Você está na página 1de 40

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

GERENCIAIS
INTRODUÇÃO

Os executivos, em suas tarefas


diárias, tratam com dados, que
geralmente são escassos quando
relevantes ou excessivos quando
dispensáveis.
À medida que aumenta a
complexidade interna da empresa e no
ambiente em que ela atua, o processo
de tomada de decisão tende a tornar-
se, também, mais complexo.
2
INTRODUÇÃO

Para atender a essa situação de


maneira adequada, o executivo
necessita de sistemas de informação
eficientes, que processam grande
volume de dados gerados e produzem
informações válidas.
Essas informações devem propiciar a
identi-ficação dos problemas e das
necessidades organizacionais nos
vários níveis da empresa, bem como
fornecer subsídios para avaliar o
3
impacto das diversas decisões a serem
CONCEITO

Dado: é qualquer elemento identificado


em sua forma bruta que, por si só, não
conduz a uma compreensão de
determinado fato ou situação.
Informação: é o dado trabalhado que
permite ao executivo tomar uma decisão.
Sistema de informação: é o processo de
transfor-mação de dados em
informações. E, quando esse processo
está voltado para a geração de informa-
ções que são necessárias e utilizadas no
proces-so decisório da empresa, diz-se4
MODELO PROPOSTO

5
MODELO PROPOSTO

O executivo é um tomador de
decisões, independentemente de seu
nível hierárquico na empresa.
Portanto, esse executivo precisa de
elementos que lhe permitam:

caracterizar o problema que está exigindo


uma ou mais decisões para uma solução;

compreender o ambiente que cerca as


decisões; e

identificar os impactos que essas decisões6


MODELO PROPOSTO

O processo administrativo apresenta a


tomada de decisões como elemento
básico.
O processo decisório implica a
necessidade de uma racionalidade
objetiva que traz, como conseqüência, a
necessidade de o tomador de decisão
ajustar seu comportamento a um sistema
integrado, por meio de uma visão ampla
de alternativas que se lhe afiguram antes
da tomada de decisão e da consideração
de todo o conjunto complexo de
7
conseqüências que poderá ser gerado
MODELO PROPOSTO

O processo de tomada de decisão implica


o conhecimento prévio das condições
básicas da empresa e de seu ambiente,
bem como a avaliação das conseqüências
futuras advindas das decisões tomadas.
Esse conhecimento é propiciado pelas
infor-mações de que o tomador dispõe
sobre as operações da empresa, de seus
concorrentes, fornecedores, mercado
financeiro, mercado de mão-de-obra,
políticas governamentais, etc.
8
IMPORTÂNCIA DOS SIG

redução dos custos das operações;


melhoria no acesso às informações,
propiciando relatórios mais precisos e
rápidos, com menor esforço;
melhoria na produtividade;
melhoria nos serviços realizados e
oferecidos;
melhoria na tomada de decisões, por
meio do fornecimento de informações
mais rápidas e precisas;
estímulo de maior interação dos
9
tomadores de decisão;
IMPORTÂNCIA DOS SIG

fornecimento de melhores projeções dos


efeitos das decisões;
melhoria na estrutura organizacional,
para facilitar o fluxo de informações;
melhoria na estrutura de poder,
proporcionando maior poder para
aqueles que entendem e controlam o
sistema;
redução do grau de centralização de
decisões na empresa; e
melhoria na adaptação da empresa para
enfrentar os acontecimentos não10
previstos.
ALGUNS ASPECTOS DAS DECISÕES

O sucesso de uma decisão pode depender


de um processo de escolha adequado.
Uma forma de estabelecer as fases do
processo decisório é apresentada a
seguir:
Identificação do problema;
Análise do problema, com base na
consolidação das informações sobre ele.
Estabelecimento de soluções alternativas;
Análise e comparação das soluções
alternativas, por meio de levantamentos das
vantagens e desvantagens de cada11
alternativa;
ALGUNS ASPECTOS DAS DECISÕES

Seleção de alternativas mais adequadas, de


acordo com critérios preestabelecidos;
Implantação da alternativa selecionada,
incluindo o devido treinamento e
capacitação das pessoas envolvidas;
Avaliação da alternativa selecionada por
meio de critérios devidamente aceitos pela
empresa.

12
ALGUNS ASPECTOS DAS DECISÕES

Classificação das decisões:

A – Decisões Programadas: são as


caracterizadas pela rotina e repetitividade, para
as quais é possível estabelecer um
procedimento padrão para ser acionado cada
vez que ocorra sua necessidade. São decisões
permanentes e caracterizam-se por situações
bem definidas, muito repetitivas e rotineiras
para as quais existem informações adequadas;
e, geralmente, servem como guia da atividade
administrativa, tais como objetivos, desafios,
metas, políticas e procedimentos.
13
ALGUNS ASPECTOS DAS DECISÕES

Classificação das decisões:

B – Decisões Não Programadas: são as não


estrutu-radas e caracterizam-se, basicamente,
pela novidade; isso porque não é possível
estruturar o método-padrão para serem
acionadas, dada a inexistência de referenciais
precedentes, ou então porque o problema a ser
resolvido, devido a sua estrutura, é ambíguo e
complexo, ou ainda porque é importante que
sua solução implique a adoção de medidas
específicas. Normalmente, estão inseridas num
contexto de ambiente dinâmico, que se
14
modifica rapidamente com o decorrer do tempo.
ALGUNS ASPECTOS DAS DECISÕES

A decisão pode ser tomada sob


determinadas condições:

Tomada de decisão sob condição de certeza,


em que cada curso de ação possível conduz a
um resultado específico;
Tomada de decisão em condições de risco, em
que cada alternativa possível conduz a um
conjunto de resultados específicos associados a
probabilidades conhecidas; e
Tomada de decisão em condições de incerteza,
quando as probabilidades associadas aos
resultados são desconhecidas.
15
ESQUEMA BÁSICO DOS SIGs

O Sistema de Informações é
representado pelo conjunto de
subsistemas, visualizados de forma
integrada e capazes de gerar
informações necessárias ao processo
decisório dos executivos da empresa:
administração de marketing;
administração da produção;
administração financeira;
administração de materiais;
administração de recursos humanos;
administração de serviços; e
16
gestão empresarial.
DESCRIÇÃO DAS FUNÇÕES E ATIVIDADES

Identificação e caracterização das


funções e atividades básicas:
Áreas funcionais fim: englobam as funções e
atividades envolvidas diretamente no ciclo
de transformação de recursos em produtos
e serviços (administração de marketing e de
produção);
Áreas funcionais meio: congregam as
funções e atividades que proporcionam os
meios para que haja a transformação de
recursos em produtos e serviços e sua
colocação no mercado (administração
financeira, de materiais, de recursos
humanos, de serviços e gestão17
ÁREAS FUNCIONAIS BÁSICAS DE UMA
EMPRESA

18
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Marketing:
As funções e atividades básicas propostas,
que devem ser consideradas na análise e no
estudo do SIG são:
Função produto:
- desenvolvimento dos produtos atuais;
- lançamento de novos produtos;
- forma de apresentação dos produtos; e
- embalagem.
Função distribuição:
- expedição;
- venda direta; e
- venda por atacado. 19
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Marketing:
Função promoção:
- material promocional;
- promoção;
- publicidade;
- propaganda; e
- amostra grátis.

Função preços:
- estudo e análises; e
- estrutura de preços, descontos e prazos.
20
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Marketing:

21
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração da Produção:
Suas funções e atividades básicas são:
Função fabricação:
- processo produtivo;
- programação; e
- controle.

Função qualidade:
- planejamento;
- desenvolvimento; e
- controle.

Função manutenção:
- preventiva; e
22
- corretiva.
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração da Produção:

23
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração Financeira:
As funções e atividades básicas propostas,
que devem ser consideradas na análise e no
estudo do SIG são:
Função planejamento de recursos financeiros:
- orçamentos;
- programação das necessidades de recursos financeiros;
- projeções financeiras; e
- análise do mercado de capitais.
Função captação de recursos financeiros:
- títulos;
- empréstimos e financiamentos; e
- administração de contratos de empréstimos e 24
financiamentos.
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração Financeira:
Função gestão de recursos disponíveis:
- pagamentos;
- recebimentos;
- operações bancárias;
- fluxo de caixa; e
- acompanhamento do orçamento financeiro.
Função seguros:
- análise do mercado securitário;
- contratação de apólices;
- administração das apólices; e
- liquidação de sinistros.
Função contábil:
- contabilidade patrimonial;
- contabilidade de custos; e
25
- contabilidade geral.
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração Financeira:

26
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Materiais:
Suas funções e atividades básicas são:
Função planejamento de materiais e equipamentos:
- programação das necessidades de materiais e
equipamentos;
- análise de estoques;
- normatização e padronização; e
- orçamento de compras.

Função aquisições:
- seleção e cadastramento de fornecedores;
- compras de materiais e equipamentos; e
- contratação de serviços e obras.
27
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Materiais:
Função gestão de materiais e
equipamentos:
- inspeção e recebimento;
- movimentação de materiais;
- alienação de materiais e equipamentos;
- controle de estoques; e
- distribuição e armazenagem de materiais e
equipamentos.

28
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Materiais:

29
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Recursos Humanos:


Suas funções e atividades básicas são:
Função planejamento:
- programação das necessidades de pessoal;
- análise do mercado de trabalho;
- pesquisa de recursos humanos; e
- orçamento de pessoal.
Função suprimento do quadro de pessoal:
- cadastramento de candidatos a emprego;
- recrutamento;
- seleção;
- registro e cadastramento; e
- contratação de mão-de-obra de terceiros. 30
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Recursos Humanos:


Função gestão de recursos humanos:
- movimentação de pessoal;
- cargos e salários;
- controle de pessoal;
- acompanhamento de orçamento de pessoal; e
- relações com sindicatos.

Função desenvolvimento de recursos humanos:


- avaliação de desempenho;
- acompanhamento de pessoal; e
- treinamento e capacitação.

Função pagamentos e recolhimentos:


- folha de pagamentos;
- encargos sociais; e
31
- rescisão de contrato de trabalho.
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Recursos
Humanos:
Função benefícios:
- assistência médica;
- empréstimos e financiamentos;
- lazer; e
- assistência social.

Função obrigações sociais:


- medicina do trabalho;
- segurança do trabalho;
32
- ações trabalhistas; e
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Recursos
Humanos:

33
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Serviços:
Suas funções e atividades básicas são:
Função transportes:
- planejamento da frota de veículos e normatização do
uso dos transportes na empresa; e
- administração da frota de veículos.

Função patrimônio imobiliário :


- cadastro de patrimônio imobiliário;
- alienação e locação de imóveis; e
- administração do patrimônio imobiliário.
34
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Serviços:
Função serviços de apoio:
- manutenção, conservação e reforma dos locais, instalações
civis, elétricas e hidráulicas ;
- administração de móveis e equipamentos de escritório;
- planejamento e operação do sistema de comunicação
telefônica;
- serviços de zeladoria, limpeza e copa;
- manutenção da correspondência da empresa;
- administração dos arquivos;
- serviços de gráfica;
- relações públicas;
- segurança;
- serviços jurídicos; e 35
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Administração de Serviços:

36
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Gestão Empresarial:
Suas funções e atividades básicas são:
Função planejamento e controle empresarial:
- planejamentos estratégicos;
- planejamentos táticos;
- planejamentos operacionais;
- planejamento das atividades da empresa; e
- auditoria.
Função sistema de informações:
- planejamento do sistema de informações;
- desenvolvimento e manutenção dos sistemas de
informações;
- equipamentos de informática; e
- relatórios gerenciais. 37
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Gestão Empresarial:

38
DECOMPOSIÇÃO DAS ÁREAS FUNCIONAIS

Com base nas áreas funcionais e


respectivas atividades
identificadas, o analista de
sistemas, organização e métodos
tem condições de estruturar o
trabalho de identificação,
desenvol-vimento e
implementação dos Sistemas de
Informações gerenciais na
empresa.

39
ESTRUTURAÇÃO DOS RELATÓRIOS
GERENCIAIS

Para a estruturação dos


relatórios gerenciais, o analista
pode considerar alguns aspectos
básicos:

Números;
Gráficos;
Comentários;
Decisões e ações;
Recursos; e
40
Resultados.