Você está na página 1de 25

GESTÃO AMBIENTAL E ECONOMIA SUSTENTÁVEL:UM ESTUDO DE CASO DA DESTILARIA PIONEIROS S/A.

Gestão ambiental; Economia Sustentável; Reflorestamento.

A COMPETITIVIDADE ENTRE AS ORGANIZAÇÕES

Apresenta-se cada vez mais intensa, exigindo assim, estratégias para a sobrevivência de tais organizações no mercado. Diante desta realidade, torna-se imprescindível a busca por uma economia sustentável, desenvolvendo projetos voltados para a preservação ambiental, tendo como retorno seu reconhecimento e abertura nos mercados nacional. Bem como a consciência de esta contribuindo para um futuro promissor.

assegurando seu uso para as gerações futuras. .DIANTE DA EVOLUÇÃO DAS RESPOSTAS DO SETOR PRODUTIVO À QUESTÃO DO MEIO AMBIENTE. SURGIU A IDEIA DE GESTÃO AMBIENTAL QUE VERSAVA SOBRE UMA GERÊNCIA GLOBAL NESSA ÁREA  O principal objetivo de um processo de gestão é tratar de maneira integral os sistemas hídricos ou básicos. buscando seu aproveitamento e recuperação a fim de satisfazer as crescentes demandas da população.

ao mesmo tempo que se esperava do desenvolvimento da ciência uma resposta para os problemas ambientais pelo progresso”. fosse capaz de digerir e neutralizar as agressões cometida pelo homem.  . “Entretanto. teve-se a ilusão de que a natureza.O TERMO PARADOXO PARECE APROPRIADO PARA EXPRESSAR A ESSÊNCIA QUE CARACTERIZA A SOCIEDADE MODERNA  o presente estudo busca demonstrar a importância da gestão ambiental. com seu formidável poder depurador. voltando para a responsabilidade das empresas em garantir sua sobrevivência sem que comprometa gerações futuras. durante muito tempo.

PROBLEMA DE PESQUISA E OBJETIVO  A PRESENTA-SE COMO PROBLEMA DE PESQUISA: ATE QUE PONTO AÇÕES VOLTADAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PODEM AUXILIAR A EMPRESA EM SUA SOBREVIVÊNCIA NO MERCADO E SEU DEVIDO RECONHECIMENTO PELA COMUNIDADE LOCAL?  O PRESENTE TRABALHO TEM COMO OBJETIVO DEMONSTRAR A IMPORTÂNCIA DE SE ADOTAR UMA GESTÃO VOLTADA PARA A PRESEVAÇÃO DE MEIO AMBIENTE EM BUSCA DE UMA ECONOMIA SUSTENTÁVEL. PARA ASSIM MANTER A SOBREVIVÊNCIA DA EMPRESA SEM COMPROMETER AS GERAÇOES FUTURAS. .

GESTÃO AMBIENTAL •Revisão Bibliográfica .

e outros). ocorrendo em três etapas citadas a seguir: 1ª Etapa: problemas Ambientais localizado 2ª Etapa: problemas generalizados em nível de Estados Nacionais 3ª Etapa: percebida como problema planetário  . governos.REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Percepção ambiental Segundo Barbieri (1997) a Percepção Ambiental surge lentamente nos diversos agentes (indivíduos.

GESTÃO AMBIENTAL – A BUSCA DA SUSTENTABILIDADE Como medida para tentar frear a degradação ambiental. surgindo assim a proposta de sustentabilidade desenvolvida neste debate internacional .

(Estados Unidos)Criação da Agência de Proteção Ambiental (EPA).(Brasil)Realização da conferência do Rio de Janeiro ECO-92 2002 – Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (também conhecida como Rio+10). Década de 70 .       Década de 60 .RESUMO HISTÓRICO DOS PONTOS MAIS RELEVANTES DA EVOLUÇÃO DA PREOCUPAÇÃO AMBIENTAL NO MUNDO. na África do Sul . 1992 . em Joanesburgo. 1986 – A ICC estabeleceu diretrizes ambientais para a indústria mundial.Crise do petróleo e do modelo energético vigente.

GESTÃO AMBIENTAL LEIS AMBIENTAIS E CANA-DE-AÇÚCAR .

LEIS AMBIENTAIS Lei 4.  . 2º.  art.  art. 16º restrições para a exploração.771 de 15 de setembro de 1965 que institui o Código Florestal. 18º discorre sobre o reflorestamento de áreas privadas. áreas de preservação permanente.  art.

AGRICULTURA VERTENTES DA AGRICULTURA ATUAL:  Sistemas agrícolas mais primitivos. Sistemas de produção altamente intensificados.  .

Técnicas de cultivo da cana-de-açúcar.  .CANA-DE-AÇÚCAR  A produção de álcool e açúcar.

  Subsistema de transportes. Subsistema industrial. .CANA-DE-AÇÚCAR Três subsistemas a serem considerados:  Subsistema agrícola.

Emissão de diversos gases á atmosfera. Destruição de fauna e flora dentre outros.   .IMPACTOS NO MEIO AMBIENTE Impactos ambientais causados pelas técnicas de plantio e colheita:  Queima de nutrientes do solo.

GESTÃO AMBIENTAL METODOLOGIA Foi realizada uma pesquisa descritiva. na forma de estudo de caso em uma Usina de álcool e açúcar. a Destilaria Pioneiros S/A. .localizada no Interior de São Paulo.

METODOLOGIA  A pesquisa foi feita abordando a grande preocupação com a preservação ambiental. tendose como base a teoria aplicada e um trabalho de campo elaborado através de uma pesquisa exploratória. .

METODOLOGIA A pesquisa tem como objetivo proporcionar maior afinidade com o problema com vista de torná-lo mais explicita.  Propósito do estudo de caso: Identificação de alguns elementos importantes a serem considerados pelas empresas na busca de uma gestão ambiental sustentável.  .

.LIMITAÇÕES DA PESQUISA  Este artigo não tem pretensão de desenvolver novas soluções para o problema de Gestão Ambiental.

.LIMITAÇÕES DA PESQUISA  O seu propósito se baseia na identificação de alguns elementos importantes a serem considerados pelas empresas na busca de uma gestão ambiental sustentável.

. os pecuaristas ousaram ao instalar uma destilaria de álcool com o intuito de dinamizar a economia local. onde a princípio existia uma fazenda de engorda de gado. harmonioso.ANÁLISE DE RESULTADOS  HISTORICO DA ORGANIZAÇÃO: Segundo manual histórico da empresa o desafio da Destilaria Pioneiros é criar um ambiente saudável. sustentável e de prosperidade.

educar e preparar os cidadãos para preservação da natureza. demonstrando a importância do plantio de sementes e desenvolvendo a cultura do reflorestamento da região.ANÁLISE DE RESULTADOS  A Pioneiros busca através de seus projetos ecológicos. .

GESTÃO AMBIENTAL Considerações finais .

. mas também como estratégia de desenvolvimento da empresa a médio e longo prazo.PREOCUPAÇÃO COM O MEIO AMBIENTE  O trabalho comprovou que a consciência ambiental nas organizações é válida não só como fator social. trazendo benefícios para ambas as partes.

ao utilizar o bagaço da cana-de açúcar para produzir energia.UTILIZAÇÃO EFICAZ DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR  A empresa mostra pleno conhecimento da gestão ambiental quando resolve dar utilidade aos “restos” provenientes da produção de álcool e açúcar. .

 2F/4043457.7908 .4.4 97.85.20394/.. .../0/0803.424 0897.4:6:0.2-. 2.03/4-0301J.!# &!@     % 97.4241.438.485. .7.3.H3.42574.8.9F.025708..94784.08F.348O .847.-.E/.4.2-039.89.2-F2.3.

574/:70307.24897.0303908/.74-..4/.7:9/.6:.2-039.430. /0 .574/:4/0 E.7..3.5034.4:9.48 708948 574../0 ..0/..440.&%@  @    @ # 025708. 0894.7 ...75.20394/.3/47084. .