Você está na página 1de 17

“AMARÁS O SENHOR TEU DEUS

(LC 10, 27)

Recordar a lição passada…

1. Pedro disse que Jesus é a pedra angular da Igreja.

2. S. Pedro foi a primeira pedra viva da Igreja

3. Nós somos as pedras vivas do Templo Espiritual

Recordar a lição passada… 1. Pedro disse que Jesus é a pedra angular da Igreja. 2.
“As pedras vivas do templo do Senhor” Jesus Padre António S. Pedro Tiago João Cláudia Papa

“As pedras vivas do templo do Senhor”

Jesus

Padre António S. Pedro Tiago João Cláudia
Padre António
S. Pedro
Tiago
João
Cláudia

Papa Bento XVI

Lucas

Marta

Para Jesus o que será mais importante para sermos pedras vivas?

Vamos ver através da Bíblia o que Jesus nos responde.

Para Jesus o que será mais importante para sermos pedras vivas? Vamos ver através da Bíblia
Para Jesus o que será mais importante para sermos pedras vivas? Vamos ver através da Bíblia

Quem faz a pergunta?

Um doutor da

Lei.

Um

doutor da

Lei

era

uma pessoa que

estudava e explicava a Bíblia, que começa com o Pentateuco.

Chamava-se doutor da Lei, porque estudava

a Lei de Deus. E

também os Judeus chamavam ao Pentateuco o Livro da Lei.

Que pergunta faz Ele a Jesus?

Que fazer para receber em herança a vida eterna?

O escriba fala na vida eterna, que é uma morte como Jesus, depois da morte, ressuscitar. Jesus conseguiu ressuscitar porque durante a sua vida fez o bem. Todos desejamos ser como Jesus, por isso devemos “trabalhar” na terra para isso, sendo pedras vivas.

Jesus disse ao doutor da lei para ele fazer o que Jesus manda na Bíblia.

Vamos ver o que Jesus e Deus nos mandam fazer.

Jesus disse ao doutor da lei para ele fazer o que Jesus manda na Bíblia. Vamos

Encontram alguma diferença entre estas palavras de Deus e as do

doutor da lei?

Existe apenas uma pequena diferença.

O escriba acrescenta que devemos amar a Deus com todo o nosso entendimento.

Amar com todo o nosso entendimento é amar muito Deus.

Devemos amar muito Deus porquê?

“O Senhor nosso Deus é o único Senhor”

Falta dizer o que temos que fazer para amar a Deus Amamos as pessoas que nos

Falta dizer o que temos que fazer para amar a Deus

Amamos as pessoas que nos amam, não

as abandonando, sobretudo quando

precisam da nossa ajuda, do nosso amor; obedecemos-lhes, quando nos pedem para fazer alguma coisa. Deixamos mesmo outras coisas, para fazer, com elas, aquilo

que nos pedem. Não trocamos essas pessoas por nada.

Amamos as pessoas que nos amam, respeitando-as não dizendo mal delas. Não nos servimos do nome delas para fazer o mal. Basta ouvir o nome dessas pessoas, para sentirmos muito respeito, muito amor por elas.

Amamos as pessoas que nos amam, procurando estar com elas. Ás vezes, até deixamos outras ocupações, para irmos para junto delas, conversando e convivendo com elas.

Vamos ouvir o que Deus espera que cada um de nós como

sinal do nosso amor.

Vamos ouvir o que Deus espera que cada um de nós como sinal do nosso amor.

Lembram-se de nós falarmos aqui da aliança que Deus fez com o povo de Israel, através de Moisés?

Depois de os Israelitas terem fugido do Egipto e de terem andado

por um deserto, chegaram a um local onde se encontraram com

Deus: o monte Sinai. Às vezes, na Bíblia, também se lhe chama monte Horeb.

Pois bem, foi aí que Deus fez uma aliança com o povo que tinha libertado do Egipto: uma aliança em que Deus prometeu àquele povo nunca mais o abandonar. Era mais um sinal do seu amor. O mesmo amor com que o tinha ajudado a sair do Egipto.

Mas, nessa aliança, o povo também prometeu alguma coisa a Deus, como sinal do seu amor e para que fosse verdadeiramente feliz na terra para onde Deus o conduzia. O povo prometeu, para isso, fazer sempre a vontade de Deus, o que Deus lhe mandava.

E o que Deus lhe pedia, como sinal de amor, é o que agora vamos ler.

Vamos ler pelo menos uma parte. Nesta parte que vamos ler, são três coisas que Deus pede ao povo de então e, hoje, a cada um de nós.

O primeiro mandamento da Lei de Deus é:

O primeiro mandamento da Lei de Deus é: Isto é, não podemos trocar Deus por nada:

Isto é, não podemos trocar Deus por nada: nem por outras pessoas, nem por outras coisas. Por exemplo: o dinheiro, os jogos, a televisão. São coisas que até podem ser precisas e boas. Mas Deus é muitíssimo melhor que tudo isso. Só a Deus é que rezamos e adoramos.

Segundo mandamento da Lei de Deus:

Segundo mandamento da Lei de Deus: “Em vão” quer dizer: para coisas que não valem nada

“Em vão” quer dizer: para coisas que não valem nada ou até são más.

Já vimos, há pouco, que temos muito respeito pelo nome das pessoas que amamos. Não vamos, por exemplo, dizer que essas pessoas fizeram coisas que não são verdade ou mandaram fazer outras coisas que são

más.

Se não fazemos isso, dizendo o nome dessa pessoa, com Deus com muito mais razão. O seu nome é santo. Não nos podemos servir dele para coisas falsas ou más.

O terceiro mandamento da Lei de Deus é:

O terceiro mandamento da Lei de Deus é: Antigamente, quando foram escritas as palavras que lemos

Antigamente, quando foram escritas as palavras que lemos do Deuteronómio, era o Sábado o dia para descansar e para estar com Deus. Para nós é o Domingo, por ser o dia em que se descobriu que Jesus ressuscitou. E que devemos fazer nós ao Domingo, além de descansarmos da escola e do trabalho? ... Exacto: ir à Missa, para nos encontrarmos com Deus e com os outros cristãos. Como nos encontramos com as pessoas que nos amam e nós amamos.

O Domingo é o dia para Deus. Assim é que o santificamos. O

Domingo e os dias Santos ou de festas de guarda: por exemplo, o Natal que poucas vezes calha ao Domingo, mas é um dia santo.

1. Escrever uma oração a Deus, a pedir para cumprir os três mandamentos que aprendemos hoje.

1. Escrever uma oração a Deus, a pedir para cumprir os três mandamentos que aprendemos hoje.

Interesses relacionados