Você está na página 1de 1

Os Mensageiros - Andr Luiz Cap.

17 "O romance de Alfredo"


01_Participantes: Andr Luiz (narrador) Aniceto (faz comentrios) Vicente (faz comentrios) Alfredo (palestra e depoimento) Ismlia (presente) Servidores do castelo que iam e vinham_(citados) 500 servidores no castelo_(citados) Salteadores perversos_(citados no depoimeto de alfredo) Dois filhinhos (citados no depoimeto de alfredo) Scio terreno_amigo desleal_( citados no depoimeto de alfredo) Criados domsticos e espies_( citados no depoimeto de alfredo) Homem de baixa condio_vulgar ladro_( citados no depoimeto de alfredo) Governanta para os meninos_( citados no depoimeto de alfredo) 02_Local: Posto de Socorro (Castelo) 03_Situao: Encontro do grupo de amigos no Posto de Socorro; Ismlia serve frutos diversos para os visitantes; Palestra de Alfredo com observaes de Ismlia; Alfredo discorre sobre o atual quadro de conflitos na Terra e da assistncia do posto para com os desencarnados; Cita a produo de alimentos e remdios, totalmente consumidas pelos doentes; Alfredo discorre sobre sua histria pregressa com Ismlia, fala de seus erros enquanto na carne e de suas espectativas em relao ao seu futuro com ela; Alfredo relata detalhes do compl realizado por seu antigo scio para destruir seu lar; Detalha a separao deles, fruto do desentendimento promovido pelo compl; Relata sua mudana para a Europa, por onde ficou por 3 anos; Fala do desencarne de Ismlia vtima da tuberculose; Expe seu arrependimento tardio seguido de seu desencarne; Detalha seu trabalho no Posto de Socorro e amparo distncia de Ismlia, agora em plano mais elevado; Fala de seu resgate de crimes de precipitao e de sua impulsividade delituosa; Ressalta o perigo da calnia para com homens invigilantes e de olhos desprevinidos.