Você está na página 1de 16

Movimento uniforme (UM)

Física 1
1º ano médio 05/03/2021
Encontro de móveis
• Muitas vezes iremos nos deparar com problemas em que envolvem mais de um objeto.
Para resolvermos esse tipo de caso, devemos lembrar o quão importante é estabelecer
um referencial. Lembre-se: na física tudo depende de um referencial.

• O caso mais simples é quando tempo um automóvel tentando atravessar um obstáculo.


Existe duas variantes: Obstáculo curto e longo.
Obstáculo curto
• Quanto tempo um caminhão leva para passar por um poste?
Para resolver esse tipo de problema devemos lembrar da nossa equação da velocidade
média:
Vamos precisar modifica-la para isolar o tempo, de modo que:

Quando o objeto for curto, basta calcular o comprimento como o , ou seja, d= . Assim nossa equação fica:

Em que d é o comprimento do móvel.


Obstáculo longo
• Muitas vezes iremos nos deparar com um obstáculo longo, exemplo: pontes, viadutos,
túneis rios, etc.
Para esse tipo de obstáculo a abordagem é parecida, mas devemos ter cuidado com a distância, uma vez
que estamos trabalhando com um obstáculo com proporções consideráveis.

Nesse caso devemos somar o comprimento do móvel com o comprimento do obstáculo. Assim, nossa
equação fica:

Em que d é o comprimento do móvel e x é o comprimento do obstáculo.


Exemplos
Encontro entre dois móveis
• Dizemos que quando dois móveis se encontram eles assumem a mesma posição s em
um determinado espaço. O encontro entre móveis pode ser descrito em dois
movimentos: sentido contrário (frente com frente) e mesmo sentido.

• Sentido contrário:
Quando dois móveis estão se locomovendo em sentido contrário, escolhe-se um referencial e soma suas
velocidades.
• Mesmo sentido:
Quando dois móveis vão de encontro no mesmo sentido, escolhe-se um referencial e subtrai suas velocidades.

Outro movimento que pode acontecer dentro desse movimento é quando um móvel está em perseguição do outro ou
simplesmente, o carro está com velocidade maior que o . Assim, se eles permanecerem nesse movimento por tempo
suficiente, o carro irá eventualmente alcançar o .

Nesses casos devemos adotar um referencial e igualarmos os espaços e . Lembrando q a função horária do espaço é:
Exemplos
Em uma autoestrada, um veículo de passeio desloca-se a 90 km/h (25 m/s) em MU, indo
no mesmo sentido de um caminhão, que se locomove a 72 km/h (20 m/s), também em MU.
Em um certo instante, o caminhão encontra-se 500 m à frente do automóvel. Então, em
quanto tempo, a partir desse ponto, o caminhão será alcançado pelo veículo? Qual a
posição de encontro?
Exercícios de revisão

Você também pode gostar