Você está na página 1de 9

Política de crédito

Função da política de crédito


 concessão de crédito para estimular o volume de
vendas.
 Definir critério para concessão de um crédito
comercial.
 Definir responsabilidades específicas de venda e
crédito.
 Definir procedimentos e diretrizes de cobrança.
 suspensão de crédito de contas de cliente quando
existir título vencido, para controlar perda por
exposição ao risco.
Porque política de crédito no sector agrário?

 A actividade agrícola se desenvolve num ambiente repleto de riscos e


incertezas que podem comprometer seu desempenho econômico
decorrentes de problemas climáticos e sanitários, e de preço.
 Além desses, existem, ainda, os riscos comuns a todas as actividades
produtivas, como, por exemplo, o tecnológico, o institucional e os devidos
a oscilações na demanda. Essas condições podem afetar
significativamente a rentabilidade do produtor rural e,
consequentemente, a oferta de produtos agrícolas, tornando necessária a
acção do governo no sector agrário, por meio de políticas públicas.
Abordagem da antiga e nova política dos mercados
financeiros rurais

Objectivo da velha politica de crédito


 Ajudar os países em desenvolvimento entre as décadas 50 e 60.

 Dar enfase na agricultura comercial e quebrar o ciclo vicioso.

 Dotar os pequenos agricultores de capitais próprios.

 Quebrar a exploração e monopólio de credores particulares.

 Potenciar a produção com novas tecnologias

 Contornar a limitante de garantias e informações das instituições


formais.
 Fornecer crédito de curto prazo aos agricultores pequenos.
Objectivos da nova política de crédito

 Criação de um sistema financeiro rural


autossustentável.

 Prossecução de vários de velhos objectivos


especialmente os relacionados com os pequenos
agricultores e pobres rurais.
Instrumentos da nova política da nova política de crédito

 Mobilização de poupança para reduzir a


dependência de fundos externos.
 Taxas de juros de empréstimos suficientes para
cobrir a taxa de juro paga aos aforradores.
 Recuperação de crédito através da disciplina de
recuperação.
 
Problemas dos mercados financeiros rurais dos países
em desenvolvimento
 Tornam o investimento arriscado e onerosos
devido a grande dispersão geográfica dos
clientes tornando os serviços dispendiosos,
dificulta a informação sobre potenciais
devedores.
 Tendências de todos solicitarem empréstimos
ao mesmo tempo e poupar ao mesmo tempo.
 Escassez de bens o que inviabiliza a segurança
de empréstimos por meio de garantias.
Papel do governo
Encaminhar recursos públicos politica que
geram inovação institucionais no sector
financeiro rural que reduzem o custo de
financiamento de serviços que melhoram a
eficiência e a sustentabilidade a longo prazo
de programas de financiamento rural e que
sejam eventualmente adoptadas por
instituições do sector privado para fornecerem
com lucro serviços financeiros com pobres.

Você também pode gostar