Você está na página 1de 18

Assédio Moral e Sexual como forma de Violência no Trabalho

Assédio Moral e Sexual como forma de Violência no Trabalho
Objetivos
Objetivos

Objetivo Geral:

Identificar os problemas ocasionados pelo Assédio Moral e Sexual.

Objetivos Específicos:

Diferenciar Assédio Moral e Sexual;

Orientar os funcionários como evitar o assedio moral e sexual;

Ensinar ao funcionário formas de denunciar o assédio sexual e moral

Apresentação Este trabalho tem como finalidade falar sobre os
Apresentação
Este
trabalho
tem
como
finalidade
falar
sobre
os

problemas

ocasionados pelo assedio moral e sexual no ambiente do trabalho.

O Ministério do Trabalho MTE promove ampla divulgação dessas duas modalidades a empregados e empregadores, como objetivos de contribuir para eliminar tais praticas abusivas sendo assim esse projeto tem como interesse mostrar do que se trata realmente esse dois tipos de assedio deixando bem informados patrão e empregados.

Para a elaboração do projeto foi feito primeiramente um levantamento

de dados sobre a empresa que consiste em entrevistas e observações no cotidiano da mesma, em seguida foi feito o fluxograma para demonstrar o procedimento a ser seguido e por fim o cronograma.

Assédio Moral e Sexual como forma de Violência no Trabalho

Assédio Moral e Sexual como forma de Violência no Trabalho Soares (2006) adota a seguinte definição

Soares (2006) adota a seguinte definição para a violência no trabalho:

(...)

se manifesta de muitas maneiras,

agrupando de agressões físicas a insultos verbais,

bullying, mobbing e assédio sexual, discriminações nos campos religioso, racial, de deficiências, sexual

ou em qualquer outro caso, e podendo ser infligida

por pessoas tanto externas quanto internas ao ambiente de trabalho (Di-Martino, Hoel & Cooper, apud Soares, 2006).

Assédio Moral
Assédio Moral

É

uma

situação que

envolve um conjunto de atitudes e comportamentos

praticados

dentro

organizações.

das

Assédio Moral É uma situação que envolve um conjunto de atitudes e comportamentos praticados dentro organizações.

Formas Típicas de Assédio Moral

ASSÉDIO

MORAL

DESCENDENTE:

caracterizado pela ação de um superior

hierárquico sobre um subordinado.

 

ASSÉDIO

MORAL

HORIZONTAL:

caracterizado pela ação entre pessoas do mesmo nível hierárquico.

ASSÉDIO

MORAL

ASCENDENTE:

caracterizado pela ação

de

baixo

para

Formas Típicas de Assédio Moral • ASSÉDIO MORAL DESCENDENTE: caracterizado pela ação de um superior hierárquico

cima, ou seja, de um subordinado em

relação ao seu superior hierárquico.

O que fazer nesses casos?

Dar visibilidade, procurando a ajuda dos colegas, principalmente daqueles que testemunharam o fato ou que sofrem humilhações do(a) agressor(a)

Evitar conversa, sem testemunhas,

com o(a) agressor(a).

 

Procurar

seu sindicato e

relatar o

acontecido

 

Buscar

apoio

junto

a

familiares,

amigos e colegas

O que fazer nesses casos? • Dar visibilidade, procurando a ajuda dos colegas, principalmente daqueles que

Assédio Sexual

 

Assédio

sexual

no

ambiente

de

trabalho consiste em

constranger

colegas

por

meio

de

cantadas

e

insinuações

constantes

com

o

objetivo

de

obter

vantagens ou favorecimento sexual.

 
 

Essa atitude

pode ser clara

ou sutil;

pode ser falada ou apenas insinuada; pode

ser escrita ou explicitada em gestos; pode vir

em forma de coação, quando alguém promete promoção para a mulher, desde

que

ela

ceda;

chantagem.

ou,

ainda,

em

forma de

Assédio Sexual Assédio sexual no ambiente de trabalho consiste em constranger colegas por meio de cantadas

O que fazer nesses casos?

Dizer claramente não ao assediador

Contar para os(as) colegas o que está acontecendo

Reunir provas, como bilhetes, presentes e outras Arrolar colegas que possam ser testemunhas

Relatar o acontecido ao setor de recursos humanos

Relatar o acontecido ao Sindicato

Registrar

a

ocorrência

na

Delegacia da

Mulher e, na falta dessa, em uma delegacia

comum

Registrar o fato na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego

O que fazer nesses casos? • Dizer claramente não ao assediador • Contar para os(as) colegas

Consequências no Ambiente de Trabalho

Consequências no Ambiente de Trabalho Para a Organização • Interferência no alcance de metas organizacionais, pela

Para a Organização

Interferência no alcance de metas organizacionais, pela alteração na rotina de execução do trabalho;

Prejuízo à imagem institucional da organização;

Geração indenizações

de

judiciais;

prejuízos

financeiros,

em

função

de

trabalhistas

decorrentes

de

processos

Aumento social

das

despesas

relacionadas

a seguridade

Consequências no Ambiente de Trabalho

Consequências no Ambiente de Trabalho Para o Agressor • Ônus da responsabilidade cível; • Pressão social

Para o Agressor Ônus da responsabilidade cível; Pressão social pelo estigma de agressor; Responsabilidade administrativa pela prática de violência; Danos à saúde física, psíquica e social.

Consequências no Ambiente de Trabalho

Consequências no Ambiente de Trabalho Para o Agredido Para o agredido, pode ocorrer uma série de

Para o Agredido

Para o agredido, pode ocorrer uma série de reações, que variam desde

a falta de motivação para trabalhar até a total desilusão com o mundo do trabalho e a sociedade em geral. Como exemplos desses danos, podemos citar:

Danos Psicológicos Amargura; Sensação de vazio; Sentimento de desamparo; Sentimento de impotência; Mau humor; Sentimento de culpa; Vontade de desistir

Consequências no Ambiente de Trabalho

Consequências no Ambiente de Trabalho Danos na Esfera Social Insensibilidade em relação aos colegas; • •

Danos na Esfera Social Insensibilidade em relação aos colegas;

Desconfiança; Dificuldades nas relações fora do trabalho; Conflitos nas relações familiares;

Agressividade com os outros;

Dificuldade com os amigos; Impaciência com as pessoas em geral;

Dificuldade no desempenho das tarefas;

Consequências no Ambiente de Trabalho

Consequências no Ambiente de Trabalho Danos Físicos • Dores no corpo; • Dores nos braços; •

Danos Físicos Dores no corpo; Dores nos braços; Dor de cabeça e enxaqueca Distúrbios respiratório Distúrbios digestivos; Dores nas costas; Distúrbios auditivos;

Conclusão
Conclusão

Como sugestão implantar na empresa um mecanismo

onde o funcionário possa denunciar o agressor anonimamente, esse recurso pode ser feito dentro do sistema interno de informática da empresa onde a denuncia seja encaminhada direto ao setor responsável e

assim serem tomadas as devidas previdências.

Outra opção seria a realização de palestras elucidando os funcionários do que se trata o assedio moral e sexual deixando explicitas as diferencias entre eles e suas causas e consequências, como também as punições contra o agressor.

Estratégia Metodológica
Estratégia Metodológica

Para elaboração do projeto realizamos visitas

na empresa para avaliar o comportamento dos

funcionários.

Para

isso

foi

aplicado

questionários, foi usado também o método de

observação nos ajudou a identificar

comportamentos

questionário.

ainda

não

percebidos no

Setor de RH Chefe Imediato Equipe Sugerir processo de de sindicancia - processo administrativo Investigação Prévia
Setor de RH
Chefe Imediato
Equipe
Sugerir processo de de
sindicancia - processo
administrativo
Investigação Prévia -
levantamento de
dados
Situaçãoes Adversas
que não sugerem
Assédio
Constatação de
evidencias que
sugerem Assédio
Mediar Conflitos
Mediar Conflitos
Mudar Local de
Trabalho
Encaminhar as vítimas
-
para apoio médico
psicologico
Investigar se o
Agressor está
assediando outras
vitimas
Fluxograma
Cronograma
Cronograma

Atividade

Abril

Maio

Junho

Reunião

**

**

 

Palestra

*

*

 

Treinamento

Avaliação

   

*

* 1 semana

• Mês