Você está na página 1de 37

O Azulejo

em Portugal
Azulejos hispano-mouriscos, Barro
vidrado, Século XVI (1.ª metade)
Pa lá cio N a cio n a ld e S in tra  
Azulejos alicatados: Sala das Sereias e
Sala Árabe
Azulejaria de Sevilha
Palácio Nacional de Sintra
Pormenores do pavimento
Palácio Nacional de
Sintra
Pormenores do
pavimento: Quarto de
Dom Afonso VI
Azulejos de corda-
seca
 Azulejos de aresta
Retábulo de Nossa Senhora da Vida,
Majólica Policromada,
Museu Nacional do Azulejo
Igreja de S. Roque em Lisboa
Azulejo de Caixilho,
Igreja de Marvila,
Santarém
Azulejo de tapete,
Sobral de Monte
Agraço, Igreja de S.
Quintino
Frontal de altar,
Convento do Buçaco
Azulejo Historiado
Lisboa,
Igreja de S. Vicente de Fora
Azulejo,
Igreja de S Julião,
em Mafra, 1805.
Azulejaria Romântica e Industrial
Séc. XIX e XX
Estações de Caminhos de Ferro
de Aveiro e de Castelo de Vide,
Mercado de Vila Franca de Xira d
Estação de São Bento, no Porto
Paolo Ferreira
Nossa Senhora com o Menino,
Jorge Barradas
Azulejos relevados com gafanhotos, Rafael Bordalo Pinheiro
Rafael
Bordalo
Pinheiro
Fachadas das Casas,
Caldas da Rainha
Manuel Cargaleiro
Querubim Lapa
Maria Keil
Júlio Resende

Eduardo Néry
Fim !

2010 _ 1011