Você está na página 1de 1

Embora somente Deus determine o destino humano escolhendo salvar alguns e conden ar todos os outros, ele salva seus

eleitos produzindo dentro deles f em Cristo. I sso significa que o destino de uma pessoa revelado pela forma como ele pensa sob re Cristo. Dependendo do grau e maneira de desvio da revelao bblica, sustentar um f also ponto de vista sobre Cristo pode resultar em condenao eterna. Portanto, devem os estudar a doutrina bblica de Cristo com cuidado e reverncia, rejeitando toda po sio que comprometa ou distora o que a Escritura ensina sobre ele. Vincent Cheung | Teologia Sistemtica (LEIA: http://is.gd/fp9BgJ) ***

Para compreender o plano redentor de Deus, precisamos captar at onde o homem caiu . O efeito do pecado sobre o aspecto espiritual do homem foi mais do que um golp e mutilador; ele foi um golpe fatal. Os no-regenerados no esto apenas espiritualmen te doentes e cegos (Lc5.31; Mt15.14), mas tambm espiritualmente mortos. E, visto estarem espiritualmente mortos, eles so completamente incapazes quando diz respei to a operaes espirituais. Eclesiastes 9.3 diz: Tambm o corao dos filhos dos homens est cheio de maldade; h desvarios no seu corao durante a sua vida , e o profeta Jeremias observa: O corao mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doena incurvel (Jerem 17:9). O homem em sua condio no-regenerada aqui descrito como mal, louco e incurvel . Assim como uma pessoa morta no pode pedir ou responder a qualquer ajuda, um pecad or no pode alcanar ou se preparar para a salvao por sua prpria vontade ou esforo, e em si mesmo ele no pode nem mesmo decidir se arrepender ou aceitar a misericrdia div ina. Desse modo, a Bblia ensina o que chamado de a "depravao total" do homem; contu do, o termo pode ser enganoso. Ele no pretende dizer que todo ser humano to malign o quanto possa ser, e sim que o dano efetuado pelo pecado no homem abrangente e penetrante, de forma que toda parte da pessoa humana foi afetada pelo mal. Esse dano de tal extenso que o homem est espiritualmente morto, e assim ele incapaz de at mesmo cooperar com Deus quando diz respeito salvao. Isso significa que a menos q ue os incrdulos experimentem a regenerao, ou ressurreio espiritual, eles nunca reconh ecero a verdade da mensagem do evangelho, e nunca aceitaro a Cristo. Todavia, vist o que eles no podem realizar ou facilitar sua prpria regenerao espiritual, o novo na scimento ocorre somente pela divina graa soberana. Vincent Cheung | Teologia Sistemtica (LEIA: http://is.gd/fp9BgJ)