Você está na página 1de 50

ANJOS:

OS SERVOS DE DEUS E OS
REBELADOS
Noção
Noção
- Anjo quer dizer mensageiro, núncio –
aquele que anuncia, sendo equivalente a
palavra angelus no latim ou άγγελος
(ángelos) no grego.
Noção
- Anjo quer dizer mensageiro, núncio –
aquele que anuncia, sendo equivalente a
palavra angelus no latim ou άγγελος
(ángelos) no grego.
- São seres espirituais, estão sob as ordens
de Deus.
Noção
- Anjo quer dizer mensageiro, núncio –
aquele que anuncia, sendo equivalente a
palavra angelus no latim ou άγγελος
(ángelos) no grego.
- São seres espirituais, estão sob as ordens
de Deus.
-Sua existência é atestada na Escritura.
Noção
- Sua diferença é ser anjo.
Noção
- Sua diferença é ser anjo.
“Anjo (mensageiro) é designação de encargo,
não de natureza. Se perguntares pela
designação da natureza, é um espírito; se
perguntares pelo encargo, é um anjo: é
espírito por aquilo que é, é anjo por aquilo
que faz" Agostinho de Hipona, Comentários
aos Salmos, 103, 1, 15
Noção
- Sua missão primaz é a contemplação e a
execução da palavra de Deus.
Noção
- Sua missão primaz é a contemplação e a
execução da palavra de Deus.
“Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos,
valorosos em poder, que executais as suas
ordens e lhe obedeceis à palavra. ” Sl. 103,
20
Características
- Designados “filhos de Deus” (Jó, 1, 16),
legiões celestes (Lc. 2, 13) e santos (Dn. 4,
13), os anjos são:
Características
- Designados “filhos de Deus” (Jó, 1, 16),
legiões celestes (Lc. 2, 13) e santos (Dn. 4,
13), os anjos são:
- Espíritos: “Faz dos ventos seus
mensageiros e dos clarões reluzentes seus
servos.” Sl.104, 4 – Hb. 1, 7
Características
- Designados “filhos de Deus” (Jó, 1, 16),
legiões celestes (Lc. 2, 13) e santos (Dn. 4,
13), os anjos são:
- Espíritos;
- Imortais: “e não podem mais morrer, pois
são como os anjos.” Lc. 20, 36
Características
- Inumeráveis: “Então olhei e ouvi a voz de
muitos anjos, milhares de milhares e milhões
de milhões. Eles rodeavam o trono, bem
como os seres viventes e os
anciãos...”Apocalipse. 5,11:
Características
- Inumeráveis;
- Invisíveis: “Então o Senhor abriu os olhos
de Balaão, e ele viu o anjo do Senhor parado
no caminho, empunhando a sua espada.
Então Balaão inclinou-se e prostrou-se, rosto
em terra.” Nm. 22, 22-31
Características
- Inumeráveis;
- Invisíveis;
- Podem materializar-se: “E eis que
sobreveio um grande terremoto, pois um anjo
do Senhor desceu do céu e (...) sua aparência
era como um relâmpago, e suas vestes eram
brancas como a neve.” Mt. 28,2-6
Características
- Inumeráveis;
- Invisíveis;
- Podem materializar-se;
- Podem comer e beber: “Trouxe então
coalhada, leite e o novilho que havia sido
preparado, e os serviu. Enquanto comiam,
ele ficou perto deles em pé, debaixo da
árvore.” Gn. 18, 8
Características
- Não se dão ao casamento: “Quando os
mortos ressuscitam, não se casam nem são
dados em casamento, mas são como os anjos
nos céus.” Mc. 12,25
Características
- Não se dão ao casamento;
- Excedem em perfeição os homens: Digo-
lhes a verdade: Entre os nascidos de mulher
não surgiu ninguém maior do que João
Batista; todavia, o menor no Reino dos céus
é maior do que ele. Mt. 11, 11
Características
- Não se dão ao casamento;
- Excedem em perfeição os homens;
- Mas são menores em hierarquia: “Não foi a
anjos que ele sujeitou o mundo que há de vir,
a respeito do qual estamos falando,
mas alguém em certo lugar testemunhou,
dizendo:
Características
"Que é o homem, para que com ele te
importes? E o filho do homem, para que com
ele te preocupes?
Tu o fizeste um pouco menor do que os anjos
e o coroaste de glória e de honra;
tudo sujeitaste debaixo dos seus pés". Ao lhe
sujeitar todas as coisas, nada deixou que não
lhe estivesse sujeito. Agora, porém, ainda
não vemos que todas as coisas lhe estejam
sujeitas.” Hebreus 2, 5-8.
Características
- Pessoais: “Eu lhes digo que, da mesma
forma, há alegria na presença dos anjos de
Deus por um pecador que se arrepende". Lc.
15, 10
Características
- Pessoais;
- Livres: “E aos anjos que não conservaram
suas posições de autoridade mas
abandonaram sua própria morada, ele os
tem guardado em trevas, presos com
correntes eternas para o juízo do grande
Dia.” Jd. 6
Características
- Pessoais;
- Livres;
- Inteligentes: “O teu servo Joabe agiu assim
para mudar essa situação. Mas o meu senhor
é sábio como um anjo de Deus, e nada lhe
escapa de tudo o que acontece em seu país".
II Sm. 14, 20
Características
- Pessoais;
- Livres;
- Inteligentes;
- Obedientes: “Bendizei ao Senhor, todos os
seus anjos, valorosos em poder, que
executais as suas ordens e lhe obedeceis à
palavra. ” Sl. 103, 20
Características
- Pessoais:
- Livres:
- Inteligentes:
- Obedientes;
- Poderosos: “Bendizei ao Senhor, todos os seus
anjos, valorosos em poder, que executais as suas
ordens e lhe obedeceis à palavra. ” Sl. 103, 20.
Características
- Santos: “Os homens responderam: "Viemos
da parte do centurião Cornélio. Ele é um
homem justo e temente a Deus, respeitado
por todo o povo judeu. Um santo anjo lhe
disse que o chamasse à sua casa, para que
ele ouça o que você tem para dizer". At. 10,
22
Características
- Santos;
- Submissos: “Deus colocou todas as coisas
debaixo de seus pés e o designou como
cabeça de todas as coisas para a igreja,”
Efésios 1, 22
Hierarquia celeste
Hierarquia celeste
- “É-nos desconhecida a distinção especial de
ordens e de funções, pela qual cada anjo tem
uma função e uma ordem própria. ” S.Ta – I,
CVIII, III, ad secundum.
Hierarquia celeste
- “É-nos desconhecida a distinção especial de
ordens e de funções, pela qual cada anjo tem
uma função e uma ordem própria. ” S.Ta – I,
CVIII, III, ad secundum.
- A Escritura dá muitos nomes às ordenações
da milícia celeste.
Hierarquia celeste
- Serafins:. “No ano em que o rei Uzias
morreu, eu vi o Senhor assentado num trono
alto e exaltado, e a aba de sua veste enchia o
templo. Acima dele estavam serafins; cada
um deles tinha seis asas: com duas cobriam
o rosto, com duas cobriam os pés, e com
duas voavam. E proclamavam uns aos
outros: "Santo, santo, santo é o Senhor dos
Exércitos, a terra inteira está cheia da sua
glória“ Is. 6, 1-3
Hierarquia celeste
- Serafins;
- Querubins: “Olhei e vi uma tempestade que
vinha do norte: uma nuvem imensa, com
relâmpagos e faíscas, e cercada por uma luz
brilhante. O centro do fogo parecia metal
reluzente, e no meio do fogo havia quatro
vultos que pareciam seres viventes. Na
aparência tinham forma de homem, mas
cada um deles tinha quatro rostos e quatro
asas.” Ez. 1, 1-27 (4-6)
Hierarquia celeste

“Pois nele foram criadas todas as coisas nos


céus e na terra, as visíveis e as invisíveis,
sejam tronos ou soberanias, poderes ou
autoridades; todas as coisas foram criadas
por ele e para ele.” Cl. 1, 16
Hierarquia celeste
- Arcanjo: “Contudo, nem mesmo o arcanjo
Miguel, quando estava disputando com o
diabo acerca do corpo de Moisés, ousou
fazer acusação injuriosa contra ele, mas
disse:“ O Senhor o repreenda!” Jd. 9
- Anjo: “Porque a seus anjos ele dará ordens
a seu respeito, para que o protejam em todos
os seus caminhos;” Sl. 91, 11
Hierarquia celeste
Ainda são citadas outras categorias de seres
espirituais, anjos, na Bíblia, como os 24
anciãos (Ap. 4, 4-10).
“Ao redor do qual estavam outros vinte e
quatro tronos, e assentados neles havia vinte
e quatro anciãos. Eles estavam vestidos de
branco e tinham na cabeça coroas de ouro.”
(Ap. 4, 4-)
Hierarquia celeste
Podemos dispor seguramente que os serafins
são ministros do trono de Deus (Is. 6, 1-3).
Os querubins são aqueles que guardam e
cobrem o trono de Deus (Ex. 15, 20; Gn. 3,
24; foram dispostos na Arca da Aliança – I
Rs. 6, 27).
Papel dos anjos
Papel dos anjos
- Louvam a Deus: “De repente, uma grande
multidão do exército celestial apareceu com
o anjo, louvando a Deus e dizendo:
"Glória a Deus nas alturas, e paz na terra
aos homens aos quais ele concede o seu
favor". Lc. 2, 13-14
Papel dos anjos
- Louvam a Deus;
- Comunicam a vontade de Deus: “Dirijam-
se ao templo e relatem ao povo toda a
mensagem desta Vida". Atos 5, 20
Papel dos anjos
- Louvam a Deus;
- Comunicam a vontade de Deus;
- Obedecem a vontade de Deus: Bendizei ao
Senhor, todos os seus anjos, valorosos em
poder, que executais as suas ordens e lhe
obedeceis à palavra. ” Sl. 103, 20.
Papel dos anjos
- Louvam a Deus;
- Comunicam a vontade de Deus;
- Obedecem a vontade de Deus;
- Levam adiante os propósitos de Deus: “Mas
acendeu-se a ira de Deus quando ele foi, e o anjo
do Senhor pôs-se no caminho para impedi-lo de
prosseguir. Balaão ia montado em sua jumenta, e
seus dois servos o acompanhavam.” Nm. 22, 22
Papel dos anjos
- não são independentes: “O anjo
respondeu: "Sou Gabriel, o que está sempre
na presença de Deus. Fui enviado para lhe
transmitir estas boas novas.” Lc. 1, 19
Papel dos anjos
- não são independentes;
- não possuem palavra própria: “Mas ainda
que nós ou um anjo do céu pregue um
evangelho diferente daquele que lhes
pregamos, que seja amaldiçoado!” Gl. 1, 8
Papel dos anjos
- não são independentes:
- não possuem palavra própria:
- não conhecem os mistérios de Deus:
"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem
os anjos dos céus, nem o Filho, senão
somente o Pai.” Mt. 24, 36)
Papel dos anjos
- não são independentes:
- não possuem palavra própria:
- não conhecem os mistérios de Deus:
- não são mediadores da salvação: “Pois há
um só Deus e um só mediador entre Deus e
os homens: o homem Cristo Jesus,” I Tm.
2,5
Papel dos anjos
- não são independentes:
- não possuem palavra própria:
- não conhecem os mistérios de Deus:
- não são mediadores da salvação:
- não são fonte de revelação divina: “Mas ainda
que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho
diferente daquele que lhes pregamos, que seja
amaldiçoado!” Gl. 1, 8
Anjos caídos
“A Escritura fala de um pecado desses anjos.
Esta "queda" consiste na opção livre desses
espíritos criados, que rejeitaram radical e
irrevogavelmente a Deus e seu Reino. Temos
um reflexo desta rebelião nas palavras do
Tentador ditas a nossos primeiros pais: "E
vós sereis como deuses" (Gn 3,5). O Diabo é
"pecador desde o princípio" (1Jo 3,8), "pai
da mentira" (Jo 8,44).”
Anjos caídos
“Satanás ou o Diabo, bem como os demais
demônios, são anjos decaídos por terem se
recusado livremente a servir a Deus a seu
desígnio. Sua opção contra Deus é definitiva.
Eles tentam associar o homem à sua revolta
contra Deus.” CIC, §414

Você também pode gostar