Você está na página 1de 11

TEMA-PROBLEMA 1.3.

A comunicação e a construção do indivíduo
Comunicar com o outro está na natureza e na constituição do ser humano.   Existe nele uma predisposição inata e permanente para comunicar com o outro e com a realidade que o rodeia, de tal modo que lhe é impossível não comunicar.  A comunicação está presente em todas as áreas da actividade humana.   A comunicação não é exclusiva do ser humano, os animais também comunicam. 

etc. adquire as regras da comunicação que irão influenciar o seu processo de interacção DIFERENÇAS ENTRE OS INDIVÍDUOS . famílias. desde o início da sua vida.Condição necessária da vida humana e da ordem social (impossibilidade de não comunicar) COMUNICAÇÃO O ser humano.PSICOLÓGICAS E SOCIAIS CÓDIGOS DE COMUNICAÇÃO DIFERENTES – COMUNICAÇÃO VERBAL (LÍNGUA) E NÃO VERBAL Indivíduos estão integrados em grupos sociais diferentes (classes sociais.) .CULTURAIS OBSTÁCULOS .

. codificando-a. etc. – meio que põe em CONTEXTO – relações entre os indivíduos que estabelecem a comunicação. MENSAGEM – verbal (oral ou escrita) ou não verbal (imagens. CANAL DE TRANSMISSÃO contacto o emissor e o receptor.emite a informação. sinais.CARACTERÍSTICAS EMISSOR CODIFICAÇÃO CANAL DESCODIFICAÇÃO RECEPTOR FEEDBACK EMISSOR . ELEMENTOS DO PROCESSO DE COMUNICAÇÃO RECEPTOR – recebe e descodifica a mensagem.PROCESSO DE COMUNICAÇÃO .). as suas características pessoais e as condições em que esta se processa (espaço e tempo).

) .CODIFICAÇÃO DAS MENSAGENS MENSAGENS são codificadas SÍMBOLOS Significado Significante Conjunto de signos e de regras da sua utilização .CÓDIGO SIGNO Pode assumir duas formas: .NÃO VERBAL (mímica. etc.VERBAL (linguagem) .

muitas vezes. da intenção do sujeito que comunica COMUNICAÇÃO . tem uma retroacção do receptor para o emissor) .NÃO INTENCIONAL . ou seja.NÃO É UNIDIRECCIONAL (não é de sentido único.INTENCIONAL .Comunicação – sistema de estímulos e respostas .não depende.NÃO É LINEAR (troca e interacção entre o emissor e o receptor) .

As premissas. quando o argumento está correcto. em que uma delas é a CONCLUSÃO e as outras são as PREMISSAS. . são as razões que apoiam a conclusão.LÓGICA Ciência que se ocupa da estrutura formal do pensamento pensamento discursivo Poderá contribuir para os indivíduos melhorarem as suas competências nos domínios do pensamento e da comunicação ESTUDO DA ARGUMENTAÇÃO ARGUMENTOS Afirmações misturadas e relacionadas umas com as outras.

. Lógica não se interessa pelo problema da verdade. Podem ser VÁLIDOS OU INVÁLIDOS. afirmativa ou negativa. mas não podem ser verdadeiros nem falsos. mas sim pela correcção da argumentação e pela construção de argumentos bons e sólidos.VERDADE E VALIDADE ARGUMENTOS Conjunto de PROPOSIÇÕES que estabelecem uma relação. entre conceitos Verdadeiras ou Falsas Não se pode afirmar que são verdadeiros ou falsos.

Surge na premissa menor e é sujeito da conclusão. .SILOGISMO Forma padronizada de apresentar um argumento DUAS PREMISSAS (maior e menor) TRÊS PROPOSIÇÕES Universal afirmativa ou negativa Particular afirmativa ou negativa UMA CONCLUSÃO TRÊS TERMOS: maior. Só surge nas premissas. médio e menor Surge na premissa maior e é predicado da conclusão.

Discurso argumentativo é utilizado para persuadir alguém que. .ARGUMENTAÇÃO E DEMONSTRAÇÃO ARGUMENTAÇÃO Depende do público e desenvolve-se em torno de temas polémicos DEMONSTRAÇÃO Não exige um público para ser concretizada e é utilizada em temas de natureza científica. não partilha os mesmos pontos de vista. A pessoa enquanto orador (inspirar confiança na audiência) .Desenvolve-se em função de um destinatário (auditório) -Tendo de ter-se em atenção: . à partida. O conteúdo e a forma do discurso .

baseados na estrutura do real ou que fundam a estrutura do real.Prever possíveis objecções à tese Duração e/ou extensão do discurso Forma de apresentação CONTEÚDO DO DISCURSO LÓGICOS ARGUMENTOS FACTUAIS Quase-lógicos.FORMA E CONTEÚDO DO DISCURSO ASPECTOS FORMAIS DO DISCURSO ESTRUTURA DO DISCURSO . .Encadeamento lógico .

Actualmente. a arte de persuadir tornou-se mais complexa e sofisticada. alterando pontos de vista e opiniões e produzindo as mudanças desejadas.). técnicas de mercado. Novas técnicas de persuasão Novos agentes (marketing.DISCURSO ARGUMENTATIVO E PERSUASÃO DISCURSO ARGUMENTATIVO PERSUASIVO Impõe-se através da razão. da imaginação ou da emoção. etc. . influencia as pessoas. relações públicas.