Você está na página 1de 11
A função do 2º grau

A função do 2º grau

Uma quadra esportiva tem a forma retangular, com 40m de comprimento e 20m de largura. O clube pretende ampliá-la.

Para isso, vai construir em volta dela uma faixa de largura

constante.

Uma quadra esportiva tem a forma retangular, com 40m de comprimento e 20m de largura. O

Sua área é função de x. A = (40 + 2x) . (20 + 2x) A = 800 + 80x + 40x + 4x 2 A = f(x) = 4x 2 + 120x + 800

Função quadrática ou função do 2º grau é toda função real do tipo y = f(x) = ax 2 + bx + c Sendo a, b e c constantes reais, com a ≠ 0

O gráfico de uma função quadrática é uma parábola.

Quando a > 0, a parábola é côncava para cima.

O gráfico de uma função quadrática é uma parábola. Quando a > 0 , a parábola

Quando a < 0, a parábola é côncava para baixo.

O gráfico de uma função quadrática é uma parábola. Quando a > 0 , a parábola

O logotipo de uma empresa foi criado

a partir de um quadrado dividido em 8

partes iguais, conforme indica a figura. A área de cada parte é função do lado do quadrado; portanto, a área pintada de vermelho é função do lado do

quadrado.

O logotipo de uma empresa foi criado a partir de um quadrado dividido em 8 partes

Fórmula e gráfico da função do 2º grau

Representando por x a medida do lado do quadrado e por y a área da parte vermelha, temos a fórmula:

O logotipo de uma empresa foi criado a partir de um quadrado dividido em 8 partes
O logotipo de uma empresa foi criado a partir de um quadrado dividido em 8 partes

Vamos obter alguns pontos do gráfico atribuindo valores para x.

Vamos obter alguns pontos do gráfico atribuindo valores para x. Observe, abaixo, o gráfico de y

Observe, abaixo, o gráfico de y = 0,25 x 2 , para x ≥ 0

Vamos obter alguns pontos do gráfico atribuindo valores para x. Observe, abaixo, o gráfico de y

Vamos considerar que a função seja válida para todo x real. Atribuindo valores simétricos aos da tabela anterior, obtemos:

Vamos considerar que a função seja válida para todo x real. Atribuindo valores simétricos aos da

Contextualizando

Os formandos do ensino fundamental reuniram-se e planejaram uma viagem para comemorar a formatura. A agência de turismo oferece o seguinte pacote promocional: o preço p para cada um será:

p = 180 0,6x

reais.

Quanto a agência vai receber para promover a viagem? Se x alunos aderirem, cada um pagando p reais, a receita (R) será x.p; logo, x.(180 0,6x). A receita é função do número x de aluno que viajarem. R(x) = - 0,6x + 180x

Contextualizando Os formandos do ensino fundamental reuniram-se e planejaram uma viagem para comemorar a formatura. A

A agência terá receita máxima se forem 150 alunos.

Vértice da parábola

É o ponto em que o eixo de simetria corta a parábola. Em y = - 0,6x 2 +180x , v é o ponto de coordenadas (150,13500) V = (150 , 13500) O valor máximo de y é 13500, que será a receita máxima da agência. Vamos representar por x v a abscissa do vértice e y v a ordenada do vértice.

Vértice da parábola É o ponto em que o eixo de simetria corta a parábola. Em
  • V = (x v , y v )

Os zeros da função quadrática (raízes da função)

Zeros de uma função f são os valores de x para os quais f(x) = 0

Os sinais da função quadrática

Observemos o gráfico da função y = x 2 4x + 3. Os zeros de f , 1 e 3 , são as abscissas dos pontos em que a parábola corta o eixo x.

Para todos os valores de x menores que 1, temos f(x) > 0 Para x = 1 ou x = 3, temos f(x) = 0.

Os sinais da função quadrática Observemos o gráfico da função y = x – 4x +

Para os valores de x entre 1 e 3

, temos f(x) < 0

Os sinais da função quadrática Observemos o gráfico da função y = x – 4x +

Para todos os valores de x maiores que 3 , temos f(x) > 0

f(x) > 0, para x < 1 ou x > 3 f(x) = 0, para x = 1 ou x = 0 f(x) < 0, para 1 < x < 3

Os sinais da função quadrática Observemos o gráfico da função y = x – 4x +

Construção de uma parábola

Sendo a função f(x) = x 2 2x + 2

1º passo:

Determinar as raízes

x 2 2x + 2 = 0 ∆= b 2 4ac ∆= - 4 x =

Construção de uma parábola Sendo a função f(x) = x – 2x + 2 1º passo:

s= { } (não existe raiz real)

2º passo:

Determinar x v e y v .

Construção de uma parábola Sendo a função f(x) = x – 2x + 2 1º passo:

3º passo:

Determinar onde a parábola corta o eixo ordenado(termo independente da função = c) e o seu simétrico em relação ao eixo de simetria.

4º passo:

Marcar os pontos no gráfico e traçar a curva

Construção de uma parábola Sendo a função f(x) = x – 2x + 2 1º passo:

Bibliografia

Panadés Rubió, Angel; Freitas, Luciana Tenuda de. Matemática e sua tecnologias: ensino médio. Vol. 1. ed.1 São Paulo: IBEP, 2005

Iezzi, Gelson; Dolce, Osvaldo; Machado, Antônio. Matemática e Realidade: 9º Ano 6ª ed.São Paulo: Atual, 2009