Você está na página 1de 15

Atividades Objetivo principal Ação principal Tempo

sugerido

Relembrar como calcular porcentagens Generalizar a regra de cálculo de


Aquecimento 7 min.
de acréscimo sobre determinado valor. porcentagens de acréscimo.

Ler a situação problema e esquematizar


Atividade
Cálculos de juros simples. uma resolução mais simples e fácil de se 10 min.
Principal
chegar a resposta desejada.

Discussão das Acompanhar e discutir vários tipos de


Explorar várias estratégias de resolução. 20 min.
Soluções soluções.

Sistematização Sistematizar os conceitos de juros


Evidenciar os conceitos de juros simples. 3 min.
do Conceito simples.

Encerramento Sistematizar as aprendizagens da aula. Evidenciar o cálculo de juros simples. 2 min.

Verificar a aplicação dos conhecimentos


adquiridos em situação semelhante e Resolver a situação problema envolvendo o
Raio X 6 min.
avaliar os conhecimentos de cada um a cálculo de juros simples.
respeito do cálculo de juros simples.
Objetivo: Conceituar e calcular juros simples
Joaquim foi no banco conferir seu saldo.
Em sua última consulta, tinha R$ 3400,00,
durante o mês ele fez um depósito de R$
500,00, pagou algumas contas no débito
que totalizaram R$ 980,00 e fez um
pagamento em cheque de R$ 320,00. Qual
será o saldo após essas transações
financeiras? Após 30 dias, sabe-se que o
dinheiro rende 2% de aumento. Ao passar
1 mês, quando Joaquim voltar ao banco e
consultar seu saldo, que valor deverá
encontrar?
Resolução:
Seu último saldo era de R$ 3400,00, fez um depósito de R$ 500,00 e
pagou algumas contas que totalizaram R$980,00, também fez um
pagamento com cheque de R$ 320,00.
Então, devemos somar o depósito e retirar os pagamentos:
3400 + 500 - 980 - 320 = 2600.
Após as transações financeiras, o seu novo saldo é de R$ 2600,00.

Agora vamos encontrar 2% de 2600:


Mentalmente: 1% de 2600 é 26 reais, então 2% de 2600 é 52 reais.
Seu saldo após o rendimento será R$2652,00.
Ou,
calculando diretamente: como queremos um aumento de 2%, basta
multiplicar por 1,02, então 1,02 . 2600 = 2652 reais.
Juliana foi ao banco solicitar um
empréstimo de R$ 15 000,00. Ela terá que
pagar essa quantia ao término de 3 anos,
com taxa de juros simples de 3% ao mês.
Quanto ela pagará de juros? Qual o
montante vai ser pago por Juliana ao
banco no final do empréstimo?
Mentalmente
O capital emprestado é de R$ 15 000,00.
O juro é de 3% ao mês.
1% é a centésima parte de 15000, ou seja, 15000 : 100 = 150.
Assim 3% = 3 . 150 = 450.

O prazo da dívida é de 3 anos = 36 meses (1 ano = 12 meses).


Podemos calcular assim: 10 anos + 10 anos + 10 anos + 6 anos = 4500 +
4500 + 4500 + 6x450= 16 200.

Portanto, Juliana deverá pagar R$ 16200,00 de juros ao banco.

Para saber a quantia final a ser paga, devemos acrescentar o capital com
o juros: 15000 + 16200 = 31 200 (isto é conhecido como montante).
Geometricamente
Taxa de 3 %
Capital inicial

15 000 450 450 450 450 450 450 450 450 450 450

450 450 450 450 450 450 450 450 450 450

tempo:
36 meses
450 450 450 450 450 450 450 450 450 450

450 450 450 450 450 450

Juros: 16200

Montante: 15000 + 16200 = 31 200


Outra resolução:

O capital emprestado é de R$ 15 000,00.


O prazo da dívida é de 3 anos = 36 meses.
O juro é de 3% ao mês.

Primeiro, vamos calcular o juro de 3% ao mês.


3% de 15 000 = 0,03 x 15 000 = 450.

Como o intervalo de tempo é 36 meses e nesse sistema o cálculo de juro é


sempre sobre o capital inicial, devemos multiplicar o juro de um mês por
36: 450 x 36 = 16 200.

Portanto, Juliana deverá pagar R$ 16 200,00 de juros ao banco.

Para saber a quantia final a ser paga, devemos acrescentar o capital com
o juros: 15000 + 16200 = 31 200.
Outra resolução:

O capital emprestado é de R$ 15 000,00.


O prazo da dívida é de 3 anos = 36 meses ( 1 ano = 12 meses).
O juro é de 3% ao mês.

Então, podemos multiplicar o tempo pela taxa de juros 36 x 3% = 108%,


transformando em número decimal, temos 1,08.

Em seguida, multiplicamos pelo capital: 1,08 x 15 000 = 16 200.

Portanto, Juliana deverá pagar R$ 16200,00 de juros ao banco.

Para saber a quantia final a ser paga devemos acrescentar o capital com o
juros: 15000 + 16200 = 31 200 (isto é conhecido como montante).
Outra resolução:

O capital emprestado é de R$ 15 000,00.


O prazo da dívida é de 3 anos = 36 meses (1 ano = 12 meses).
O juro é de 3% ao mês, transformando a porcentagem em decimal temos
0,03.

Então, podemos multiplicar o tempo pela taxa de juros 36 x 0,03 = 1,08.

Em seguida, multiplicamos pelo capital: 1,08 x 15 000 = 16 200.

Portanto, Juliana deverá pagar R$ 16200,00 de juros ao banco.

Para saber a quantia final a ser paga, devemos acrescentar o capital com
o juros: 15000 + 16200 = 31 200 (isto é conhecido como montante).
Utilizando fórmulas:

Note que, para determinar a quantia de juros, multiplicamos o valor do


empréstimo (capital), pela taxa de juros e pelo intervalo de tempo.
Generalizando essa ideia, temos esta fórmula:

juros = capital(c) x taxa(i) x tempo(t)


j=C.i.t
j = 15 000 . 0,03 . 36 = 16 200.

Portanto, Juliana deverá pagar R$ 16 200,00 de juros ao banco.

Para saber a quantia final a ser paga, devemos acrescentar o capital com
o juros, o montante:
M=C+j
M = 15000 + 16200 = 31 200.
Os juros simples são resultados da
multiplicação do capital inicial pela taxa e
por um determinado período de tempo.
Podemos utilizar a fórmula para calcular o
juros simples: j = C . i . t
A taxa de juro e o intervalo de tempo
devem estar sempre na mesma unidade,
por exemplo, se a taxa de juro é dada em
mês, o tempo também devem estar em
meses.
Sobre o tempo, utilizamos o mês comercial
de 30 dias e o ano comercial de 360 dias.
Capital (C) é o dinheiro que se empresta ou que se
pega emprestado, é a quantia que se investe, é o
valor que se deve;
Juros (j) é o aluguel que se paga pelo capital, ou seja,
é o rendimento ou o acréscimo pago pelo
empréstimo de uma determinada quantia;
Montante (M) é a soma do capital com o juros.
Taxa de juros (i) é a porcentagem que se recebe de
rendimento em um investimento ou empréstimo de
uma quantia por certo tempo.
Tempo (t) é o período em que se investe ou
empresta certo valor, pode ser calculado em dias,
meses ou anos.
Nesta aula, aprendemos que juros
simples é o valor pago por um
empréstimo ao final do período de tempo
calculado apenas sobre o capital inicial,
mantendo-se constante durante todo o
tempo da transação.
Joaquim foi numa loja pagar uma fatura
no valor de R$ 550,00 com 4 dias de
atraso. Para o pagamento em atraso,
constava uma taxa de juros simples de
1% ao dia. Quanto Joaquim pagou?

Você também pode gostar