Você está na página 1de 11

a mdia ponderada dos valores que a varivel aleatria ou funo assume a soma dos produtos de todos os seus valores

s possveis por suas probabilidades. Suponha x uma V.A. Discreta que assuma os valores x1, x2,...xn:
X P(X ) x1 P1 x2 P2 ... ... xn Pn

O valor esperado de (x) chamado E(x), onde:


E ( X ) x1.P1 x2 .P2 ... xn .Pn x1.P1
i 1 n

O quadro a seguir fornece o nmero de avarias apresentadas por 28 computadores antes de completar 6 meses de trabalho e as probabilidades respectivas. Encontre o valor esperado (mdia de avarias por mquina durante o perodo analisado).
X P(X) 0 2/28 1 4/28 2 6/28 3 10/28 4 3/28 5 6

2/28 1/28

Soluo:

2 4 6 10 3 2 1 E ( X ) X .P( x) 0. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 2,64 28 28 28 28 28 28 28 i 1
2,64 avarias por mquina

Um determinado setor de uma loja de departamentos o n de produtos vendidos em um dia pelos funcionrios uma V.A. P com a seguinte distribuio de probabilidades.
N de produtos
Prob. de venda

0
0,1

1
0,4

2
0,2

3
0,1

4
0,1

5
0,05

6
0,05

Cada vendedor recebe comisses de venda, distribudas da seguinte forma: se ele vende at dois produtos em um dia, ele ganha uma comisso de R$10,00 por produto vendido. A partir da terceira venda a comisso passa a ser R$50,00. Qual o nmero mdio de produtos vendidos por cada vendedor e qual a comisso mdia de cada um deles?

N de produtos Prob. de venda

0 0,1

1 0,4

2 0,2

3 0,1

4 0,1

5 0,05

6 0,05

O nmero mdio de vendas por funcionrio :

E ( P) 0 x0,1 1x0,4 2 x0,2 3x0,1 4 x0,1 5x0,05 6 x0,05 2,05

Em relao a comisso, vamos construir a fdp


N de produtos Comisso (C) Prob. de venda 0 0 0,1 1 10 0,4 2 20 0,2 3 70 0,1 4 120 0,1 5 170 0,05 6 220 0,05

E (C ) 0 x0,1 10x0,4 20x0,2 70x0,1 120x0,1 170x0,05 220x0,05 46,5

A comisso mdia por dia de vendedor R$46,50

Considere as variveis aleatrias seguintes distribuies:


X=x P(X = x) 5 0,5 5 0,5 Y=y P(Y = y)

X, Y dadas pelas

10 0,5

10 0,5

E(x) = 5.0,5 + 5.0,5 = 5 E(y) = 0.0,5 + 10.0,5 = 5

As mdias das variveis so iguais porm: os valores de x se agrupam em torno da mdia os valores de y se encontram dispersos.

Conhecendo-se somente a mdia, no possvel tirar concluso sobre como os valores da varivel se distribui em torno da mdia: Por isso, introduziu-se outra definio VARINCIA

VARINCIA mede o grau de afastamento dos dados em relao a sua mdia.


Definio: Seja X uma varivel aleatria discreta. A varincia dessa varivel definida por:

V ( X ) E[( X ) E ( X )]2

A Varincia pode ser escrita de outra forma:

V ( X ) E ( X 2 ) [ E ( X )] 2
Varincia a diferena entre a Esperana matemtica do quadrado da varivel aleatria X e o quadrado de sua Esperana matemtica. E(X) pode ser escrito:

E ( X 2 ) x 2 .P ( x )
x

Ex. 2: Com base no exemplo 1, ache V(x) e (x).


X=x 0 1 2 3 4 5 6

P(X = x)

2/28

4/28

6/28

10/28

3/28

2/28 1/28

E(x) = 2,64 avarias por mquina (j calculado!)


2 2 4 2 6 2 10 2 3 2 2 2 1 E ( X ) x .P( x) 0 . 1 . 2 . 3 . 4 . 5 . 6 . 28 28 28 28 28 28 28 x
2 2 2

E( X )2 9 V ( X ) 9 2,64 2,03
2

Desvio Padro - A raiz quadrada positiva da varincia. o desvio padro que mede a variabilidade em torno da mdia.

( x) V ( X )
O desvio padro do exerccio anterior :

( x) 2,03 1,42
(x) = 1,42 avarias por mquina.

1)

Determine a mdia, varincia e o desvio padro da V.A. discreta descrita abaixo:


X 2 5 8 10

P(X)
2)

0,3

0,4

0,2

0,1

Seja X a varivel aleatria abaixo, pede-se:


X P(X) 0 1/4 1 1/2 2 1/4

a) b) c)

E(x) E(x) V(x)

1) E(x) = 5,2 Varincia = 6,96 Desvio-Padro = 2,64


2) E(x) = 1 E(x) = 3/2 V(X) = 1/2