Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

A literatura como reveladora das vozes sociais do nosso tempo
Estudos do imaginário: Reflexões contemporâneas
Erotismo e Literatura: O Efeito Obsceno
Series de e-book10 títulos

Coleção literatura e interfaces

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Sobre esta série

A obra Literatura e Repressão: as letras como campo de resistência a políticas totalitárias, organizada por Evelyn Mello, aborda os efeitos da perseguição política e a consequente reação ao fascismo, a fim de problematizar obras literárias que tratam da formação e denúncia de regimes políticos de exceção e/ou cenários de opressão política.
Estruturado em seis capítulos, o livro apresenta uma evolução cronológica dos fatos históricos, discutindo desde as mazelas sociais brasileiras retratadas na obra de Lima Barreto, os movimentos de repressão e resistência nos seringais acreanos até o estudo de uma peça teatral utilizada como proposta de atividade em livro didático de língua espanhola.
IdiomaPortuguês
Data de lançamento26 de out. de 2021
A literatura como reveladora das vozes sociais do nosso tempo
Estudos do imaginário: Reflexões contemporâneas
Erotismo e Literatura: O Efeito Obsceno

Títulos nesta série (10)

  • Erotismo e Literatura: O Efeito Obsceno
    Erotismo e Literatura: O Efeito Obsceno
    Erotismo e Literatura: O Efeito Obsceno

    Esta obra, a primeira da coleção Literatura e Interfaces, reuniu pesquisadores/as das mais diversas áreas para analisar as perspectivas do Erotismo na Literatura, sem nenhum prejuízo a prosa literária. Para tanto, foi utilizada a expressão "Erotismo", tão emblemática pela sua confusão, pois não há limites muito objetivos entre o erótico ao pornográfico. A coleção Literatura e Interfaces tem por finalidade realizar coletâneas de estudos literários voltados para as relações científicas, artísticas e culturais da literatura com outras áreas e, portanto, poderá interessar diferentes pesquisadores de Literatura e outras áreas com as quais os volumes e temáticas conversem.

  • A literatura como reveladora das vozes sociais do nosso tempo
    A literatura como reveladora das vozes sociais do nosso tempo
    A literatura como reveladora das vozes sociais do nosso tempo

    Este livro apresenta estudos que revelam o diálogo vivo que diferentes obras literárias e gêneros textuais e artísticos estabelecem com a cultura e a história, uma vez que se mostram como uma literatura engajada e de denúncia, surgida em épocas e contextos de ebulições políticas e de grande fragmentação intelectual, revelando-se como uma arte que visava à resistência. Por isso, primam-se pelos estudos que revelam as vozes sociais do seu tempo, ou seja, que entendem a história não como uma série de fatos passados, mas que demonstrem a sociedade como uma ação em movimento, revelando que o passado nos ajuda a traçar as perspectivas do presente, reconhecendo as formas que insistem na manutenção da exploração, submissão e dominação.

  • Estudos do imaginário: Reflexões contemporâneas
    Estudos do imaginário: Reflexões contemporâneas
    Estudos do imaginário: Reflexões contemporâneas

    Esta obra sobre o Imaginário buscou trabalhos que atualizem o conceito que atualiza-se e reformula-se à medida que revemos conceitos, paradigmas e agregamos significações às coisas do mundo. Parte-se da premissa de que nenhum ser humano escapa do imaginário. Quer num ditado popular, num hábito, numa canção, numa qualquer manifestação artística ou não, lá está ele a referenciar posicionamentos, gestos. Na verdade, palavras representam vãs tentativas de definição deste conceito fugidio pela própria natureza do que representa, a distinta biblioteca imaterial. Desta forma, os estudos reunidos neste volume simbolizam a busca por caminhos que deixem trilhas para outros escritos. Daí, a relevância da proposta e o convite à leitura.

  • Poetas em tempos de resistência
    Poetas em tempos de resistência
    Poetas em tempos de resistência

    Poetas em tempos de resistência, organizado por Daniel de Oliveira Gomes, reúne artigos diversos de poetas, em sua maioria ativistas. Esses artigos apresentam a união entre o sujeito lírico com a época contemporânea, no que se refere a produção em língua portuguesa, de poetas que operam sua poesia em tempos de resistência.

  • Literatura e minorias: Diálogos
    Literatura e minorias: Diálogos
    Literatura e minorias: Diálogos

    Literatura e minorias: diálogos, organizado por Adaylson Wagner Sousa de Vasconcelos e Vanessa Pinheiro busca apresentar as obras literárias produzidas por autores de pouca visibilidade e por minorias. A obra está dividida em três grandes momentos, que apresentam esse olhar para as obras pouco conhecidas, a literatura feminina negra e por último com destaque para os marginalizados socialmente e consequentemente excluídos, mas que ganharam voz nesta obra.

  • Livro infantil: Arte, mercado e ensino
    Livro infantil: Arte, mercado e ensino
    Livro infantil: Arte, mercado e ensino

    A obra organizada Livro Infantil arte, mercado e ensino, é uma coletânea que apresenta estudo sobre a relevância do livro infantil, considerando tanto o gênero, sua influência no ensino da literatura, quanto seu poder de mercado. Ao longo dos capítulos, são abordadas questões que vão desde a criação da história, atentando-se a importância do gênero, passando por questões estéticas e gráficas, características dos livros para infância, destacando as ilustrações e cores, e chegando até as relações estabelecidas no mercado editorial, analisando novas maneiras de considerar o gênero para o ensino da Literatura e o desenvolvimento cultural a longo prazo.

  • Literatura e Minorias (vol. 2): Diálogos
    Literatura e Minorias (vol. 2): Diálogos
    Literatura e Minorias (vol. 2): Diálogos

    Literatura e Minorias: diálogos II, apresenta importante discussão acerca da literatura e sua relação estabelecida com os chamados grupos subalternos ou minorias, analisando de maneira crítica a relevância desses grupos na literatura e como são recebidas as obras escritas por autores de periferia. A obra se divide em duas partes, onde a primeira apresenta análises sobre os diferentes sujeitos sociais e a segunda traz reflexão sobre as obras literárias realizadas pelas minorias, considerando os negros, autores LGBT, mulheres, onde destacam as dificuldades enfrentadas na sociedade.

  • Palavras além dos livros: Literatura Negro-brasileira Escrita por Mulheres
    Palavras além dos livros: Literatura Negro-brasileira Escrita por Mulheres
    Palavras além dos livros: Literatura Negro-brasileira Escrita por Mulheres

    Palavras além dos livros: literatura negro-brasileira escrita por mulheres" é uma obra que reúne trabalhos relevantes de pesquisadores/colaboradores que contribuem para a reflexão sobre a diversidade nas obras escritas, sobretudo, por mulheres negras. Trata-se de uma importante contribuição para a discussão sobre a "pluralidade de perspectiva" na literatura.

  • Literatura(s), infância(s), juventude(s), no antes e no hoje, cerzidas pela leitura
    Literatura(s), infância(s), juventude(s), no antes e no hoje, cerzidas pela leitura
    Literatura(s), infância(s), juventude(s), no antes e no hoje, cerzidas pela leitura

    Literatura(s), infância(s), juventude(s), no antes e no hoje, cerzidas pela leitura, é uma obra organizada que tem como objetivo refletir sobre a literatura em diversas instâncias, através de textos escritos por pesquisadores, poetas e dramaturgos que assumem papel de mediadores, a fim de explanar de maneira profunda sobre o tema em questão.

  • Literatura e repressão: As letras como campo de resistência a políticas totalitárias
    Literatura e repressão: As letras como campo de resistência a políticas totalitárias
    Literatura e repressão: As letras como campo de resistência a políticas totalitárias

    A obra Literatura e Repressão: as letras como campo de resistência a políticas totalitárias, organizada por Evelyn Mello, aborda os efeitos da perseguição política e a consequente reação ao fascismo, a fim de problematizar obras literárias que tratam da formação e denúncia de regimes políticos de exceção e/ou cenários de opressão política. Estruturado em seis capítulos, o livro apresenta uma evolução cronológica dos fatos históricos, discutindo desde as mazelas sociais brasileiras retratadas na obra de Lima Barreto, os movimentos de repressão e resistência nos seringais acreanos até o estudo de uma peça teatral utilizada como proposta de atividade em livro didático de língua espanhola.

Relacionado a Coleção literatura e interfaces

Ebooks relacionados