Você está na página 1de 2

Quizilas Preceitos Rituais (1 Parte)

No que diz respeito relao entre tabus


alimentares dos orixs e proibies impostas a
seus filhos a partir dos mitos africanos,
compreensvel que, devido proibio de
comer do mesmo material de que a cabea
feita, no se deva usar alimento algum que
constitui oferenda votiva do orix dono da
cabea.
O que mais chama a ateno a universal
proibio do sangue. O sangue, escreve
Lpine (1982, p. 33), um poderoso veculo
do ax, que dever restituir aos orixs a fora
que despendem neste mundo e qual
devemos a existncia. Na matana, sangra-
se o animal at a ltima gota. atravs do
sangue que, na cerimnia de assentamento,
se estabelece a ligao entre a cabea do
iniciado, partes do seu corpo, e a pedra na
qual o orix se faz presente. do mesmo modo
que a gua, fonte e origem da vida,
repetidamente vertida em todas as cerimnias
propiciatrias e iniciticas, por representar a
fluida substancia de toda criao, o
derramamento do sangue dos animais de dois
ou quatro ps expressa a prpria essncia do
sacrifcio, pois junto com o sangue corre a
vida. A gua origem, o sangue, circulao.
As trocas reparadoras de ax incluem
forosamente, portanto, a realizao do
sacrifcio. Nessa perspectiva, fica obvia a
necessidade de proibir-se a ingesto de
sangue (sob qualquer forma que seja, e nisso
podemos incluir os midos, a fressura, sangue
compactadopor assim dizer) aos filhos de
tudo quanto orix. substancia por demais
poderosa para ser ingerida em situaes
profanas.
Filho de santo jamais pode comer o
que o santo dele come? Ou pode? em que
circunstncias?
Entre muitas, as respostas de S.M.E. so
bastante esclarecedoras: Tudo o que o orix
come faz bem ao filho, tanto que quando ele
oferece a comida tem que comer junto, para
que ele no se ofenda. Mas s vezes, fora do
il orix, tabu. Ou seja, o filho deve e no
deve comer. Nessa informao, fica claro que
a interdio est ligada situao, ou melhor
dizendo, parece que o prprio da proibio
delimitar dois espaos, rigorosamente
separados, que o momento do ritual permite
juntar, e at mesmo, tornar permeveis.
pela mediao do ritual, repetido inmeras
vezes no decorrer do tempo, que se abre o
espao sagrado. Na vida cotidiana do filho de
santo, proibido desfrutar as mesmas
comidas que alimentam o orix. Se
desobedecer, faz mal.