Você está na página 1de 9

O Estado Novo

O QUE É O ESTADO NOVO?


 O Estado Novo foi um regime político
instaurado em Portugal, em 1933,
através de uma nova constituição (a
Constituição de 1933) e que durou 40
anos (entre 1933 e 1974).
 O chefe do Governo era Oliveira
Salazar e era ele que controlava todos
os Ministérios e dele dependiam todas
as decisões relativas ao governo do
país.
 Chama-se a este tipo de regime uma
ditadura pois o poder fica concentrado
nas mãos de uma pessoa ou de um grupo
de pessoas.
PARTIDO ÚNICO
 Durante a ditadura havia
um partido único, a
União Nacional. O
Governo não permitia
que houvessem vários
partidos políticos. Todas
as pessoas que
participassem na política
do país tinham que
pertencer à União
Nacional que foi criada
em 1931.
A CENSURA PRÉVIA
 Durante o Estado Novo as
pessoas não podiam dizer o
que pensavam. Não havia
liberdade para se associarem
ou reunirem. Em resumo não
havia liberdade de expressão.
 O Governo criou a censura
prévia, que era uma comissão
que impedia que fossem
publicadas nos jornais,
revistas e livros ideias que
não fossem de acordo com o
Governo.
 Foi também proibido o direito
à greve.
A POLÍCIA POLÍTICA
 No Estado Novo foi criada a
Polícia Internacional de Defesa
do Estado (PIDE). Esta polícia
era política, ou seja, perseguia
em segredo todas as pessoas
que eram contra o governo.
 As pessoas que fossem
apanhadas a falar mal do
Governo eram presas em
cadeias, onde lhes faziam muito
mal.
 As principais cadeias para onde
eram enviadas as pessoas que
eram contra o Governo eram:
Caxias, Peniche e Tarrafal
(Cabo Verde).
A LEGIÃO PORTUGUESA
 A Legião Portuguesa foi
criada em 1936 e era
uma organização
militarizada, criada pelo
Governo de Salazar. O
seu objectivo era
“defender o património
espiritual da Nação” e a
ameaça comunista.
A MOCIDADE PORTUGUESA
 A Mocidade Portuguesa
destinava-se às crianças e
aos jovens, entre os 7 e os
14 anos, sendo de inscrição
obrigatória. O seu
objectivo era desenvolver
na juventude os valores
patrióticos e de obediência
ao Estado Novo.
PROPAGANDA AO ESTADO
NOVO
 Para garantir o apoio da
população ao Estado
Novo, o Governo criou
um sistema de
propaganda. Através dos
jornais, rádio, televisão
e de inúmeros cartazes
defendiam-se as
vantagens do regime. Os
livros escolares eram
únicos e obrigatórios e
neles era elogiado o
Governo de Salazar e os
seus ideais.
Trabalho elaborado por:

Beatriz Louro, n.º 2, 6.º A