Você está na página 1de 10

Juros Compostos

Juros Simples
Maria Mikarla
Oque são juros?
 “Juros” é um conceito básico no mundo das finanças e pode ser definido
como o rendimento de uma aplicação financeira.
 O juro é aquele valor a mais que você paga quando atrasa um pagamento ou
quando paga por um empréstimo, por exemplo.
 Nathalia Arcuri, criadora do Me Poupe, maior canal de finanças do Brasil,
resume muito bem: “Juros são terríveis pra quem pega emprestado e
incríveis pra quem empresta.

https://ead.pucpr.br/blog/juros-simples-compostos-formula#a-o-que
Diferença entre os dois Juros

Juros Simples Juros Compostos


 O juro simples é uma taxa previamente  Já taxa de juros compostos, também chamada de
definida e que incide somente sobre o juros final de cada período.
valor inicial.  Isso sobre juros, é sempre aplicada ao somatório
do capital no quer dizer que a taxa incide sobre
o valor total (ou montante) do período anterior,
 Por exemplo: Se você emprestar R$1000,00 quando esse montante já teve o valor do juro
com uma taxa de 2% ao mês no juro simples, somado a ele.
a taxa será sempre 2% de R$1000 ao longo  Por exemplo, com R$1000 emprestados rendendo
do prazo. a 10% ao mês aconteceria o seguinte:
• no primeiro mês o montante seria de R$1.100,00;
 O importante mesmo é saber que nessa • no segundo mês seria 10% de R$1.100,00, ou seja,
modalidade a taxa de juros incide de forma R$1.210,00;
regular sobre o valor total da dívida. • no terceiro mês, 10% de R$1210, que é
R$1.331,00.
 E assim sucessivamente até o fim do período da
aplicação.
Entenda o calculo:

Juros Simples
 Embora ainda esteja presente em alguns financiamentos, pagamento de
impostos e aplicações bancária, o juro simples não é mais utilizado pelo
sistema financeiro.
 Mesmo assim, é preciso entender seu funcionamento.
Entenda o calculo:

Juros Simples
 Os juros simples são calculados a partir da seguinte fórmula:

J=C×i×t
 Onde:
• J = juros simples;
• C = capital inicial;
• i = taxa de juros;
• t = tempo da aplicação.
Entenda o calculo:

Juros Simples exemplo:


Fórmula dos juros simples:
J=C×i×t
Uma pessoa aplicou o capital de R$ 1.200,00 a
uma taxa de 2% ao mês durante 14 meses. J = 1200 × 0,02 × 14
Determine os juros e o montante dessa aplicação. J = 336

Montante:
RESPOSTA: M=C+J
Capital (C) = R$ 1.200 M = 1200 + 336
Tempo (t) = 14 meses M = 1536
Taxa (i) = 2% ao mês = 2/100 = 0,02
O valor dos juros da aplicação é de
R$336 e o montante a ser resgatado
é de R$1.536,00.
Entenda o calculo:

Juros Composto
 Diversos tipos de financiamentos e investimento usam o juro composto, pois
gera mais lucro que as outras modalidades.
 É simples: rende mais porque são aplicado juros em cima dos juros. Diferente
do juro simples, em que a taxa incide somente sobre o capital inicial.
 É por isso que o regime de juro composto se tornou o mais utilizado no
sistema financeiro do Brasil atualmente.
Entenda o calculo:

Juros Composto
 Os juros compostos são calculados a partir da seguinte fórmula:
M = C × (1 + i)n
M=C+J
J=M-C
 Onde:
• M = montante;
• C = capital aplicado ou valor inicial;
• i = taxa de juro composto;
• n = tempo de aplicação;
• J = juro composto.
 Ao aplicar essa fórmula, é preciso prestar atenção às unidades.
Entenda o calculo:

Juros Composto exemplo:


Resposta:
Uma aplicação especial rende 1,5%
ao mês em regime de juros C = 620
compostos. Certa pessoa deseja t = 2 anos → 24 meses
aplicar a quantia de R$620,00 i = 1,5% → 1,5/100 → 0,015
durante 2 anos. Determine o M = C × (1 + i)t
montante gerado por essa aplicação. M = 620 × (1 + 0,015)24
M = 620 × 1,01524
M = 620 × 1,429503
M = 886,29
O montante gerado será de R$886,29.
REFERENCIAS:

 https://ead.pucpr.br/blog/juros-simples-compostos-formula
 https://www.youtube.com/watch?v=hC-Bt9N1PW8

Você também pode gostar