Você está na página 1de 1

Programa de Volta pra Casa: Os benefícios

dos usuários desse programa. Uma


revisão bibliográfica

GONCALVES, Adriana de Fatima Duarte


DOS SANTOS, Alcione Chaves
ZANELLA, Renata

INTRODUÇÃO um dos principais objetivos do programa é o de


diminuição dos leitos psiquiátricos, como também o de
A partir da experiência de reforma psiquiátrica na fortalecer a redes de atenção à pacientes com
Itália conduzida por Franco Basaglia, que transtornos mentais, incentivar os centros de atenção
criticava a tradicional da cultura médica da psicossociais, e os serviços de residências
época, onde transformava o indivíduo e seu terapêuticas, estimulando assim a assistência extra-
corpo em meros objetos de intervenção clínica hospitalar, inserindo o usuário na sociedade, provendo
chamou a atenção para a necessidade da a eles o direito de inclusão e amparo social para esse
realização de ações de desinstitucionalização novo começo. Ao ser inserido o usuário recebe uma
para aqueles que estão há muito tempo asilados quantia mensal no valor de R$ 412,00 que pode ser
(Guerrero, 2019). Para além da recebida pelo próprio portador no período de um ano,
desospitalização, a desinstitucionalização existindo a possibilidade desse valor ser renovado se o
implica mudanças nas relações da sociedade
com a loucura, a partir da reabilitação paciente apresente falta de condições de se manter
psicossocial e da busca na garantia de direitos, ainda na sociedade (Brasil, 2003).
as demandas das pessoas com sofrimento Portanto, o Programa de Volta pra Casa, é um
psíquico (Amarante, 1996). benefício monetário, um auxílio- reabilitação para
No Brasil com a Reforma Psiquiátrica, para assistência, acompanhamento e integração social, fora
Guerreiro (2019), observou-se a necessidade de da unidade hospitalar (Brasil, 2003).
uma especial atenção para com as pessoas que
viveram situação de sofrimento psíquico crônico
e perderam laços sociais importantes devido ao CONSIDERAÇÕES FINAIS
longo período de internação. Há então a
necessidade de articulação da Política Nacional Podemos observar ao longo do texto que a partir da
de Saúde Mental juntamente com outros setores Reforma Psiquiátrica no Brasil, houve a necessidade de
do governo, buscando assim, a incorporação de achar alternativas de reinserção dos pacientes na
ações sociais que visem garantir a integralidade comunidade e no ambiente familiar, pois após um longo
do cuidado em liberdade. período de internação em um Hospital Psiquiátrico,
Inaugurado através da Lei 10.708 de 2003, o
esse paciente necessita além de um atendimento
Programa de Volta pra Casa (PVC) faz parte do
processo de Reforma Psiquiátrica e objetiva - se multidisciplinar, um suporte financeiro que permita a ele
à restituição do direito de morar e conviver em a possibilidade de autonomia, como também restituição
liberdade nos territórios e também promover a da sua moral.
autonomia e o protagonismo do usuário O PVC vem de encontro para o atendimento dessas
(Brasil,2003). necessidades, pois ao mesmo tempo em que visa a
Portando, assume o papel central nos processos ressocialização do usuário, o programa traz a ele uma
de desinstitucionalização e reabilitação liberdade financeira, possibilitando a reinserção social e
psicossocial das pessoas com história de econômica do usuário, a partir de um recurso financeiro
internação de longa permanência, conforme específico e nominal ao beneficiário do programa,
indicado pela Lei 10.2016 de 2001, a Lei da
tornando assim o PVC em uma inovadora ferramenta
Reforma Psiquiátrica que visa reduzir de forma
progressiva os leitos psiquiátricos, qualificando e de proteção e apoio social.
fortalecendo a rede extra-hospitalar, com os
Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), REFERÊNCIAS
Serviços Residenciais Terapêuticos (SRTs) e
leitos de saúde mental em Hospitais Gerais – e 1. AMARANTE, P. O homem e a serpente: outras
incluir as ações da saúde mental na Atenção histórias para a loucura e a psiquiatria. Rio de
Básica (Brasil, 2003). Janeiro: Fiocruz, 1996
2. BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção
à Saúde. Departamento de Ações Programáticas
DESENVOLVIMENTO Estratégicas. Manual do Programa “De Volta para
Casa”. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à
O Programa de Volta pra Casa, vem de encontro Saúde, Departamento de Ações Programáticas
com as recomendações da Organização Pan - Estratégicas. Brasília: Ministério da Saúde, 2003.
Americana de Saúde (OPAS) e a Organização 3. GUERRERO, André Vinicius Pires et al. O Programa
Mundial da Saúde (OMS) para a área de saúde de Volta para Casa na vida cotidiana dos seus
mental, esta estratégia visa reverter de forma
beneficiários. Saúde e Sociedade [online]. 2019, v. 28,
gradativa o modelo de atenção que centrava-se
na internação em hospitais especializados por n. 3 [Acessado 7 Outubro 2021], pp. 11-20. Disponível
um modelo de atenção que baseia-se na em: <https://doi.org/10.1590/S01012902019190435>.
atenção comunitária e diária, visando promover Epub 07 Out 2019. ISSN 1984-0470.
a inserção do indivíduo a sociedade, dando a 4.Http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/
ele condições para retomar sua vida, progvoltaparacasa.pdf.Acesso em 06/10/2021
incentivando uma rede ampla de assistência e às15h45min.
de cuidado. Foi Instituído pelo Ministério da 5.http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/
Saúde com intuito de atender os pacientes com ManualPVC. pdf. Acesso em 06/10/2021 às 16h14min.
transtornos mentais desprovidos 6.Http://pvc.datasus.gov.br/. Acesso em 06/10/2021 às
financeiramente, proporcionando a eles amparo
15h49min.
social, acompanhamento multiprofissional
auxiliando na recuperação do quadro clínico 7.Http://www.scielo.br/j/sausoc/a/
(Brasil, 2003). CvnpndWw4qTTkBqZZxMCrP/?lanq=pt. Acesso em
Para ser inserido no programa o usuário deve ter 07/10/2021 às 17h45min.
permanecido de dois anos ou mais interruptos
internados em hospitais psiquiátricos pelo SUS,

Você também pode gostar