Você está na página 1de 31

O culto

doméstico
criativo

Preparado por: Nelci de Rocco e Claudia Chagas


“...Eu e a minha casa
serviremos ao
Senhor.”
Josué
24:15
“O rei em seu trono não tem
função mais elevada que a mãe.
A mãe é a rainha do lar. Ela tem
em seu poder o modelar o
caráter dos filhos, para que
estejam capacitados para a vida
mais alta, imortal. Um anjo não
desejaria missão mais elevada.”
O Lar Adventista, pág. 231.
“Se já houve um tempo em que
cada casa deve ser uma casa de
oração, é hoje... Contudo, neste
tempo de terrível perigo, alguns
que professam ser cristãos não
celebram culto doméstico. Não
honram a Deus no lar; não
ensinam os filhos a amá-Lo e
temê-Lo”. O.C. 517
“As mães não apreciam nem pela
metade seus privilégios e
possibilidades. Parece não
compreenderem que podem ser, no
mais alto sentido, missionárias,
cooperadoras de Deus em ajudar os
filhos a formar um caráter
simétrico. Este é o grande encargo
da obra que Deus lhes dá. A mãe é
o agente de Deus para cristianizar
sua família.” MCP, I, 139, 140
Criatividade e simplicidade
são as chaves para o sucesso.
Para que o culto atinja seus objetivos,
deve ser planejado e realizado de modo a
cativar o interesse dos filhos: para isto
deve-se levar em conta sete itens:
1. Decisão:
Programe-se para começar.
2. Oração:
Ore para que seus
planos se realizem.
3. Hora e Duração:
O culto deve ser constante, dia após dia,
semana após semana, mês após mês.
4. O Lugar.
5. O Material:
Use ilustrações.
6. Participação:
Todos devem se
envolver e
participar.
“Tomem parte as
crianças na
leitura e na
oração, quando o
permitirem as
circunstâncias” T.
S. Vol3. 92
7. Programa:
Deve ser tão variado como flocos
de neve numa tempestade de
inverno.
O programa do
culto
1. Adoração
a. Ensine sempre cânticos novos.
b. Tenha um hino oficial para chamar os
membros da família para o culto.
c. Deixe que seus filhos apresentem
mensagens musicais especiais, cantadas
ou tocadas.
d. Escolha um cântico por semana ou mês.
e. Ensine cânticos de versos bíblicos.
f. Use Cds e fitas de vídeos com hinos.
g. Promova concursos tipo.
h. Sempre que possível, usar cânticos
especiais para crianças.
2. Gratidão: Incentive
o espírito de gratidão
desde cedo, para que os
filhos aprendam a
sentir o amor e o
cuidado de Deus,
através de Suas
bênçãos.
3. Oração: As orações devem
ser simples, sinceras e
fervorosas.
“A oração deve ser breve e
concisa”. T.S.vol 3.92
4. Parte Bíblica: Deve ser o
centro do culto, preparada com
antecedência e apresentada
observando-se o nível de
compreensão dos filhos.
5. Missão: Para que a família não se volte
totalmente para si, levante os olhos e veja
os campos ao redor do mundo (ao redor
de sua casa), esse momento contribui para
formar “praticantes” da Palavra e não
somente “ouvintes”.
Use estas idéias para dar um
brilho extra ao seu culto.

 Dramatizar as histórias bíblicas

 Ter livros para colorir,


relacionados com as histórias
lidas, ou quebra cabeças.
 Preparar partes especiais:
poesias, música instrumental,
etc...
 Permitir que as crianças dirijam
o programa.
 Estudar a história de hinos
conhecidos.
 Fazer concursos bíblicos.
(procurar textos bíblicos,
charadas, etc...)
 Repetir textos bíblicos em
família.

 Fazer programas especiais nas


datas comemorativas.

 Assistir uma fita de vídeo de


histórias bíblicas ou um filme
com a história de missionários ou
vultos famosos.
 Usar uma caixa de atividades,
contendo envelopes a serem
distribuídos aos membros da
família com atividades que
deverão desempenhar no culto
ou durante a semana.
 Organizar um caderno de
memórias da família, onde serão
registrados os fatos
marcantes ocorridos durante o
ano. Se possível, ilustre-o.
 Colocar pequenos recados com
surpresas dentro da Bíblia de
seus filhos e esposo (a) .

 Ensinar os filhos a manusearem


a Bíblia.
 Manter sempre afixados na
porta da geladeira e
distribuídos pela casa versos
para serem memorizados.
 Escolher uma noite por semana
para ligar para um interessado
ou alguém que esteja doente ou
ainda, uma pessoa solitária.
 Dedicar um culto ocasional só
para cantar.
 Distribuir papel e lápis .Cada
participante do culto deve traçar
alguns objetivos para o dia
seguinte.
“Amarás , pois, o Senhor teu
Deus de todo o teu coração, de
toda a tua alma, e de toda a tua
força. Estas palavras que hoje te
ordeno, estarão no teu coração:
tu as inculcarás a teus filhos, e
delas falarás assentado em tua
casa, e andando pelo caminho, e
ao deitar-te e ao levantar-te”.
Dt. 6:5-7
“A restauração e erguimento da
humanidade começam no lar. A
obra dos pais é a base de toda
outra obra... A felicidade da
sociedade, o êxito da igreja, a
prosperidade da nação, dependem
das influências domésticas.”
CBV, 349
“O culto familiar não deve ser governado
pelas circunstâncias. Não deveis orar
ocasionalmente e, quando tendes um
grande dia de trabalho à vossa frente,
negligenciar a oração. Assim fazendo,
levais os filhos a considerar a oração
sem importância especial. Muito
significa a oração para os filhos de Deus,
e as ofertas de gratidão devem ascender
diante de Deus de manhã e de tarde.”...
Pais e mães, por mais prementes que
sejam vossos afazeres, não deixeis de
reunir vossa família em torno do altar de
Deus.” OC, 520
“Para que se desperte e fortaleça o
amor ao estudo da Bíblia, muito
depende do uso feito da hora de
culto. As horas dos cultos matutino
e vespertino, devem ser as mais
agradáveis e auxiliadoras do dia.”
OC, 522