Você está na página 1de 22

Espaço Criança Esperança São Paulo

CEE Oswaldo Brandão

Uma parceria entre:


Objetivo Geral

Ser um espaço de referência de prevenção da


violência no distrito da Brasilândia, realizando
atividades educacionais nas áreas de esporte e
cultura, disseminando a cultura de paz e a
resolução pacífica de conflitos com ações que
potencializem o desenvolvimento comunitário e
a identidade positiva do distrito.
Estrutura Interna do Espaço Criança Esperança

Coordenadora Geral
Beatriz Miranda
Assist. ADM

Coord. Pedagógica Coord. Social Coord. Eventos Coord. Comunicação


Joana Miraglia Roma Di Monaco Renato Baldin Fernanda Nobre

Assistente Assistente Assistente Estagiário

Co-gestor do núcleo
de juventude

11 educadores

2 Estagiários
ÁREAS DE ATUAÇÃO

• Pedagógico: atendimento direto à crianças,


adolescentes e jovens mediando a utilização do espaço

• Social: atendimento à crianças, adolescentes, jovens e


seus familiares, ação de articulação na rede social e na
comunidade, atuação na área de empregabilidade e
qualificação profissional

• Comunicação: responsável pela imagem, divulgação,


informação e apoio ao núcleo multimídia

• Eventos: ações educativas, lazer, cultura, esporte para


comunidade e educandos
Área Pedagógica

Coordenadora: Joana Passos Miraglia


Objetivo Geral

Promover o desenvolvimento humano


integral das crianças e adolescentes
fortalecendo suas habilidades e
competências para atuarem como
protagonistas de sua história social,
tendo como eixo a cidadania.
ÁREA PEDAGÓGICA

FRENTES DE ATUAÇÃO

1. Estrutura Pedagógica Fundamental – 610 educandos

2. Núcleo de Juventude – 105 jovens

3. Formação e Disseminação – 540 público direto

Capacidade total de atendidos da área: 1.255


Média de atendimentos da área: 3.605
Estrutura Pedagógica Fundamental

Faixas Etárias

• 8 a 10 anos (98/2000)

• 11 e 12 anos (96/97)

• 13 a 15 anos (93/94/95)

• 16 a 18 anos (90/91/92)

• 16 a 24 anos – Núcleo de Juventude


Estrutura Pedagógica Fundamental

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

O educando escolhe uma linguagem específica e participa também de


3 linguagens básicas:

3 LINGUAGENS
1 LINGUAGEM
BÁSICAS
ESPECÍFICA
COMUNICAÇÃO &
• MÚSICA
EXPRESSÃO
• CAPOEIRA
• DANÇA
EDUCAÇÃO
• ESPORTES
AMBIENTAL
• GRAFFITI
ORIENTAÇÃO
EDUCACIONAL
Estrutura Pedagógica Fundamental

Turmas: 8 a 10 anos • Atividades 3x por semana

11 e 12 anos • 5 atendimentos/ Semana

1 Linguagem Específica (2x) + 1 Educador de Linguagem Básica (3x)

Turmas: 13 a 15 anos • Atividades 2x por semana


16 a 18 anos • 4 atendimentos/ semana

1 Linguagem Específica (2x) + 1 Educador de Linguagem Básica (2x)


ESTRUTURA PEDAGÓGICA FUNDAMENTAL
Linguagens Específicas

• Dança: Todas as Faixas etárias - 140 educandos

• Capoeira: Todas as Faixas etárias - 140 educandos

• Esportes: Todas as Faixas Etárias - 210 educandos

• Música: 11 à 12 e 13 à 15 anos - 60 educandos

• Graffiti: 13 à 15 e 16 à 18 anos - 60 educandos

Capacidade de atendidos: 610 educandos


Média de capacidade de atendimento: 2.750
NÚCLEO DE JUVENTUDE

• Comitê de Jovens Gestores – 15

• Projeto de Mobilização Comunitária - 25

• Núcleo Multimídia – 45

• Núcleo de Produção de Eventos – 20

Capacidade de atendidos: 105


Média de capacidade de atendimentos: 315
NÚCLEO DE JUVENTUDE
Funcionamento Geral

Formação Básica (1x por semana)


Comitê de Jovens gestores Formação temática (1x quinzenal)

Formação Básica(1x semana)


Multimídia Formação temática (2x semana)
(Vídeo, jornal e rádio)

Célula de Intervenção Social Formação Básica (1x por semana)


Formação temática (1x semana)

Formação Básica(1x por semana)


N- Pró Formação temática (1x semana)
NÚCLEO DE JUVENTUDE
Formação Básica
• A estrutura da formação básica será aplicada aos quatro
coletivos.

• Está dividida em quatro módulos:

1) Histórias de vida
2) Comunidade
3) Direitos Humanos
4) Elaboração de projetos.
FORMAÇÃO E DISSEMINAÇÃO

• Educadores de disseminação – público direto:


Esporte – NSE: 120 crianças
Projeto Saúde e Sexualidade (2 UBS): 60 agentes de saúde
Realização das atividades de futebol de campo em parceria (Tonhão): 150 educandos
Ações extras por meio de oficinas em escolas, praças, ongs: 200 atendidos

• Parcerias com Escolas e Organizações da região

• Implantação do Projeto Político Pedagógico

• Formação continuada dos educadores

• Reuniões pedagógicas

• Parceria para estágios da Faculdade de Psicologia PUC/SP: 8 estagiários

• Participação em congressos e seminários

Capacidade de atendidos: 540


ÁREA SOCIAL

COORDENADORA: ROMA DI MONACO


Estratégias de intervenção da Área Social
• Entrevistas individuais com educandos e familiares

• Visitas Domiciliares

• Encaminhamento dos atendidos e acompanhamento das


providências

• Encontros temáticos/informativos, dinâmicas de grupo, palestras


sócio-educativas, atividades esportivas e de lazer

• Implantação da “responsabilidade compartilhada” (ECE - Família -


Comunidade se unem na tarefa de apoiar a criança, o adolescente
e o jovem no fortalecimento, revisão e aquisição de novos valores)

• Pesquisa na região de todos os serviços públicos e privados

• Participação em fóruns de discussão

• Promoção de encontros temáticos de interesse da rede

• Construção de um banco de dados e análise diagnóstica


Participação
• Fórum de Saúde Mental Infantil
• Fórum da Saúde Mental Adulto
• Rede Social Brasilândia/FÓ – SENAC
• Rede Organizações conveniadas SAS Sub Prefeitura
• Seminário “Violência: E eu com isso” – SAS -Sub Prefeitura Brasilândia/FÓ
• Seminário “Avanços e Desafios do ECA no enfrentamento ao abuso e violência”
-CNRVV
• VII Conferencia Municipal da Assistência Social
• I Feira de Trocas Brasilândia/FÓ – Economia Solidária

Casos atendidos 2007


Saúde Mental 7
Saúde Especialidades 5
Fonoaudiologia 3
Cardiologia 1
Oftalmologia 1
Eficiência Auditiva 2
Exclusão Escolar 10
Ameaça de morte 1
Documentação 126
ÁREA DE EVENTOS

COORDENADOR: RENATO BALDIN


Área de Eventos
Área meio Área fim
Atingir a comunidade da Brasilândia
Viabilizar e realizar atividade e
(direta e indiretamente) por meio de
eventos demandados por outras
eventos esportivos, culturais e de lazer.
áreas do projeto (educativo, social ou
comunicação). Formar um Núcleo de Produção (NPró)
com jovens atendidos pelo projeto
promovendo iniciação ao mundo do
trabalho.
Eventos Programados

ECE Visita – visitas à equipamentos culturais/educativos.


DeBatePapo – palestras e conversas com convidados.
Espaço Cinema – exibições de longas e/ou curtas metragens.
Eventos Culturais – datas comemorativas (Festa Junina; Hip Hop; Dia da Criança;
Consciência Negra)
Eventos Esportivos – torneios, amistosos, festivais.
ÁREA DE COMUNICAÇÃO

COORDENADORA: FERNANDA NOBRE


Principais Ações da Área de Comunicação
 Produção do Boletim ECE (quinzenal)

 Produção de Boletim para Pais (bimestral)

 Divulgação das atividades para os jornais da comunidade


(Freguesia News, Cantareira, Rapidix)
 Mural Informativo disponível para divulgação de ações comunitárias

 Núcleo Multimídia – ação conjunta com área pedagógica

 Sugestões de pauta sobre a Brasilândia para mídia

 Apoio às Ongs locais para formação de tratamento com a mídia