Você está na página 1de 4

História e Origem da Psicometria

Monitoria FAP
Retirado de Luiz Pasquali
No início do século XX, alguns psicólogos delinearam teorias sobre a inteligência e, a partir
delas, muitas contestações, reformulações e perspectivas teóricas que possibilitaram a
construção de instrumentos de medida. Abaixo, vocês encontrarão algumas afirmações que
relacionam estes delineamentos e reformulações com pesquisadores. Leia com atenção cada
uma das afirmações, analise se são verdadeiras ou falsas e depois assinale a alternativa correta.

I.        De acordo com Spearman, que propôs a teoria bi-fatorial, o ‘fator g’ estaria subjacente a
todas as atividades intelectuais e o ‘fator s’ representaria a variação intelectual entre as
pessoas.
II.     Galton em seus trabalhos propunha a avaliação das aptidões humanas por meio da medida
sensorial. Contudo, concluiu que medidas objetivas para investigar funções mais complexas
não produziam bons resultados.
III.   Catell desenvolveu nesta época, um modelo de análise extremamente importante para o
desenvolvimento dos testes psicológicos: “a análise fatorial múltipla”.
IV.   No início do séc. XX Binet e Simon desenvolveram um teste de inteligência cujos itens
permitiam investigar habilidades específicas, tais como, a de realizar cálculos.

a)   As alternativas (I), (II) e (III) são afirmações verdadeiras.


b)   As alternativas (II), (III) e (IV) são afirmações verdadeiras.
c)    As alternativas (I), (III) e (IV) são afirmações falsas.
d)   As alternativas (II), (III) e (IV) são afirmações falsas.
e)    As alternativas (I), (II) e (III) são afirmações falsas.
Comentário de Questão
Neste exercício a alternativa correta é a (d), ou seja, a única afirmativa
verdadeira é a número (I) dado que realmente a teoria bi-fatorial foi proposta
por Charles Spearman. Quanto às outras afirmativas, elas são todas falsas. A
afirmativa (II) salienta o trabalho de Galton sobre medidas sensoriais. De fato,
ele procurou parametrizar as dimensões ideais dos sentidos, pois considerava
que toda a informação humana tinha seu canal de entrada via sentidos. No
entanto, a conclusão sobre as medidas objetivas para investigar as funções
complexas foi de James McKeen Cattell. Thurstone foi quem desenvolveu a
análise fatorial múltipla e não Catell, como consta na afirmativa (III). Com
relação à sentença (IV) o erro está na afirmação de que o teste de Binet e
Simon investigava habilidades específicas. Uma das críticas feita por eles que
motivou a elaboração de um novo instrumento foi a de que os testes de
inteligência estavam direcionados a investigação de algumas poucas
habilidades e não para a análise das funções cognitivas. 
A Psicologia enquanto ciência tem sua história ligada a várias tendências
epistemológicas. Entre estas duas correntes científicas se destacaram no início
do séc. XX, a Psicologia alemã e a Psicologia inglesa e norte-americana.  A
primeira voltada ao estudo das experiências subjetivas enquanto a outra ao
estudo do comportamento. Dito isto, fica fácil concluir que:

a)    A Psicologia alemã pode ser denominada empirista, tendo em vista a


preocupação com o estudo das experiências subjetivas.
b)    A Psicologia inglesa e norte-americana voltada ao estudo do
comportamento buscava qualificar as características humanas.
c)    A Psicologia introspectiva atenta à qualidade dos testes psicológicos usava
procedimentos quantitativos nas análises.
d)    Os paradigmas empiristas da Psicologia alemã referiam-se a medição das
experiências subjetivas dos indivíduos.
e)    Os paradigmas empiristas da Psicologia inglesa e norte-americana
referiam-se a medicação de comportamentos.

Você também pode gostar