Você está na página 1de 30

Tiróide

Instituto Superior de Ciências da Saúde – Sul


Tiróide – Localização e Estrutura
• Imediatamente abaixo da
laringe, de cada lado e
anteriormente à traqueia.
• Formada por dois lobos
laterais, ligados pelo istmo.
• Glândula de secreção
endócrina.
• Constituída por folículos.
• Temos ainda a Paratiróide
anteriormente à Tiróide.
Hormonas - Tiróide
• Secreta duas
hormonas
importantes:
• Tiroxina (T4)
• Triiodotironina (T3)
• Secreta também
calcitonina.

Importante no
Metabolismo do Cálcio
Hormonas - Iodo
• Existe em maior quantidade em Algas, Mariscos,
Carne e Peixe

• Ingerido principalmente sob a forma de iodetos (I-).

• Absorvido no intestino delgado

Armazenado em maiores
quantidades na tiróide

• Excretado essencialmente a nível renal.


Tiroglobulina
• Sintetizada RE e Aparelho
de Golgi dos folículos da
glândula tiróide.

• Glicoproteína iodada com


resíduos de tirosina
(principal substrato para a
formação das hormonas
tiroideias).

• No seu interior ocorre a


síntese e armazenamento
das hormonas tiroideias.
Tiroglobulina
• A sua síntese é
influenciada pela
TSH.
Metabolismo do Iodo
• Tem como finalidade a produção de hormonas
tiroideias (T3, rT3 e T4).
Metabolismo do Iodo

• Estimulado pela TSH.


• Processa-se em 4
etapas:
• Captação do iodeto
• Oxidação do iodeto
• Iodação das
tirosinas
• Síntese hormonal
Transporte das Hormonas
• Combinação das hormonas com proteínas
plasmáticas (sintetizadas no fígado);
» TBG
» Albumina e Pré-Albumina

Transporte até às células

ARMAZENAMENTO
Regulação da Secreção Hormonal
• Por feedback através
do hipotálamo e da
hipófise;
– Hipotálamo (TRH)
– Hipófise (TSH)
Hipófise
• Produz a hormona estimulante da tiróide:
• TSH
– O seu efeito é mediado pelo cAMP

• A sua acção:
• Aumento da hidrólise da tiroglobulina;
• Aumento da actividade da Bomba de Iodo;
• Aumento da Iodação das Tirosinas;
• Aumento da actividade secretora;
• Aumento do nº de células tiroideias;
Hipotálamo
• Produz uma hormona que controla a
secreção de TSH:
• TRH

Transportada até à Hipófise Anterior pelo


sistema porta hipotálamo-hipofisário

Produção de TSH
na Hipófise
Regulação da Concentração de
hormonas tiroideias
Calcitonina
• Secretada pelas
células
parafoliculares (C);
• Secreção ocorre
quando os níveis de
Ca2+ aumentam;
• Função:
– Inibir a reabsorção
óssea

Reduzir a actividade dos


osteoclastos
Calcitonina e PTH

Ca2+ intracelular Secreção de Calcitonina

Ca2+ intracelular Inibir actividade dos


osteoclastos

Aumenta a actividade dos


Secreção de PTH osteoclastos

Aumento do
Cálcio
Calcitonina e PTH
Funções Fisiológicas da Tiróide
• Estimulação do metabolismo dos HC
• Aumento de enzimas metabólicas (glicólise, glicogénese).
• Estimulação do metabolismo dos Lípidos
• Aumento das hormonas provoca:
– Diminuição plasmática de colesterol, fosfolípidos e TG;
– Aumento dos AG livres.
• Diminuição das hormonas provoca:
– Aumento plasmático de colesterol, fosfolípidos e TG;
– Deposição excessiva de gordura no fígado.

Arteriosclerose
Funções Fisiológicas da Tiróide
• Aumento da necessidade de Vitaminas
• A secreção excessiva de hormonas tiroideias provoca
deficiência vitamínica dado que há aumento de enzimas.
• Aumento do Metabolismo Basal
• Quantidade excessiva de hormonas secretadas:
– Aumento do MB de 60% a 100% acima do normal.
• Quantidades deficiente de hormonas secretadas:
– Diminuição do MB até quase ½ do normal.
• Alteração do peso corporal
• Aumento da secreção diminuição do peso
• Diminuição da secreção aumento do peso
Funções Fisiológicas da Tiróide
• Alterações no Sistema Cardiovascular
• Fluxo Sanguíneo e Débito Cardíaco:
– Aumenta até cerca de 60% acima do normal (excesso de
hormonas);
– Diminui até cerca de 50% abaixo do normal (diminuição de
hormonas).
• Frequência Cardíaca:
– Aumenta consideravelmente mais em presença de
hormonas tiroideias
• Pressão Arterial:
– Em geral mantém-se constante na presença de T3 e T4, no
entanto, no hipertiroidismo pode haver aumento da pressão
sistólica e redução da pressão diastólica.
Funções Fisiológicas da Tiróide
• Aumento da Respiração
• O aumento do metabolismo aumenta a utilização de O2 e
formação de CO2.
• Aumento da Motilidade Gastrointestinal
• As hormonas aumentam a secreção dos sucos digestivos
– Excesso diarreias;
– Défice obstipação.
• Efeito na Função Muscular
• Aumento das hormonas tiroideias torna os músculos
enfraquecidos;
• Diminuição das hormonas torna os músculos lentos
(relaxam lentamente após contracção).
Desregulação no Metabolismo do Iodo

DOENÇA

Hipotiroidismo Hipertiroidismo
Causas
Deficiência de Iodo Excesso de Iodo

Diminuição da produção Aumento da produção


de hormonas de hormonas

HIPOTIROIDISMO HIPERTIROIDISMO
Efeitos na Regulação

• Hipotiroidismo
– Estímulo para
aumento de T3 e T4
• Eutiroidismo
– Relação de equilíbrio
• Hipertiroidismo
– Estímulo para
diminuição de T3 e T4
Sintomas
HIPOTIROIDISMO HIPERTIROIDISMO
Diminuição do metabolismo basal: Aumento do metabolismo basal:
• Intolerância ao frio • Intolerância ao calor
• Diminuição da frequência • Aumento da frequência cardíaca
cardíaca
• Perda de peso
• Aumento de peso
• Pressão arterial elevada
• Redução da frequência cardíaca
• Fraqueza muscular
• Fraqueza muscular
• Nervosismo
• Retardo mental
• Tremor das mãos
• Sonolência
• Fadiga extrema
• Bócio
• Exoftalmia
• Cretinismo
Bócio
• Aumento do tamanho
da glândula tiróide

Falta de iodo que


impede a produção de
T3 e T4

Não há hormonas que inibam a


produção de TSH

Aumento da glândula
tiróide
Cretinismo
• Hipotiroidismo extremo

Ausência de crescimento e atraso


mental

Causado por

incapacidade de produção de hormonas


tiroideias devido a um defeito genético
da glândula ou falta de iodo na dieta
Exoftalmia
• Protrusão dos olhos

Inchaço edematoso dos tecidos


retroorbitários com alterações
degenerativas dos músculos
oculares

Lesão do nervo Retracção das


óptico pálpebras
Exoftalmia
• Protrusão dos olhos

Inchaço edematoso dos tecidos


retroorbitários com alterações
degenerativas dos músculos
oculares

Lesão do nervo Retracção das


óptico pálpebras

Você também pode gostar