Você está na página 1de 19

Genética e comportamento humano.

Genética é uma ciência sobre similaridades e diferenças.

Enfoca como os organismos se desenvolvem, funcionam


e como se comportam, ou seja, como eles
vivem.

É o estudo do material hereditário.

Psicologia e Genética: O Que Causa o Comportamento?

Mas como tudo isso começou?

Qual era a compreensão das pessoas sobre tudo isso?

 
Gonick e Wheelis, 1995
O “determinismo genético” postula que certos aspectos nossa
personalidade e nosso comportamento seriam definidos por nossos
genes, de modo inescapável. Essa posição está completamente
ultrapassada, sabemos hoje que todo comportamento depende, em
maior ou menor grau, de fatores genéticos e de fatores ambientais,
interagindo de maneira extremamente complexa.
A palavra determinação é equivocada, e deve ser substituída por
expressões como tendências, propensões ou influências genéticas.
Os genes definem tendências, mas são as experiências individuais
que, sempre, as modulam. Qualquer gene precisa, para haver a
chamada expressão adequada, de determinadas circunstâncias
externas, sejam bioquímicas, físicas ou fisiológicas. A pergunta
clássica “este comportamento é herdado ou adquirido pela
experiência?” perde completamente o sentido, dando lugar à difícil
questão “como é que os genes interagem com o ambiente na
produção deste comportamento?.” (Calegaro, 2001)

Na realidade, quem produz o comportamento é o cérebro.


São os genes que influenciam poderosamente no desenho do cérebro.


Em humanos, na doença de Huntington, um gene sintetiza uma
proteína, e como resultado ocorrem perdas de neurônios colinérgicos,
entre outros efeitos. Ou seja, um único gene pode ter um efeito devastador
no comportamento, dependendo das conseqüências específicas de
sua ação.


Mas não foi sempre assim: havia uma ideologia de pureza racial
chamada Eugenia.
Para explicar que o material hereditário é uma ligação física entre
gerações, precisamos primeiro entender a célula.

A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo.

Nos seres unicelulares, a célula é o próprio organismo.

Esta célula única é capaz de desenvolver todas as atividades


relacionadas à sobrevivência do organismo e reproduzir-se.
Exemplo??

Animais, plantas e certos fungos são seres pluricelulares.

As células dos seres humanos são chamadas Eucarióticas.


Cromossomos: como somos? Nada disso, “corpos coloridos”

Cada célula eucariótica possui seu material hereditário dentro de


uma estrutura chamada núcleo.

Dentro do núcleo, o DNA é organizado em estruturas chamadas


cromossomos.

Há também o DNA mitocondrial e nas plantas o DNA do cloroplasto.


Tortora, 2002.
Tortora, 2002.
MATERIAL HEREDITÁRIO
TRÊS PROPRIEDADES FUNDAMENTAIS:

1. Deve ser capaz de se replicar – sintetizar uma cópia de si mesmo.

2. Deve conter informações para orientar o desenvolvimento, o


funcionamento e o comportamento de um organismo.

3. Deve ser capaz de mudar, pelo menos uma vez em muito tempo.
Isto é necessário para a adaptação.

Em todos os organismos celulares o material genético é o DNA e a


coleção de DNA de um organismo é o seu genoma.

Você também pode gostar