CONCEITO

‡ Líder é o condutor, o guia, aquele que comanda. Ser líder é ter uma visão global, uma relação entre o homem e o seu ambiente de trabalho. É saber ensinar e também aprender, sendo este último de vital importância, ou de maior importância. A principal atividade de um gestor ou líder é a de conduzir pessoas, como o próprio nome indica, sabendo para isso lidar com elas e conseguir os melhores resultados.

Digo que ainda que seja um dom inato. deve ser vista com louvor a pessoa determinada que busca o sucesso.Como se tornar um líder? Como é possível chegar a este patamar? Será que liderança é para todos? Como é possível se destacar como líder? Muitas perguntas e com diversas respostas possíveis. O que foi posto por acaso: Não havia opção. . O que nasce: O que é líder por natureza ( inato ). 3. inerente. pode ser aprendido também. vem da própria natureza. foi feito pelo fato de não haver outro melhor. que podem ser: 1. é no momento de necessidade que sabemos quem realmente é líder ( Autodeterminação ).muito pelo contrário. O que buscou a liderança: O que se faz líder. Ele nasce líder. O verdadeiro líder. ( imposição ). isto é. não precisa de auto-determinação e nem de imposição para afirmar sua liderança. 2. Não quero dizer com isso que a autodeterminação não seja boa.

TIPO DE LÍDERES ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ A) Autoritário B) Indeciso C) Democrático D) Liberal E) Situacional F) Emergente .

Autoritário A) Autoritário. não aceita as idéias de outro membro do grupo . Conduta condenável. Conseqüência: A reação do grupo de modo geral fica hostil e se distancia por medo. autocrática ou diretiva: aquele que determina as idéias e o que será executado pelo grupo. esta postura e não é válido este tipo de comportamento. É extremamente dominador e pessoal nos elogios e nas criticas ao trabalho de cada membro do grupo. . o que comanda o grupo só pensando em si. é uma pessoa déspota também subestimando e diminui o grupo. É uma pessoa ditadora e soberana. e isso implica na obediência por parte dos demais.

não sabe para onde vai. .Indeciso B) Indeciso: Não assume responsabilidade. não toma direção efetiva das coisas. Conseqüência: A reação do grupo é ficar desorganizado gera insegurança e atritos. é como um barco sem leme. vive no jargão ³ deixa como esta .para ver como é que fica´.

É impessoal e objetivo em suas críticas e elogios. pelo povo. participativa ou consultiva: É o líder do povo. Para ele. colaboração e entusiasmo. . Aquele que determina. acata e ouve as opiniões do grupo. e para com o povo. quando estava com Deus defendia o povo).( quando estava com o povo defendia Deus. preocupa-se com participação do grupo. permitindo o grupo esboçar as técnicas para alcançar os objetivos desejados. Tal como um sacerdote.Democrático C) Democrático. junto com o grupo. as diretrizes. o grupo é o centro das decisões. participação. Conseqüência: A reação do grupo é de interação. pondera antes de agir. estimula e orienta. que posso dar o exemplo de Moisés do Egito. Acreditamos que a ação do líder democrático é de suma importância para o progresso e sucesso de uma organização.

. Apresenta apenas alternativas ao grupo. Conseqüência: A reação do grupo geralmente é ficar perdido.Liberal D) Liberal: Aquele que participa o mínimo possível do processo administrativo. Dá total liberdade ao grupo para traçar diretrizes. não ficando coeso.

A postura deste líder brota ante as diferentes situações que ele detecta no dia-a-dia. Conseqüência: A reação do grupo é de segurança e motivação por certo tempo. Possui um estilo adequado para cada situação. .Situacional E) Situacional: É aquele que assume seu estilo de liderança dependendo mais da situação do que da personalidade.

sabendo que se houver emergência. num caso extraordinário. onde determinadas ações devem ser traçadas de imediato. Por exemplo. o líder saberá o que fazer. . Conseqüência: O grupo reage bem.Emergente F) Emergente: Diz respeito aquele que surge e assume o comando por reunir mais qualidades e habilidades para conduzir o grupo aos objetivos diretamente relacionados a uma situação especifica. participa. colabora.

aspira a ordem Coercitivo: Imposição física ou verbal Distributivo: Limita-se a distribuir tarefas. o que fazer e aonde ir Inspirador:Raramente precisa dar ordem. onde todos são professores e alunos. não vai além do que já existe.ESTILO DE LÍDERES Carismático: Quer ficar bem com todos Executivo: Quer organizar tudo. Educativo:Lidera pela troca. cada um sabe . é guiado pelo exemplo.

o poder da persuasão e a capacidade de influenciar. pois não aceitam qualquer tipo de questionamento .CONSIDERAÇÕES ‡ Na escala do sucesso precisamos fazer a distinção entre poder (Chefe) e liderança (Líder). inacessíveis e distantes. constatar que em pleno século XXI ainda existam empresários e executivos de alto nível que confundem liderança com uso arbitrário do poder. A melhor persuasão é o exemplo. isto é. donos da verdade. mas quem usa o poder da liderança. Não é líder quem se impõe pela força e poder. emocionalmente descontrolados. sabendo mostrar como um guia o caminho que ele vê e conhece melhor. Autoritários. É incrível e lamentável.

humildade. liderança exige paciência. dotado de colaboradores dos mais diferentes tipos. pode-se definir liderança como o processo de dirigir e influenciar as atividades relacionadas às tarefas dos membros de um grupo ‡ Um líder deve ser uma pessoa entusiasta.CONCLUSÃO ‡ Liderar não é uma tarefa simples. Dessa forma. que gere estimulo e exemplo para os seus comandados. respeito e compromisso. São os exemplos que arrastam como já afirmava Santo Agostinho no séc. os exemplos arrastam". pois a organização é um organismo vivo. IV: "As palavras comovem. disciplina. . pelo contrário.

em: SELZNICK. Trad. Mandar é fácil. Cecília W. Jorge. . Liderança e seus tipos. Acesso em: 20/01/2010. Liderar é difícil. 1992. A Liderança na Administração: uma interpretação sociológica. e DIAS. SANT¶ANNA. 1999. Salvador: Casa da Qualidade. Disponível www. V. V.lidersantanna. C. Philip.com.: Arthur Pereira e Oliveira Filho. BERGAMINI. LESSA. 1994.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA ALMEIDA. Monografia de Conclusão de Curso. 2ª ed. UFBA: 2003.br/tipos. Rio de Janeiro: FGV. Liderança: administração do sentido. Tipos de liderança na relação gestor e assessor. São Paulo: Atlas.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful