Você está na página 1de 26
P P rof Bil P P a a u u l l Jo Jo n n
P P rof Bil P P a a u u l l Jo Jo n n
P P rof Bil P P a a u u l l Jo Jo n n

PProf rof.:.: Bil Billyly PPaauull JoJonneses BBiióólologgoo CCoonf nfererencis encistata Mo Motitivvaaccioionnal al

DDirir..

ExExeec. c. ddaa Dese Desennvvoollvviimmenentoto PPess essooal al

bbilillyp lypaauull202006@y 06@yaahhoooo.co .comm..bbrr

Gripe e Resfria do Com um Gripe e Resfria do Com um Fe bre Fe bre
Gripe e Resfria do Com um
Gripe e Resfria do Com um
Fe bre
Fe bre
P ros t ra ção
P ros t ra ção
G R I PE
Dores de Ca beça e M uscu lares
Dores de Ca beça e M uscu lares
Nariz
Nariz
Farin
Faringege
RE SF RI A DO
Líquido t ran sparen t e e aq uoso
Líquido t ran sparen t e e aq uoso
EEsspirros
pirros ee Dores
Dores dede CaCabeça
beça
T rans mis são T rans mis são Gotí c ulas de secr eção das v
T rans mis são
T rans mis são
Gotí c ulas de secr eção das v ias res piratór ias, lançadas no
Gotí c ulas de secreção das v ias res piratór ias, lançadas no
ambient e atrav és de es pirros e tos se
ambient e atrav és de es pirros e tos se
A d i sseminação é facilitada por:
A d i sseminação é facilitada por :
-
-
A glome rações humanas
A glome rações humanas
-
-
Poeira
Poeira
-
-
Fri o ( ir rita as mucosas da s vias aéreas )
Fri o ( ir rita as mucosas das vias aéreas )
-
-
Má s condições de higiene e aliment ação
Má s condições de higiene e aliment ação
PAND EMI A S
Gripe Espanhola – 1918
Gripe Asiática – 1957
T ratam ento T ratam ento De fes a imun o l ó gica De fes
T ratam ento
T ratam ento
De fes a imun o l ó gica
De fes a imun o l ógica
Re po u so e dieta r ica em líquidos
Re po u so e dieta r ica em líquidos
An titér micos e analgés i c o s – baixar a febre e o mal-es tar
An titér micos e analgés i c o s – baixar a febre e o mal-es tar
Antibi óticos
Antibi óticos
Nada va l e m
Nada va l e m
Exceto em infecções secundárias (S i n us ite, Far ingite,
Exceto em infecções secundárias (S i n us ite, Faringite,
Pneumonias) Pneumonias)
I m u nidade natural e vacinação não são duradouros, pois
s urgem novas forma mutantes constantemente
S aram po S aram po - A l ta me nt e c o n
S aram po
S aram po
- A l ta me nt e c o n ta g i o sa
-
En d ê mic a
Agen t e E tioló gico
Agen t e E tioló gico
Ví rus do gr upo dos M ixov írus
Ví rus do gr upo dos M ixo v írus
T rans mis são
T rans mis são
-
Co n t ato int erpessoal direto
Co n t ato int erpessoal direto
-
-
Gotícu l a s oriundas de espirro e tose
Gotícu l a s oriundas de espirro e tose
S intom atolog ia S intom atolog ia - F e b re - To ss
S intom atolog ia
S intom atolog ia
-
F e b re
-
To ss e s e c a
-
Se c re ç ã o c a tarra l
-
O lh o s v e rme lh o s e l a c ri m ej a n te s
S intom a Cl ássico
S intom a Cl ássico
-
Ma nc ha s de KOPLI K
Ma n c h as esbranquiça d a s n a mu c o sa b u c a l
De sp a recem entre 2 a 6 dias
Os si ntomas regridem ap ó s 4 dias A imunid a d e é p
Os si ntomas regridem ap ó s 4 dias
A imunid a d e é p e rmanente
A vacin a ção é feit a com vírus atenu a d o
Rubé ola Rubé ola - I n fe c ç ã o b e n ig
Rubé ola
Rubé ola
-
I n fe c ç ã o b e n ig n a
-
Ca ra c te riza - se p e lo a p a re c ime n to d e e ru p ç õ es d a p ele
-
Pro vo c a a u me n to d o s g â n g l io s l i n fá tic o s
Agen t e E tioló gico
Agen t e E tioló gico
Ví rus do gr upo dos M ixov írus
Ví rus do gr upo dos M ixo v írus
T rans mis são
T rans mis são
-
Co n t ato int erpessoal direto
Co n t ato int erpessoal direto
-
-
Secreções d as vias respiratórias
Secreções d as vias respiratórias
S intom atolog ia S intom atolog ia - Pe río d o d e i
S intom atolog ia
S intom atolog ia
-
Pe río d o d e i n c u b a ç ã o ( 1 4 a 2 1 d i a s )
-
F e b re d is c re ta
-
F a l ta d e a p e tite
-
Do re s d e c a be ç a
S intom a Cl ássico
Regi ão ce rvical
S intom a Cl ássico
Regi ão ce rvical
Retro-a uri cular
Retro-a uri cular
-
A u me n to do s gânglios linfá ti c o s
S ub occip atal
S ub occip atal
-
Er u p ç õ e s d e pele
T ratam ento T ratam ento Va cina ç ão c o m v írus atenuado
T ratam ento
T ratam ento
Va cina ç ão c o m v írus atenuado (uso facultati vo) – 1 a 12 anos
Va cina ç ão c o m v írus atenuado (uso facultati vo) – 1 a 12 anos
Isolament o do p a cien t e até 7 dias após o início do exantema
Isolament o do p a cien t e até 7 dias após o início do exantema
Ob s . IPC :
Quan do a vacina não es tiver dis ponível, d e ve- se facilitar a
cont am inação de me n inas p ela doença
Altame nt e perigosa quando contraíd a por m ulh er es grávidas
(catarata, surdo-m u de z, doenças c ardí ac as )
Obs
Obs
.:
.:
O risco é maior até o segundo mês de gestação
O risco é maior até o segundo mês de gestação
Catapora ou Va r i cela Catapora ou Va r i cela - I n fe
Catapora ou Va r i cela
Catapora ou Va r i cela
- I n fe c ç ã o b e n ig n a ( sa ra e n tre 2 e 3 s e m an as)
- A d o e n ç a se ma n ife s ta c e rc a d e 1 2 d i a s a p ó s o c o n tágio
Agen t e E tioló gico
Agen t e E tioló gico
Ví rus denominada de
Ví rus denominada de
Herpesvirus varicellae
Herpesvirus varicellae
T rans mis são
T rans mis são
-
Co n t ato int erpessoal direto
Co n t ato int erpessoal direto
-
-
Gotícu l a s de saliva, Lesões da pele, roupas e utencílios
Gotícu l a s de saliva, Lesões da pele, roupas e utencílios
S intom S intom atolog ia atolog ia - F e b re - Pro stra
S intom
S intom atolog ia
atolog ia
-
F e b re
-
Pro stra ç ã o
-
Enj ô o s
-
Vô m i to s
S intom a Cl ássico
S intom a Cl ássico
-
Ma nc ha s v e rmelhas que se tra n sf o rma m e m b o l h a s
P ei t o e Barriga
P ei t o e Barriga
O ro m p i me nto das bolhas formam
crostas escuras (cascas de feridas)
-
Cos Costtaass
Nádeg Nádegasas
T ratam ento T ratam ento Não há um tratament o específico Não há um tratament
T ratam ento
T ratam ento
Não há um tratament o específico
Não há um tratament o específico
Re co me nd a - s e o isolament o do doente
Re co me nd a - s e o isolament o do doente
Não s e deve coçar as bolhas
Usa- se talco mentolad o
Cach umba Cach umba - V i ro se e n d ê m i c
Cach umba
Cach umba
- V i ro se e n d ê m i c a n o s g ra n d e s c e n tro s u rb a n o s
- I n c u b a ç ã o d e 1 4
a 2 1 d i a s
Agen t e E tioló gico
Agen t e E tioló gico
Ví rus pertencente a o grupo dos mixov írus
Ví rus pertencente a o grupo dos mixov írus
T rans mis são
T rans mis são
- Gotículas de saliva
Gotículas de saliva
S intom atolog ia S intom atolog ia - Se me l h a n te
S intom atolog ia
S intom atolog ia
-
Se me l h a n te s a o d a g ripe
-
Dific u l d a d e p a ra a b ri r a b o c a
-
Dific u l d a d e na m asti g a ç ã o
-
Dific u l d a d e pa ra e n g o l ir
S intom a Cl ássico
S intom a Cl ássico
-
I n f l a m a ç ã o da maior das gl â n d u l a s s a l iv a res
Pa ró tida – parotidite e p i d ê m i c a
T ratam ento T ratam ento É uma doença de cura esp on t ânea É
T ratam ento
T ratam ento
É uma doença de cura esp on t ânea
É uma doença de cura esp on t ânea
Re co me nd a - s e repous o
Re co me nd a - s e repous o
Al imen t ação líquida e past osa
Al imen t ação líquida e past osa
Higiene bucal
Higiene bucal
Em a d ult os pode haver cm p licaçõ es para out r os órgãos:
(testículos acarretando esterilidade)
P oli P oli omie lite omie lite - Ta mb é m c o n
P oli
P oli omie lite
omie lite
- Ta mb é m c o n h e c i d a c o mo p a ra li si a i n fa n ti l
Agen t e E tioló gico
Agen t e E tioló gico
O homem é o único hosp ed e i r o dos
O homem é o único hosp ed e i ro dos
Poliovír Poliovírusus
T rans mis são
T rans mis são
-
Se faz por v ia digesti va
Se faz por v ia digesti va
-
-
A l i me n tos ou objetos contami n a do s
A l i me n tos ou objetos contami n ado s
-
-
Á gu a c on t aminada com resíduos fecais
Á gu a c on t aminada com resíduos fecais
S intom atolog ia S intom atolog ia - O ví ru s se in sta
S intom atolog ia
S intom atolog ia
-
O ví ru s se in sta la n a mu c o sa i n te sti n a l
-
Mi g ra p a ra o s a n g u e e se e sp a l h a po r to d o o c o rp o
-
Ata c a c o ra ç ão e si ste ma n e rvoso
S intom a Cl ássico
S intom a Cl ássico
Feb re baix a
Feb r e baix a
MMal-es al-estar tar
-
I n a p a re n te
Indispos ição geral
Indispos ição geral
Menos de 1% tem paralisia
(os membros são paralisados devido a destruição de células
nervosas que controlam os músculos)
T ratam ento T ratam ento Uma v ez inst alada não há tr atament o
T ratam ento
T ratam ento
Uma v ez inst alada não há tr atament o específi c o
Uma v ez inst alada não há tratament o específi c o
Va cina ç ão – V acina S a bin – Via oral em 3 dos es
Va cina ç ão – V acina S a bin – Via oral em 3 dos es
2, 4 e 6 mese s de idade.
2, 4 e 6 mese s de idade.
A pa r alisia hoje é uma d o en ç a de mor t alidad e b aixa
Raiv a Raiv a - É u ma d o e n ça g e ra
Raiv a
Raiv a
- É u ma d o e n ça g e ra l m e n te fa ta l
Agen t e E tioló gico
Agen t e E tioló gico
É um vír us não perfeitament e grupado (mixovíru s ou rabdovírus)
É um vír us não perfeitament e grupado (mixovír u s ou rabdovírus)
T rans mis são
T rans mis são
-
Faz-se pela saliva do animal infec tado geralment e por mordedura
Faz-se pela saliva do animal inf ec tado geralment e por mordedura
-
-
Em todo o mundo o cão é o maior transmissor
Em todo o mundo o cão é o maior transmissor
S intom atolog ia S intom atolog ia Raiv a furio sa – Raiv a furio
S intom atolog ia
S intom atolog ia
Raiv a furio sa –
Raiv a furio sa –
i rriqu ieto e ata ca v iol entamente
i rriqu ieto e ata ca v iol entamente
No c ã o
Raiv a m uda –
Raiv a m uda –
N ã o late e p rocu ra lug ares escuros
N ã o late e p rocu ra lug ares escuros
P erío do m elanc ólic o –
P erío do m elanc ólic o –
D epress ão , falta de
Depres s ão , falta de
ape tite, mod ificação do comportam ento – 2, 3 dias
ape tite, mod ific ação do c omportam ento – 2, 3 dias
No h o me m
Período de exci t a ção –
Período de exci t a ção –
Aum ento dos reflexos
Aum ento dos reflexos
– hidrofobia e aero fo bia
– hidrofobia e aerof o bia
Fase final
Fas e fin
al ––
paralítica, degeneração dos nervos motores, diminuição da
paralítica, degeneração dos nervos motores, diminuição da
consciência, morte após o quinto dia
consciência, morte após o quinto dia
T ratam ento T ratam ento At uação sobre cães At uação sobr e cães Ve
T ratam ento
T ratam ento
At uação sobre cães
At uação sobr e cães
Ve rif ica r se o cão que mor deu a pessoa é raivos o ou não
Ve rif ica r se o cão que mordeu a pessoa é raivos o ou não
Trat a r o fe r imento
Trat a r o fe r imento
Ap l i c a r vacina e s oro ant i -rábico
Ap l i c a r vacina e s oro ant i -r ábico
Hepatite Hepatite - É u ma d o e n ça in fe c c io
Hepatite
Hepatite
- É u ma d o e n ça in fe c c io s a d e o c o rê n c i a c o mu m , e n d êmica
n o Bra s il
Agen t e E tioló gico
Agen t e E tioló gico
Ví rus A – Hepatite i n fecciosa
Ví rus A – Hepatite i n fecciosa
Ví rus B – Hepatite p or sor o homólogo
Ví rus B – Hepatite p or soro homólogo
T rans mis são
T rans mis são
-
Hepatit e infe cciosa – contato interpes soal
Hepatit e infe cciosa – contato interpes soal
-
-
Hepati te por soro homòlogo – Transfusões, agulhas injetáveis,
Hepati te por soro homòlogo – Transfusões, agulhas injetáveis,
rrelaç
elaçããoo sexual
sexual anal
anal
S intom atolog ia S intom atolog ia - I n icia l m e n
S intom atolog ia
S intom atolog ia
-
I n icia l m e n te – fe b re, m a l - e s ta r, fa l ta d e a p e ti te e
n á u se a s
-
I c te rí c i a – d evi d o a a lte ra ç õ es d a s fu n ç õ es d o f íg a d o
-
U rin a e sc u ra ( b i li rru b in a )
-
F e ze s e sb ra nq u i ç a d a s – ( mass a d e vi d ra c e i ro )
A evolução é benigna
Pode ocorrer complicações: cirrose hepática
T ratam ento T ratam ento Re po u so absolut o Re po u so
T ratam ento
T ratam ento
Re po u so absolut o
Re po u so absolut o
Co nsumo res trito de gordura
Co nsumo res trito de gordura
Já existe vacina para a Hepatite

AAPRESENTAÇÃO PRESENTAÇÃO

A A PRESENTAÇÃO Prof.: BILLY PAUL OBRIGADO A TODOS. OUSE FFAZAZERER DEDE SUA VVIIDDAA UMA VIDAf in f orormmações a ç ões atra dodo EE--mmaail: billypa ul20 billypa ul20 06@ 06@ yahoo yahoo . . co co m m .br .br Senha: 1212345 " id="pdf-obj-25-7" src="pdf-obj-25-7.jpg">

Prof.: BILLY PAUL OBRIGADO A TODOS.

OUSE

OUSE FFAZAZERER DEDE SUA

SUA VVIIDDAA UMA

UMA VIDA

VIDA

XTRAOAORDINÁRIA!

RDINÁRIA!

EEXTR

Ob

Obtetenha

nha aass inf

inforormmações

ações atra

atravvésés dodo EE--mmaail:

il:

.br

Senha:

Senha: 1212345

34566