Você está na página 1de 11

Hacker

Originalmente, e para certos


programadores, hacker’s são
indivíduos que elaboram e
Nuno Silva modificam software e hardware
de computadores,
desenvolvendo funcionalidades
novas, e adaptando-as as
antigas.
Índice
 Introdução Pag 3
 Ética Hacker Pag 4
 Software Hacker Pag 5
 Cultura Hacker Pag 6
 White Hat Pag 7
 Black Hat Pag 8
 Gry Hat Pag 9
 Filme Pag 10

Nuno Silva 2
Introdução
 Originário do inglês, o termo é comum no
português sem modificação. Os Hacker’s
utilizam toda a sua inteligência para
melhorar softwares de forma legal. Os
hacker’s geralmente são pessoas com alta
capacidade mental e com pouca actividade
social.
 Além de a maioria dos hacker serem usuários
avançados de Software Livre como o Linux. A
verdadeira expressão para invasores de
computadores é denominada por Cracker e o
termo designa programadores maliciosos e
ciber-piratas que agem com o intuito de
violar ilegal ou imoralmente sistemas
cibernéticos.

Nuno Silva 3
Ética hackear
 Existe uma ética hacker.
Equivocadamente é usado
referindo-se a pessoas
relativamente sem habilidade
em programação e sem ética,
como criminosos que quebram
a segurança de sistemas,
agindo ilegalmente e fora da
ética hacker. O problema é
quando os crackers são
referidos como hacker’s pela
imprensa, por falta de
conhecimento, e com isto
gerando uma discussão sem
fim.

Nuno Silva 4
Hack Software

Nuno Silva 5
Cultura hacker
 É importante lembrar que existe toda uma cultura
por trás desse sentido da palavra hacker.

 A Cultura hacker define diversos pontos para


estilo e atitude e, por mais que pareça estranho,
muitas das pessoas que se tornam os chamados
programadores extraordinários possuem esse
estilo e atitude naturalmente e casual.

Nuno Silva 6
Cultura hacker
 Os hackers e crackers
são indivíduos da
sociedade moderna, e
possuem
conhecimentos
avançados na área
tecnológica e de
informática, mas a
diferença básica entre
eles é que os hackers
somente constroem
coisas para o bem e
os crackers destroem,
porém constroem
somente para fins
pessoais.

Nuno Silva 7
“White hat”
 White hat - (hacker
ético) é um hacker em
segurança, utiliza os
seus conhecimentos na
exploração e detecção
de erros de concepção,
dentro da lei. A atitude
típica de um white hat
assim que encontra
falhas de segurança é a
de entrar em contacto
com os responsáveis
pelo sistema.

Nuno Silva 8
“Black hat”
 É um criminoso ou malicioso
hacker, um cracker. Em geral
são de perfil abusivo ou
rebelde. Geralmente
especializado em invasões
maliciosas e silenciosas. Com
habilidades e conhecimentos
que lhe permitem entrar e sair
de um sistema de alta
segurança sem serem
percebidos.

Nuno Silva 9
“Gray hat”
 Tem as habilidades e intenções de
um whaite hat na maioria dos
casos, mas por vezes utiliza seu
conhecimento para propósitos
menos nobres. Um gray hat pode
ser descrito como um white hat
que às vezes passa por black hat
para cumprir a sua própria agenda.
Os Gray hat tipicamente se
enquadram em outro tipo de ética,
que diz ser aceitável penetrar em
sistemas desde que o hacker não
cometa roubo, vandalismo ou
infrinja a confidencialidade.

Nuno Silva 10
Os Grandes Piratas de
Portugal

 Os Grandes Piratas Portugueses Parte 1


 Os Grandes Piratas Portugueses Parte 2
 Os Grandes Piratas Portugueses Parte 3
 Os Grandes Piratas Portugueses Parte 4
 Os Grandes Piratas Portugueses Parte 5

Nuno Silva 11