Indicadores Pacientes VIH Positivo

Indicadores Metas Alcançado


Percentagem

2.2 Números de preservativos e

lubrificantes distribuídos 4500 7500 166,6%


Indicadores Pacientes VIH Positivo
Indicadores Meta Alcançado Percentagem
3 4 133
Número de reuniões de advocacia
realizadas com líderes comunitários
, grupos religiosos, ONGs, autoridades
tradicionais, Unidades Sanitárias, autoridades

locais incluindo os Comités locais de VIH/SIDA


Indicadores Pacientes VIH Positivo

Indicadores Metas Alcançado Percentagem


Número de sessões de IEC sobre

PTV realizadas na comunidade

incluindo durante as consultas prenatais. 10 192 1920%

___________________________________

Número visitasdomiciliares conduzida

por activistas, à mulheres grávidas VIH+ 839 43 5,1%


Pontos fortes, Pontos fracos,=portunidades e Constrangimentos do
Projecto

Pontos fortes Oportunidades


Activistas sociais são jovens e alguns residem nas àreas de Existencia de centros que recomendam a
intervenção do projecto onde estão os Centros sanitários de presenca de mais ténicos sociais
referência
Maioria dos integrantes do projecto são pessoas vivendo
com HIV +
Resgate de alguns casos dos pacientes que haviam  
abandonado o tratamento nas unidades sanitárias de
referencias
Advogacia junto INLS para atribuicao de medicamentos...  

   
Pontos fracos Ameaaças/Constrangimentos
Rotura de materiais e medicamentos para apoiar os técnicos  Paragem do projecto (temporario ou
e os sujeito de pesquisa permanente)
Transporte indisponiveis para levar e distribuir os  Dificuldades de financiamentos
medicamentos e outros meios sanitarios.
Indicadores Pacientes VIH Positivo

 Principais dificuldades
Rotura de cartões para grávidas (1ª vez) e de processo individual
Rotura de stocks de medicamentos para recém nascidos
Longas distâncias a percorrer de casa para os Centros de referência
Deficiente organização dos stock de medicamentos de linhagem para as crianças
Não haver psicólogo ou Assistente social para aconselhamentos de especialidade
Impasses iniciais de aceitarem activistas sociais desenvolverem acções no Centro
de Saúde da Samba
Demora e excessiva burocracia no atendimento dos pacientes
 Poucos técnicos na area doVIH
 
Indicadores Pacientes VIH Positivo

 Local de Implementação: Provincia de Luanda


 Centro de saude Capipa---Rocha Pinto
 Centro Materno-Infantil do Benfica
 Centro Materno-Infantil Kifica/Areal
 Centro Materno-Infantil da Samba

 Centro de saúde de Alegria/Rocha Parque


Muito obrigado

Você também pode gostar