Você está na página 1de 16

Língua Portuguesa

EJA III

AULA Nº 008

TEMA: Variedades urbanas de


prestígio e preconceito linguístico.
Profª Edivânia H. Nunes
Na aula passada...

• Aprendemos que a língua portuguesa, como todas as


línguas do mundo, não se apresenta de maneira uniforme
em todo o território brasileiro e que diversos fatores,
como região, faixa etária, classe social e profissão,
são responsáveis pela variação da língua.
c
DESAFIO DA HORA

01. Veja o anúncio do creme dental divulgado nos


anos 1940. Ele exemplifica a variação histórica
da língua, ou seja, as mudanças que ocorreram
com o passar do tempo. Identifique no anúncio as
palavras que antigamente eram escritas de
maneira diferente da de hoje e atualize-as.

DENTIFRÍCIO
SECCA: SECA
Fonte: Google imagem.

CENTÍMETRO
Objetivos da aula:

• Refletir e compreender a norma-padrão, as


variedades da língua e o preconceito linguístico;

• Valorizar as diferenças culturais e linguísticas;

• Usar a linguagem com autonomia e sem


preconceitos.
Vamos conversar...

VARIEDADES URBANAS DE
PRESTÍGIO

PRECONCEITO LINGUÍSTICO

 HISTÓRICA;
 REGIONAL / GEOGRÁFICA;
 SOCIAL.
Você já usou alguma dessas figurinhas?

Fonte: WhatsApp.
O que é preconceito linguístico?

Disponível em: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2021/10/19/ Acesso em:


02/02/2022
Disponível em: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2021/10/19/ Acesso em:
02/02/2022
O preconceito linguístico é, segundo o
professor, linguista e filólogo Marcos
Bagno, todo juízo de valor negativo (de
reprovação, de repulsa ou mesmo de
desrespeito) às variedades linguísticas de
menor prestígio social.
• Preconceito socioeconômico
• Preconceito cultural
• Preconceito regional
• Racismo
• Homofobia
Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/portugues/preconceito-linguistico.htm Acesso em 02/02/2022
As variedades urbanas de prestígio

Variedades linguísticas empregadas


pelas pessoas que usufruem de maior
prestígio cultural e social.
Como adequar as variedades urbanas de
prestígio e a variedade linguística?

CONTEXTO
Fonte: Google imagem.

Formalidade e informalidade
E agora? Será que vale tudo?

...a língua é como um grande


guarda-roupa, onde é possível
encontrar todo tipo de vestimenta.
Ninguém vai só de maiô fazer
compras num shopping-center, nem
vai entrar na praia, num dia de sol
quente, usando terno de lã, chapéu
de feltro e luvas...
BAGNO, 2002, 118.
DESAFIO DA HORA

01. Leia o relato de Cristiane, cuidadora que sofreu preconceito


por fazer uso inadequado da Língua Portuguesa, quanto à
situação comunicativa.
"Eu me senti muito mal. É muito triste pensar que existem pessoas
assim, principalmente trabalhando com idosos. Fiquei chateada,
porque não sou uma pessoa do mal. Fiz o curso, estou
procurando emprego e batalhando por isso. Eu errei, alguns deles
foram o corretor e não consegui arrumar. Foi sem querer", relata
Cristiane. Disponível em: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2021/10/19/ Acesso em:
02/02/2022

a. Por que eu preciso estudar e aprender as variedades urbanas


de prestígio e respeitar quem não segue essa variação
linguística?
Na aula de hoje...

• Refletimos sobre a norma-padrão, as variações


da língua e o preconceito linguístico;
• Compreendemos a importância de valorizar as
diferenças culturais e linguísticas.
Referências
BAGNO, Marcos. Preconceito Linguístico: o que é, como se faz. São Paulo: edições Loyola, 2002. 
BAKHTIN, M. M. A Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BECHARA, E. Gramática escolar da língua portuguesa. – 1ª ed. –Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: linguagens, coleção ensino fundamental/ anos finais : língua portuguesa.

DIONÍSIO, A. P.; VASCONCELOS, L. J. de. Multimodalidade, gênero textual e leitura. In: BUNZEN, Clécio; MENDONÇA, Márcia. (Orgs.). Múltiplas
linguagens para o ensino médio - São Paulo: Parábola Editorial, 2013.

GERALDI, João Wanderley. O texto na sala de aula. João Wanderley Geraldi (Org.). 1. ed. São Paulo: Anglo, 2012
.
KOCH, Ingedore; CAVALCANTE, Mônica Magalhães; BENTES, Anna Christina. Intertextualidade: diálogos possíveis. São Paulo: Cortez, 2007.

NOGUEIRA, Everaldo. Coleção Geração alfa língua portuguesa: ensino fundamental: anos finais / Everaldo Nogueira, Greta Marchetti, maria
Virgínia Scopacasa; organização SM editora; obra coletiva; desenvolvida e produzida por SM educação. Editora responsável: Andressa Munique
Paiva. – 2ª ed. – São Paulo: Edições SM, 2018.

ORMUNDO, Wilton. Se liga língua: leitura, produção de texto e linguagem: manual do professor / Wilton Ormundo, Cristiane Siniscalchi. -1º ed. –
São Paulo: Moderna, 2018.

PEREZ, Luana Castro Alves. "Gírias"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/girias.htm. Acesso em 31 de janeiro de 2022.

Imagens do Google.
Sites Consultados
http://www.tribunadainternet.com.br/entre-o-tragico-e-o-comico-a-familia-ainda-e-fundamental/
Obrigada!

Você também pode gostar