Você está na página 1de 47

SANGRAMENTO UTERINO

ANORMAL

XII CONGRESSO
SULBRASILEIRO DE
GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
Dr. Paulo F. B. Rojas
SANGRAMENTO UTERINO
ANORMAL:

• ORGÂNICO

• DISFUNCIONAL
SANGRAMENTO
DISFUNCIONAL DO
ENDOMÉTRIO
• PROVENIENTE DA DESCAMAÇÃO
OU REEPITELIZAÇÃO IRREGULAR
DO ENDOMÉTRIO CAUSADA POR
TRANSTORNOS DOS HORMÔNIOS
SEXUAIS ENDÓGENOS
(ESTROGÊNIO E/OU
PROGESTERONA).
ESTROGÊNIO +
PROGESTERONA:
EQUILÍBRIO

• TROFISMO
NORMAL DOS
ÓRGÃOS ALVO
ESTROGÊNIOS
• ESTIMULAÇÃO DAS MITOSES
• PROLIFERAÇÃO CELULAR E
SÍNTESE DE DNA
• PROLIFERAÇÃO GLANDULAR
• PROLIFERAÇÃO ENDOMETRIAL
PROGESTÁGENOS

• EFEITO HEMOSTÁTICO
• EFEITO ANTIMITÓTICO
• DIMINUIÇÃO DOS RECEPTORES DE
ESTRADIOL
• ESTABILIZA O CRESCIMENTO
ENDOMETRIAL
CICLO MENSTRUAL
NORMAL:
• FREQÜÊNCIA: entre 21 e 35 dias (média
28 dias)

• DURAÇÃO: entre 1 e 8 dias ( média 4


dias)

• QUANTIDADE: entre 1 e 80 ml ( 30 ml)


NOMENCLATURA:
• MENORRAGIA: menstruação em
quantidade excessiva ( acima de 80 ml)
• HIPERMENORRÉIA: menstruação
prolongada ( acima de 7 dias)
• HIPOMENORRÉIA: menstruação menor
do que 3 dias
• POLIMENORRÉIA: intervalo inferior a
21 dias
• OLIGOMENORRÉIA: intervalo superior
a 35 dias
SANGRAMENTO DISFUNCIONAL:
ELIMINA QUALQUER CAUSA
ORGÂNICA

• COLO UTERINO • DAS TUBAS

• ENDOMÉTRIO • DOS OVÁRIOS

• MIOMÉTRIO • GESTAÇÃO
COLO UTERINO:

• ECTOPIAS, CERVICITES,
EROSÕES
• TRAUMAS ( acidentes, coito)
• PÓLIPOS
• LESÕES POR HPV
• CÂNCER
ENDOMÉTRIO:
• PÓLIPOS ENDOMETRIAIS
• MIOMAS SUBMUCOSOS
• DIU
• HIPERPLASIA ENDOMETRIAL
• CÂNCER DE ENDOMÉTRIO
ENDOMÉTRIO: GRAVIDEZ

• AMEAÇA DE ABORTO
• ABORTAMENTO INCOMPLETO
• ABORTAMENTO INFECTADO
• PLACENTA PRÉVIA
• DESCOLAMENTO PREMATURO DE
PLACENTA
• NEOPLASIA TROFOBLÁSTICA
GESTACIONAL
• GRAVIDEZ ECTÓPICA
MIOMÉTRIO:
• MIOMAS INTRAMURAIS COM
INVASÃO ENDOMETRIAL

• ADENOMIOSE

• CORIOCARCINOMA
TROMPAS E OVÁRIOS:
• DOENÇA INFLAMATÓRIA PÉLVICA

• CISTOS OVARIANOS

• ENDOMETRIOSE

• TUMORES DA GRANULOSA E TECA


DIAGNÓSTICO:
• ADOLESCENTES:

• 10% dos casos de SUA


• Imaturidade do Eixo H.H.O
• Anovulação
• Discrasias Sangüíneas
DIAGNÓSTICO:
• MENACME:

• 20-30% dos casos de SUA


• Neoplasias Benignas
• Gestação
• Infecções
DIAGNÓSTICO:
• CLIMATÉRIO/MENOPAUSA

• 40-60% dos casos de SUA

• Neoplasias benignas e malignas

• TRH
DIAGNÓSTICO:
• ANAMNESE

• EXAME FÍSICO

• EXAMES COMPLEMENTARES
DIAGNÓSTICO: ANAMNESE
• NÃO SE MEDE A PERDA
MENSTRUAL
• AVALIAR O NÚMERO E O TIPO DE
TAMPÕES USADOS
• INTERVALO DAS TROCAS
• SANGUE PASSA PARA A ROUPA DO
CORPO
• SANGUE PASSA PARA A ROUPA DE
CAMA
DIAGNÓSTICO: EXAME
FÍSICO
• AVALIAR PATOLOGIAS
ORGÂNICAS

• EXAME ESPECULAR

• TOQUE VAGINAL BIMANUAL

• COLPOSCOPIA
DIAGNÓSTICO: exames
subsidiários
• FSH/LH/PROLACTINA
• HEMOGRAMA /COAGULOGRAMA
• ESFREGAÇO CERVICOVAGINAL
• BIÓPSIA ENDOMETRIAL
• TESTE DO PROGESTOGÊNIO
• DILATAÇÃO E CURETAGEM
• USG TRANSVAGINAL E DOPPLER
• HISTEROSCOPIA
ESFREGAÇO CÉRVICO-
VAGINAL

• CÂNCER DE COLO UTERINO:


eficácia de 95 %

• CÂNCER DE ENDOMÉTRIO: eficácia


de 60%
ASPIRAÇÃO ENDOMETRIAL

• TUBOS DE POLIETILENO ( 2-3mm) C/


SERINGA
• SENSIBILIDADE : 85%
• FALSOS-NEGATIVOS: 20%
• FALHA DIAGNÓSTICA: pólipos
endometriais, hiperplasias, miomas
submucosos
BIÓPSIA DE ENDOMÉTRIO

• CURETA DE NOVAK ou SONDA


TRAQUEAL
• TÉCNICA SIMPLES
• EFICÁCIA DIAGNÓSTICA: 87-97%
• FALSOS-NEGATIVOS: 5-15%
TESTE DE PROGESTERONA
• FÁCIL UTILIZAÇÃO
• BOA ACEITABILIDADE
• BARATO
• SCREENING PARA O CÂNCER DE
ENDOMÉTRIO
• PROGESTERONA
DILATAÇÃO E CURETAGEM
• PROCEDIMENTO DIAGNÓSTICO
MAIS REALIZADO NO MUNDO
• ACURÁCIA MENOR EM LESÕES
FOCAIS
• 70 % DA SUPERFÍCIE
ENDOMETRIAL
• 10-17 % DE FALSOS-NEGATIVOS
ULTRASONOGRAFIA

• EXCELENTE MÉTODO DE
AVALIAÇÃO DA CAVIDADE
PÉLVICA
• AVALIAÇÃO ENDOMETRIAL
• MORFOLOGIA
• ESPESSURA
HISTEROSCOPIA
• Permite a visualização direta da cavidade
uterina
• Realização Ambulatorial
• Método prático, rápido, reduz custos
hospitalares
• Biópsia direcionada
• Histeroscopia diagnóstica/ Cirúrgica
HISTEROSCOPIA:
INDICAÇÕES
• SANGRAMENTO UTERINO
ANORMAL
• ESTERILIDADE
• CORPOS ESTRANHOS
• PATOLOGIAS INTRACAVITÁRIAS
• MAL FORMAÇÕES MÜLLERIANAS
• PROGNÓSTICO DO CÂNCER
ENDOMETRIAL
OBRIGADO