Você está na página 1de 21

SEMINÁRIO

INTERDISCIPLINAR

Tema:

INTRODUÇÃO À
PESQUISA
 Exemplos de subtemas:
(sempre a partir do tema geral)

A importância da pesquisa
científica.

 Os desafios da pesquisa científica


no Brasil.

Métodos de pesquisa científica.


O paper deverá ser
desenvolvido em grupo de
três a cinco integrantes.
PLÁGIO
Modelo paper.
FUNDAMENTAÇÃO
TEÓRICA:

Como desenvolver a
fundamentação teórica do paper.
A fundamentação teórica serve para
apresentar os conceitos centrais da sua
pesquisa. Com um detalhe: você vai
apresentar os conceitos centrais da sua
pesquisa com base no que outros autores
dizem.
Para resumir e deixar bem claro:
Fundamentação Teórica ou Referencial
Teórico é apresentar os conceitos centrais
do seu paper com base no que outros
autores dizem e escrevem sobre o assunto.
CITAÇÕES
As citações são elementos retirados das
fontes bibliográficas, eletrônicas e
documentais, importantes e necessárias
para o autor, ajudando-o no seu raciocínio
e na corroboração de suas ideias. Elas
enriquecem um trabalho e demonstram o
estudo e a atitude científica do autor.
As citações têm muitos objetivos, dentre os
quais destacam-se:

sustentar as ideias do autor do texto;


desenvolvimento do raciocínio;
corroboração das ideias ou da tese que o
autor defende;
permitir a identificação do legítimo
“dono” das ideias apresentadas;
possibilitar o acesso ao texto original.
CITAÇÕES

As citações são classificadas como


diretas e indiretas.
DIRETAS
Nas citações diretas ocorre cópia literal (ipsis litteris)
do texto original, ou seja, você transcreve o
fragmento tal e qual ele se encontra na obra que você
está consultando.
A citações diretas ainda podem ser divididas em
CURTA ou LONGA.
E o que difere uma da outra? Simples... Veja quantas
linhas esse fragmento ocupa no seu texto; mas, para
contar o número de linhas, é necessário que seu
trabalho já esteja com o papel (A4), margens (todas
2 cm), tipo e tamanho de fonte (Times New Roman,
12) corretamente configurados.
Citação Direta Curta

Se o fragmento não exceder três linhas,


temos uma citação curta. Neste caso, você
vai inserir aspas no início e ao término da
citação.
Citação Direta Longa

A diferença agora está na extensão do


trecho a ser transcrito. A citação será
longa se no seu trabalho ela ultrapassar
três linhas,
Citações Indiretas

A citação indireta ocorre se, ao consultar


os originais para fazer seu trabalho, você
optar por não fazer cópia ao pé da letra e
sim produzir um texto com as suas
palavras, mas com o mesmo sentido do
texto do autor.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Você deve se perguntar: O que são
Referências Bibliográficas?
Segundo a ABNT 6023 (2002, p.1) as
referências “fixam a ordem dos
elementos das referências e estabelece
convenções para transcrição e
apresentação da informação originada
do documento e/ou outras fontes de
informação”.
Assim, Referência é o conjunto
padronizado de elementos descritivos,
retirados de um documento, que permite
sua identificação individual.

E quais são os elementos necessários para


compor uma referência?
Elementos essenciais, esses são encontrados
em uma ficha catalográfica:
Autor(es); Título da obra; Subtítulo da
obra (se houver); Edição; Local;
Editora.
Além dos elementos essenciais, existem
os elementos complementares:
Coleção; Série; Número de ISBN;
Número de páginas; Edição exclusiva
para assinantes.
Para obras consultadas on-line, é preciso
acrescentar as informações sobre o
endereço eletrônico, o qual deve aparecer
entre os sinais < >, precedido da
expressão “Disponível em:”. A seguir,
após a expressão “Acesso em:”, indica-se
a data de acesso ao documento.
Simplificando o que foi descrito até o
momento, as referências são a origem de
onde você retirou as suas citações. Toda
vez que você fizer uma citação, seja ela
direta ou indireta, curta ou longa, a
origem da citação deverá constar no final
do seu trabalho científico nas
REFERÊNCIAS.
SOCIALIZAÇÃO

MODELO:

Você também pode gostar