Você está na página 1de 28

ORGANIZAÇÃO DE

BANQUETES E EVENTOS

CURSO DE GASTRONOMIA

PROFª CELENE FIDELIS FRIAS FERREIRA.


HABILIDADES:

 Utilizar informações referentes a captação de


eventos;
 Articular outros profissionais prestadores de
serviços;
 Elaborar check-list para acompanhamento e
avaliação dos eventos;
 Aplicar procedimentos necessários à
operacionalização das atividades planejadas;
COMPETÊNCIAS:

 Identificar, avaliar e selecionar informações


importantes para a captação de eventos;
 Identificar espaços, locais e equipamentos
para eventos;
 Conceber e programar produtos e serviços a
serem oferecidos nos eventos;
 Organizar meios e recursos para
concretização dos produtos e serviços.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
 UNIDADE I
 Conceito, classificação e tipologia de eventos e banquetes;
 O perfil do organizador de eventos e banquetes;
 O processo de planejamento de eventos;
 Exposição teórica sobre banquetes,
 Fechamento de eventos, contratos, ordem de serviço, reunião de
catering
 UNIDADE II
 Noções de etiqueta à mesa
 Maneira correta de comer os alimentos
 Serviços em eventos
 Serviço de bar
 UNIDADE III
 - Noções de cerimonial e protocolo
 - Tipos de Jantar (casamentos, formaturas, empresariais)
 - Criação de cardápios e planejamento de um evento
 - Organização de um jantar nos aspectos quantitativos e
financeiros
 UNIDADE IV
 - Coffee-break
 - Café da Manhã
 UNIDADE V
 - Almoço
 - Chá/Cocktail
 - Criação de cardápios e planejamento de eventos
 - Noções sobre decoração e arranjos para eventos
 UNIDADE VI
 - Check List dos eventos (operacional)
 - Relação de Material para os eventos
 - Brunch
 - Evento Temático
BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

 PACHECO, Aristides de Oliveira. Manual de


organização de banquetes. 2ed. rev. atual.
São Paulo: Editora SENAC, 2000.
 ANDRADE, Renato Brenol. Manual de
Eventos. Caxias do Sul: EDUCS, 1999.
 MATIAS, Marlene. Organização de Eventos:
procedimentos e técnicas. Barueri: Manole
Ltda, 2001
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

 MARTIN, Vanessa. Manual prático de eventos.


São Paulo: Atlas, 2003.
 ZANELLA, Luiz Carlos. Manual de organização
de eventos: planejamento e
operacionalização. São Paulo: Atlas, 2003.
 GOMES, Sara. Guia do Cerimonial: do trivial
do formal. Brasília: LGE, 1997.
 NUNES, Marina Martinez. Cerimonial para
executivos: um guia para execução e
supervisão de eventos empresariais. Porto
Alegre: Sagra DC Luzzatto, 1996.
METODOLOGIA:
 Aulas expositivas com e apoio com conteúdo teórico e de exercícios
desenvolvidos em sala de aula, para a fixação de conhecimentos
aplicados;
 Utilização de tecnologias didático-pedagógicas (utilização de projetor
multimídial, dispositivos e transparências);
 Estudo dirigido e trabalho em grupo
 Estudos de caso, vídeos empresariais;
 Visitas técnicas e palestras (para aproximar os alunos da realidade do
mercado)
 Seminário - divisão em 08 grupos para trabalhar os seguintes temas
(sorteio) :
 café da manhã
 coffee break
 brunch
 almoço (buffet executivo)
 jantar (casamento)
 cocktail empresarial
 serviço de chá
 festa temática
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
N1
 Relatório do Filme - (1 Ponto)
 Estudo de Caso (1 Ponto)
 Projeto Integrador (3 Pontos)
 Avaliação da Palestra (1 Ponto)
 Apresentação dos Seminários (4 Pontos)

N2
 AVALIAÇÃO FINAL INDIVIDUAL - 10 PONTOS
• Eventos sob uma abordagem para Marketing.

KOTLER define Eventos como “acontecimentos


planejados para transmitir mensagens específicas
para públicos-alvo.”
KOTLER, Philip. Administração de marketing: a edição do
novo milênio. São Paulo: Prentice Hall, 2000. 765 p

• Marketing de Eventos

“É a modalidade de Marketing Promocional que


objetiva criar ambientes interativos onde o negócio do
patrocinador se junta a consumidores potenciais,
promove a marca e aumenta as vendas”.
MELO NETO, Francisco Paulo de. Marketing de Eventos. Rio de
Janeiro: SPRINT, 1998.
Eventos sob uma abordagem de
Relações Públicas.
Eventos: “Um instrumento institucional e
promocional, utilizado na comunicação dirigida
com finalidade de criar conceito e estabelecer a
imagem de organizações, produtos, serviços,
idéias e pessoas, por meio de um acontecimento
previamente planejado a ocorrer em um único
espaço de tempo com a aproximação entre os
participantes quer seja física, quer seja por meio
de recursos da tecnologia”.
MEIRELLES, Gilda Fleury. Tudo sobre eventos. São Paulo: STS, 1999. 216 p.
Eventos sob a abordagem do
turismo
“Os eventos constituem parte significativa na
composição do produto turístico, atendendo
intrinsecamente a exigências de mercado em
matéria de entretenimento, lazer, conhecimento,
descanso e tantas outras motivações. Podem
representar, quando adequadamente identificados
com o espaço onde se realizam; a valorização das
particularidades locais, tornando-as partes
destacadas da atração. Mas podem também ser
constituídas por iniciativas fundamentadas apenas
num cenário de atendimento das exigências do
mercado consumidor.”
ANDRADE, José Vicente. Turismo, fundamentos e dimensões. São Paulo: Ática, 1995.
EVENTOS E SUAS
CLASSIFICAÇÕES
PARA MELHOR ENTENDER A DINÂMICA
DOS EVENTOS, CONVENCIONOU-SE
CLASSIFICÁ-LOS POR:
 CATEGORIA: INSTITUCIONAL E
PROMOCIONAL/MERCADOLÓGICO
 ÁREAS DE INTERESSE: ARTÍSTICA, CIENTÍFICA, CULTURAL,
EDUCATIVA, CÍVICA, POLÍTICA, EMPRESARIA, LAZER, SOCIAL,
DESPORTIVA, RELOIGIOSA, BENEFICENTE, TURÍSTICA
 LOCALIZAÇÃO: LOCAIS, DISTRITAIS, MUNICIPAIS,
REGIONAIS, ESTADUAIS, NACIONAIS E INTERNACIONAIS
 CARACTERÍSTICAS ESTRUTURAIS: PEQUENO (200), MÉDIO
(200/500), GRANDE (ACIMA DE 500), MACROEVENTO
 DATA: FIXA, MÓVEL, ESPORÁDICA
 PERFIL DO PARTICIPANTES: GERAL, DIRIGIDO, ESPECÍFICO
 TIPOLOGIA: PROGRAMAS DE VISITAS, EXPOSIÇÕES,
ENCONTROS TÉCNICOS E CIENTÍFICOS, ENCONTROS DE
CONVIVÊNCIA, CERIMONIAIS, EVENTOS COMPETITIVOS,
INAUGURAÇÕES, LANÇAMENTOS, EXCURSÕES, DESFILES,
LEILÕES, DIAS ESPECÍFICOS, OUTROS.
Por Categoria
•Institucional: quando visa criar ou firmar o
conceito e a imagem da empresa, entidade,
governo ou pessoa;
•Promocional ou Mercadológico (comerciais):
quando objetiva a promoção de um produto ou
serviço de uma empresa, governo, entidade ou
pessoa, em apoio ao marketing, visando,
portanto, fins mercadológicos
•Essa classificação está diretamente ligada aos
objetivos que se pretende chegar à realização do
evento.
Por Área de Interesse Os eventos situam-se
em suas áreas de interesse, no entanto, alguns
se enquadram em várias áreas ao mesmo
tempo. São elas:
 Política
 Artística  Governamental
 Científica  Empresarial
 Cultural
 Lazer
 Folclórica
 Social
 Educativa
 Desportiva
 Informativa
 Religiosa
 Cívica
 Turística
Classificação por Localização
 Mundial – reúne participantes de todos os
continentes;
 Internacional – no mínimo 20% dos
participantes representam outro continente que
não aquele onde se realiza o evento;
 Latino-Americano – no mínimo 20% dos
participantes representam quatro outros países
que não aquele onde se realiza o evento;
 Brasileiro – reúne participantes de todos os
estados brasileiros;
 Regional – reúne participantes de determinada
região;
 Municipal – de interesse local fica restrito à
participantes de um só município.
CARACTERÍSTICAS ESTRUTURAIS

 BRITO, Janaína (2002, p.59) classifica


eventos em termos de estrutura como:

- PEQUENO (até 200 participantes),


- MÉDIO (de 200 a 500 participantes),
-GRANDE ( acima de 500 participantes_
 Para MENESACAL (2000, p.19), quanto à
dimensão, os eventos podem ser:
 macroeventos - aqueles que, pela
dimensão ocupam todo o parque hoteleiro
de uma ou várias cidades, é capaz de
aglutinar milhares de pessoas, envolvem
entidades públicas e privadas na sua
organização, parceria ou apoio e ainda
exigem divulgação de âmbito
internacional. Normalmente o público é
diversificado. São exemplos os
Congressos Internacionais
 grande porte - eventos que normalmente são
organizados pela iniciativa privada e utilizam boa parte
da oferta local de espaço existente. Envolvem um
público numeroso, gera benefícios para o turismo e
hotelaria e a iniciativa pública fornecem apoio
principalmente em segurança, transportes e saúde.

 médio porte - aqueles quase sempre são promovidos


pela iniciativa privada e atinge grande público. Nessa
categoria, estão inseridos grande parte dos eventos de
âmbito regional como feiras, exposições, seminários
setoriais, congressos nacionais. Ocorrem em várias
regiões possibilitando a participação de grande parte da
população. Normalmente são realizados em espaços
próprios: centros de convenções, parque hoteleiro.
 pequeno porte - eventos de caráter
empresarial, público ou privado mais
dirigido a um público segmentado. Conta
com a presença de um pequeno número
de participantes e não tem grande
impacto direto no turismo. Podem se
inserir nessa categoria os eventos
regionais.
Classificação em relação à Data:
 Eventos com data fixa são os que são inflexíveis na
mudança da data. Realizam-se sempre todos os anos,
na mesma data ou tem uma periodicidade determinada.
(Ex. Natal, sete de setembro).
 Eventos de data móvel são os que acontecem sempre,
mas têm data variável segundo os interesses ou mesmo
o calendário de eventos. A maioria dos eventos
científicos se enquadram nessa classificação. Ex: III
Congresso Brasileiro de Medicina Alternativa, Carnaval,
Semana Santa etc.
 O Evento tem data esporádica quando apenas
acontecem em função de fatos extraordinários, porém,
previsíveis.
Quanto ao Perfil dos Participantes.
 Eventos de massa ou geral - são os
organizados para um público não segmentado,
geralmente são abertos à comunidade e se
restringem apenas de acordo com a capacidade
do local.
 Eventos dirigidos - quando são programados
para um público que tem afinidade/expectativas
com relação ao tema.
 Um evento é considerado específico quando o
seu público de interesse é claramente
determinado.
Classificação dos Eventos por Tipo

Programas de Famtour
Visitas Openday

Feiras
Exposições
Road-shows
Exposições Show case
Mostras
Salões
Vernissage
Congressos
Conferências
Videoconferências
Ciclos de Palestras
Simpósios
Mesas-redondas
Painéis
Fóruns
Convenções
Seminários
Encontros Técnicos Debates
Científicos Conclaves
Brainstormings
Semanas
Jornadas
Concentrações
Entrevistas coletivas
Workshops
Oficinas
Assembléias
Estudos de caso
Comícios
Passeatas
Carreatas
Saraus
Coquetéis
Happy-hours
Chás da tarde
Chás-de-bebê
Chás-de-cozinha
Chás beneficentes
Encontros de Chás-bar
Convivência Almoços
Jantares
Banquetes
Cafés da manhã
Brunches
Coffee-breaks
Guest Coffees
Encontros culturais
Shows
Festivais
Cerimônias Cerimônias de cunho religioso
Cerimônias fúnebres
Casamentos
Bodas
Cerimônias de Posse
Cerimônias acadêmicas
(formatura, outorga de títulos,
aula magna)
Eventos Competitivos Concursos
Gincanas
Torneios
Campeonatos
Olimpíadas
Inaugurações Espaços físicos;
Monumentos (históricos e
homenageativos)
Lançamentos De pedra fundamental
De livros
De empreendimentos
imobiliários
De maquetes
De produtos
De serviços
Excursões Técnicas
De incentivo
Educacionais
Desfiles Desfiles cívicos
Desfiles de moda
Leilões Variados
Dias Específicos Variados
Outros Variados

Interesses relacionados