Medicamentos Homeopáticos Industrializados

Medicamento único.Doses infinitesimais . .cura pelos contrários  Alopatia -cura pelos semelhantes  Homeopatia .Introdução • Concepções da homeopatia: .Princípio dos semelhantes. • Tratamento: dois métodos terapêuticos . .

• Criador da homeopatia: Christian Frederich Samuel Hahnemann. quina era utilizada no tratamento da malária porque produzia sintomas semelhantes em pessoas saudáveis. . 1790 .Tradução da Matéria Médica – Efeitos terapêuticos da quina  Manifestações bastante semelhantes por pacientes com malária.

Carroça Dinamização “diluição e dinamização” .

industrialização e venda de produtos utilizados em homeopatia. • Decreto nº 57.477. • 25/1/76 Foi aprovada a primeira edição da Farmacopeia Homeopática Brasileira. .• 1840 Homeopatia foi introduzida no Brasil por Benoit Mure  Havia uma resistência em aceitar a terapêutica homeopática. • 1980Reconhecida como especialidade médica pelo Conselho Federal de Medicina. de 20/12/65: regulamentada a manipulação. receituário.

. • 2003.360 incluiu os medicamentos homeopáticos no sistema de Vigilância Sanitária. registro de medicamentos homeopáticos industrializados foi regulamentado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.991. de 17/12/73. • 1976. incluiu a farmácia homeopática na legislação.• Lei 5. a Lei nº 6.

Imprecisão dos sintomas e inexistência de patogenias capazes de cobrir todos os sintomas Diversas formas de prescrição do medicamento homeopático Diversidade de escolas homeopáticas .

Escola PluralistaPrescreve um medicamento para um tipo de sintoma. outro para outro sintoma e assim sucessivamente . Escola alternistaSe alterna dois medicamentos ingeridos pelo mesmo paciente.Escola Organicista Prescrição visando aos órgãos doentes Homeopatia unicista Prescreve um único medicamento com base na totalidade dos sintomas do doente.

 Separações entre os homeopatas  surgimento do complexismo industrial Tratamento homeopático deve ser registrado na ANVISA!  Apresentar indicação terapêutica Matéria médica homeopática isolada de cada componente. usa-se a similitude com a doença e não se considera o doente.• Escola complexista: mistura de três a dez medicamentos em potências. .

medicamentos homeopáticos industrializados. supervisão do farmacêutico. produtos oficinais homeopáticos. . Funcionamento: autorização de funcionamento da Anvisa.Indústria Homeopática Manipula e fabrica: insumos farmacêuticos dinamizados.

Compostos .Medicamentos homeopáticos industrializados Isentos de registro (Passíveis de notificação) .Componente único Passíveis de registro .

” . ou compêndios oficiais reconhecidos pela Anvisa. cujos métodos de preparação e controle estejam descritos nas Farmacopéia Homeopática. com base nos fundamentos da homeopatia.“Todo medicamento homeopático industrializado deve ser preparado a partir insumos ativos.

Rótulo do medicamento homeopático • Potência. mas inscritos em outras farmacopeias e compêndios reconhecidos pela Anvisa) . escala. via de administração. forma farmacêutica e denominação do(s) insumo(s) ativo(s) utilizando a nomenclatura oficial. • o texto “HOMEOPÁTICO (produtos sujeitos a registro) ou a expressão “FARMACOPEIA HOMEOPÁTICA BRASILEIRA” • ou ainda a expressão “HOMEOPÁTICO” (medicamentos não inscritos na Farmacopeia Homeopática Brasileira.

Objetivo  Levantamento das indústrias de medicamentos homeopáticos existentes no Brasil .

.Metodologia • Levantamento de dados encontrados na literatura já existente.revistas e internet sobre o tema medicamentos homeopáticos industrializados. • Pesquisas bibliográficas por meio de artigos originais e de revisão.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful